segunda-feira, 6 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Crise faz estudantes migrarem de escolas particulares para rede pública de escola de ensino

Crise faz estudantes migrarem de escolas particulares para rede pública de escola de ensino

Matéria publicada em 14 de janeiro de 2017, 16:20 horas

 


Índice de migração que já foi alto em 2016 deve ficar ainda maior em 2017 com permanência da crise

Barra Mansa – Após um 2016 difícil em termos econômicos, quando muitas famílias perderam poder aquisitivo e tiveram de cortar gastos, a saída para muitos pais nesse início do ano escolar foi transferir os filhos da rede privada para a rede pública de ensino. No ano passado, a Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep) havia anunciado que as escolas particulares perderam entre 10% e 12% das matrículas por causa da crise financeira.

Nesse início de 2017, os índices devem ser ainda maiores e a transferência de alunos da rede particular para a rede pública deve atingir todos os níveis de escolaridade, indo da educação infantil até o ensino médio.

Mãe da pequena Emanuella dos Santos, de seis anos, a cobradora Mariana dos Santos, de 29 anos, não viu outra saída a não ser matricular a filha na rede municipal. Ela, que é moradora de Barra Mansa, manteve a filha em uma escola particular de educação infantil por dois anos, mas afirma que em 2017 isso não será possível.

– Minha vontade era que ela pudesse dar continuidade no processo de alfabetização, que iniciasse o primeiro ano em uma escola particular. Pelas pesquisas que fiz, no entanto, o menor custo que teria seria de quase R$ 450,00, incluindo o transporte para levá-la até a escola mais em conta que achei. Hoje, sem saber se vou me manter empregada no decorrer do ano, e com toda essa crise, tive que matriculá-la na escolinha municipal perto de casa, onde não terei despesas com transporte nem mensalidade – ressalta a cobradora.

Os pais da adolescente Mariane Martins da Silva, de 16 anos, tinham como meta ver a filha concluir o ensino médio na rede particular. Porém, ao finalizar 2016 com mensalidades atrasadas, na antiga escola, a decisão foi matricular a estudante na rede estadual para concluir os ensinos. De acordo com a dona de casa Elisangela Martins da Silva, de 40 anos, nem mesmo negociando a dívida seria possível arcar com as despesas nesse ano.

– Eu fiquei desempregada no ano passado e toda a despesa da casa agora é com meu marido. Negociamos a dívida com a escola, mas optamos em não renovar a matrícula, pois infelizmente ficaria muito puxado arcar com as mensalidades e com as despesas dos livros. Sabemos que é uma fase importante, em que ela está concluindo o ensino médio, mas não podemos nesse momento comprometer a renda da família – disse a dona de casa, que espera conseguir um emprego para retornar com a filha para a rede particular.

Decisão difícil

Mãe do estudante Caique Rocha Dias, de 11 anos, a agente de saúde bucal Luciana Rocha Fraga, de 33 anos, também transferiu o filho para uma escola pública, por não ter condições de arcar com as despesas na rede particular. Embora tenha sido uma decisão muito difícil, ainda em 2016 ela ressalta que o fato da atual escola do filho ser uma com melhores Índices de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) a tranquilizou com relação à qualidade do ensino oferecido.

– Pretendo deixá-lo nesta escola porque, realmente, é muito boa. Minha intenção é que, caso as coisas melhorem nos próximos anos, matriculá-lo na rede particular quando estiver indo para o ensino médio, para que fique mais preparado para o vestibular. Por enquanto, arcar com despesas de mensalidades não cabe no meu orçamento e nem mesmo do meu marido – comentou a agente.

Mais bagagem

A professora Aline Fonte Siqueira, que trabalha na rede estadual e municipal, destacou que o aluno da rede particular quando vai para uma escola pública está em mais “vantagem. No entanto, ela diz que isso não é motivo para que os pais deixem de estimular e se dedicar aos estudos.

– Eu dou aula no estado e o currículo mínimo exigido é mínimo mesmo. Assim os alunos oriundos de escola particular estão sempre com mais bagagem que o aluno que sempre frequentou uma escola pública. A participação dos pais, nesse processo de troca é muito importante, pois eles devem conscientizar os filhos que o estudo é muito necessário, já que muitos chegam achando que não precisam fazer nada, pois já sabem, já viram e é fácil. Sabemos que existem alunos e alunos, e que não é a escola que faz o aluno, mas sim o aluno que aproveita a escola de acordo com seu esforço e comprometimento – ressaltou a professora.

