sexta-feira, 14 de maio de 2021 - 10:43 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Curso Técnico em Agronegócio tem inscrições abertas, em Barra Mansa

Curso Técnico em Agronegócio tem inscrições abertas, em Barra Mansa

Matéria publicada em 29 de janeiro de 2019, 18:13 horas

 


Prioridade para produtores rurais, funcionários e familiares

Barra Mansa- O Sindicato Rural de Barra Mansa divulgou o edital para o processo seletivo do Curso Técnico em Agronegócio oferecido pelo Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural). Para o primeiro semestre de 2019, serão disponibilizadas 40 vagas gratuitas para o polo em funcionamento na sede do sindicato, no bairro Ano Bom. As inscrições já começaram e podem ser feitas pela internet até o dia 14 de fevereiro.

Terão prioridade de acesso às vagas produtores rurais, seus funcionários e familiares. Os candidatos que não apresentarem documentação que comprovem esse vínculo com o setor agropecuário vão concorrer às vagas como público geral.

De acordo com Adilson Rezende, presidente do Sindicato Rural, a formação, que tem duração de dois anos, é totalmente gratuita e feita de forma semipresencial. “Os conteúdos são disponibilizados aos alunos na internet e reforçados pelas videoaulas e pelo material impresso. 20% da carga horária é reservada para aulas presenciais, aos sábados, no polo de apoio e visitas técnicas a propriedades rurais e agroindústrias”, explicou o presidente do Sindicato Rural.

Assim como o curso, todo o material didático, incluindo apostilas e DVDs, é garantido pelo Senar gratuitamente. O presidente Adilson esclarece ainda que o Sindicato Rural de Barra Mansa disponibiliza ainda uma