Inadimplência na rede particular cresceu

Há cerca de dois meses, conforme afirmou o presidente do Sindicato das Escolas Particulares do Sul Fluminense, Cláudio Menchise, o índice de inadimplência na região havia cresceu em torno de 10% , se comparado com o ano de 2015. De acordo com Menchise, nesse momento, em que o país, o estado e os municípios enfrentam uma crise generalizada, a orientação do sindicato é para que as escolas busquem um diálogo junto aos pais de alunos inadimplentes.

– Nossa orientação para as escolas, nesse período difícil que muitas famílias estão enfrentando, é que deixem de lado as regras de contrato, claro, desde que a pessoas esteja comprometida a pagar, e que negociem, parcelem as dívidas das mensalidades. Essa é a única forma que pode ser adotada e, através da qual, muitos pais poderão manter seus filhos na escola. Nesse momento, não adianta querer fazer cumprir os rigores da lei, pois a situação não é individualizada, mas sim coletiva – disse o presidente do sindicato.

 

Por Roze Martins

(Especial para o DIÁRIO DO VALE)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

32 comentários

  1. Avatar

    Tenho filho adolescente e crianca.
    Aqui em casa de segunda à sexta smartphone, tablete, vídeo game estão confiscados.
    2 horas de estudo tendo ou não dever.
    20:30 toque de recolher, desligar TV e deitar e a unica coisa que podem fazer é ler livros…
    Adoram ler livros…
    1 por semana no mínimo.
    Se receber reclamação dá escola ficam de castigo.
    Vou na escola e falo qualquer coisa me chama, manda bilhete,pois aí eu posso corrigir…
    Dá trabalho….
    Isso é educar…

  2. Avatar

    educar é difícil

  3. Avatar

    O bom aluno precisa de pais (ou outro tutor qualquer) responsáveis e bom material didático. O professor não precisa ser de excelência, a escola deve é passar todo o conteúdo programático previsto no ano letivo, coisa que não vem ocorrendo, principalmente na rede estadual…

    Leão come carne, burro come capim, cada um no seu quadrado. Não adianta forçar a barra, oferecer um aparato caro para quem não quer aprender ou não tem aptidão para os estudos. Quem é realmente bom vai se dar bem mesmo em escola pública, desde que tenha aulas e professores (que não precisam ser excelentes), conforme já foi dito… O que está ferrando a escola pública hoje, além da falta de aulas, é seu material repleto de alusões ideológicas, cheios de parcialidades e discursos enviesados. Em vez de apenas mostrar os fatos, opina sobre eles!…

    • Avatar

      Fatah, vc poderia indicar um exemplo (trecho e referência bibliográfica) que ampare essa sua afirmação quanto a material “ideológico, parcial”, supostamente o que “ferra a escola pública”?

    • Avatar

      este al fathar deve ser um grande vagabundo pois em todas as postagem esta presente nao faz outra outra coisa a nao ser ficar vigiando postagem

    • Avatar

      Osmar Madeira… Se conhece algum aluno de escola pública aí perto de vc, o que não é difícil, pegue algum de seus livros e leia…

      Analista… Vc anda me manjando muito, está até estranho já. Viva tua vida sem se preocupar com a minha, que já está ganha, diga-se de passagem…

    • Avatar

      Fugindo do debate, Al Fatah? Coisa feia, até pra um sabichão de almanaque folclórico feito vc, tsc, tsc..

  4. Avatar

    O corretor ortográfico fez alterações que deverão ser desconsideradas:
    *esta/estão
    *conhecer/conhecerem
    *Cesar/cursar

  5. Avatar

    Cada um tem um pouco de razão! Sou professora Estadual e a SEEDUC está perdida em suas ações…Muito se cobra e nenhum suporte de fato , é oferecido. As famílias, a escola e a sociedade em geral está refem de um ECA mal elaborado. Acredito na Educação Pública e gostaria de convida-los para conhecer as propostas dos Professores e dos Diretores Estaduais mas aproveitem para conhecerem a clientela também. Lamentavelmente poucos alunos de fato vão para a escola com o objetivo de estudar! Tenho um filho de 11 anos que em 2017 Cesar ao 7 º ano. Na escola em que trabalho , em 2016 tinha um com 17 anos no 7° ano. Vocês teriam coragem de colocar seus filhos com alunos dessa idade nessa série!? O rapaz já experimentou muitas vivências que um menino de 11 nunca ouviu falar… vocês não imaginam o quanto é dificil! Mas o Conselho Tutelar, o Juiz da Vara da Infância e Juventude e o MP não querem nem saber do comprometimento da aula que isso implicará ,visto que ele só quer tumultuar a aula, os livros do 7 ano foram elaboramos pensando nas experiências e expectativas para uma criança até 12 anos! Pelo amor de Deus, isso é fato! Mas a mamãe dele não quer que ele estude a noite! Coitadinho!!! A noite ele não pode estudar! É perigoso! Faça -me o favor! É perigoso pra quem??? Onde essa mãe estava que deixou o filho quase em idade de servir o quartel , “agarrado” no 7 ° ano!??? Detalhe: essas famílias só aparecem para matricular o dito cujo! NUNCA mais aparecem na escola, mesmo qdo a Unidade Escolar convida/convoca várias vezes. As famílias não querem ser incomodadas! E para finalizar: não generalizo! Não se preocupem! Reconheço de longe o aluno que está na escola para aprender! É uma pena que muitos outros alunos estejam ali só para tumultuar!

  6. Avatar

    O pior é que os loucos que deixaram o governo mutilaram a educação e Barra Mansa está em crise com uma rede particular obsoleta e o Sesi sem condições de aumentar suas vagas….

    • Avatar

      Não existe rede particular em Barra Mansa. Se não estudar no N. S. Amparo ou Verbo Divino, tem que recorrer a Volta Redonda, onde sim há um grande número de escolas particulares.

  7. Avatar

    Escola pública vai acabar
    Pois não existirá quem queira ser professor para ganhar uma miséria

  8. Avatar

    Pediram o golpe, trouxinhas? Bateram panelas com camisa pirata da CBF? Mugiram pro pato da FIESP? Agora aguentem a Era Temer… A NASA precisa estudar o pobre de direita.

    • Avatar

      Não é mais bizarro que o rico metido a socialista, mas ao menos não fazem papel de cão latindo para caravanas…

    • Avatar

      Mordeu a isca…rs

    • Avatar

      Ué, mas foram os petistas e simpatizantes dos vermelhos que votaram na Dilma e no Temer.

    • Avatar

      “Vai vendo”, caro aspone desesperado pela perda da boquinha, a.k.a, ETA POVINHO ou o pior cabo eleitoral do planeta: quer dizer que o Brasil tem 54 milhões eleitores “petistas e simpatizantes dos vermelhos”? Ninguém vota em vice, comédia.
      Escrevendo essas idiotices, nem para distribuir santinho vão querer te contratar. Enquanto isso, vai aguentando no forévis os desdobramentos do golpe, como todo pobre de direita, que vc merece.

    • Avatar

      Verdade Osmar!

      Deixe eu melhorar: … votaram na Dilma e Temer. rsrsr

    • Avatar

      Vai Vendo (Eta Povinho), para vc tentar melhorar, só nascendo de novo. Aliás, espero que seus filhos não sigam seu exemplo: que tristeza seu ganha-pão…

  9. Avatar

    Se todas as salas fossem monitoradas, se essas imagens fossem vistoriadas , se as informações fossem passadas para o conselho tutelar ou até mesmo,no caso de maiores, para a polícia ou a guarda municipal, creio que muitas pessoas matriculariam seus filhos nas escolas públicas. A vida em sociedade ficou muito difícil. Hoje nos colégios rola sexo,drogas, facções criminosas, brigas. Se vc tem uma filinha bonitinha, ou um menino mais ingênuo e frágil, ao chegar em certas escolas , quando vc olha, dá meia volta e desiste. Taí uma covardia com quem não tem dinheiro e quer estudar.

  10. Avatar

    A Gestão Pública já identificou que o atraso da escola pública é com os professores que dirigem as escolas. Professor tem tino de administrador para dirigir uma escola? O que fazem é capacitarem eles para administradores ou gestores de escola, mas eles SEMPRE CONTINUARÃO PROFESSORES, ainda que na frente de uma organização.

    No Brasil é o professor que dirige uma escola, assim como qualquer profissional – ou não – que está prefeito no lugar de um Gestor Público, etc.

    Não pode combinar, né?

  11. Avatar

    Dois pensamentos lamentáveis que atrasam o nosso país:

    1 – Uma cobradora pagar escola particular e o transporte para a filha sendo que ao lado da casa dela tem uma escola. Por quê não exige melhoria na escola ao lado da casa dela?
    Mesmo caso da agente bucal que reconhece que “…atual escola do filho ser uma com melhores Índices de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB)”

    Gente com o olho maior do que a barriga ou que gosta de dar um passo maior do que é capaz ou de se mostrar o que não é.

    2 – Uma professora ( não é a única ) da rede pública a desprezar a própria rede onde trabalha. Destaca que o estudante de escola particular é superior, mas destaca tbm que o sucesso se deve ao acompanhamento dos pais.
    Isso é demonstração de incapacidade para conversar com os pais dos estudantes da escola pública a qual trabalha. O que a professora está esperando para mudar a rede onde trabalha?
    Por eu sempre ter estudado em escola pública, meus filhos sempre estudaram tbm. E continuam empregados, mesmo com esta crise.

    Concordo com a professora quando disse que é o estudante que faz a escola, é não o contrário. Fato!

    • Avatar

      VAI VENDO, o conteúdo de sua avaliação está extremamente correta.
      Porém, está pedindo demais que as pessoas exijam as melhorias necessárias, em breve teremos o carnaval e logo depois o futebol (tem crise em tudo, mas os estádios estao cada vez mais cheios). Infelizmente vai demorar 1000 anos para mudarmosme e melhorarmos, vai vendo aí……..

    • Avatar

      É só deixar de votar em partido, cujo governo despreza professor.

      Eu considero fácil essa prática. Veja como eu faço! Chego na urna e voto contra PT, PMDB, PP, DEM, PSDB, PTB, PSD, etc. Por enquanto os que me lembro.

      JAMAIS voto em candidato que tem na frente do número de campanha os números 11, 13, 14, 15, 25, 45, 55.

      E se o meu candidato estiver ALIADO com algum desses partidos, tbm não recebem o meu voto. Já mando eles de volta para casa de imediato. Simples assim!

    • Avatar

      E não esqueça:

      folha seca não é lixo; é nutriente para a terra.

      E cocô de cachorro e de gato se joga no vaso sanitário e, por favor, não use água tratada para descarga; use água reciclada, de chuva, de banho, de máquina de lavar roupas, etc

  12. Avatar

    Eu dou aula no estado e o currículo mínimo exigido é mínimo mesmo.
    Por isso que muitos pais tentam como podem continuar pagando já que na rede municipal onde o ensino é melhor é muito difícil conseguir vaga, a não ser para quem é apadrinhado.

  13. Avatar

    Quem faz a escola é o aluno!
    Existem péssimos alunos na rede particular, que não aproveitam as oportunidades que lhe são dadas e existem excelentes alunos na escola pública que se destacam e conseguem excelentes oportunidades.
    Parece um crime dizer que se vai matricular o filho na escola pública, os pais ficam se justificando, principalmente se trabalham na educação, inclusive na pública.Sempre estudei em escolas públicas e não me considero prejudicada por conta disso.
    Minha filha estuda na escola pública e seguirá assim.
    Aos pais, fiquem atentos, auxiliem seus filhos, busquem mais do que a escola pode oferecer (cursos), acompanhem de perto e os incentivem. Não se sintam inferiores e não deixem que seus filhos se achem menos por isso.Dessa forma, não tem como dar errado.
    O maior problema da rede pública é que a maioria dos alunos não quer aprender, precisamos transformar essa realidade.

    • Avatar

      Depende da escola pública.
      Em VR escola estadual é muito fraca, a municipal é boa
      Já em Minas é o contrário…
      O aluno que faz escola é uma utopia…
      Não podemos nos prender as exceções.
      Alunos com QI elevados não servem de parâmetros.
      A escola que faz o aluno , junto com a família…
      Só a escola sem um acompanhamento dá família, não adianta.

    • Avatar

      Aqui deveria ter a opção curtir.

      Não precisaria falar mais nada, mas quero complementar com uma pergunta: O quê os professores da rede pública estão fazendo que não mudam a realidade dos estudantes que não querem aprender? Eles têm conhecimentos adquiridos para lidarem com essa situação. Quê profissionais são?

    • Avatar

      Não sei como os professores podem mudar o fato do aluno não querer aprender se nem os pais conseguem. Você pode incentivar, tentar concientizar mas se não houver uma motivação pessoal, não tem como.
      A educação pública está assim por causa de professores que continuam acreditando, porque estaria bem pior se fossemos depender de vontade política.

  14. Avatar

    Digite 13 e confirma !!!!!

    • Avatar

      Será?
      Confirmar que assim como os outros, o 13 também só tem políticos. Ou melhor ladrões. Já que no Brasil estas duas palavras são sinonimas. Kkkkkkkkkkkk faz me rir vai kkkkkkkkkķ.

Untitled Document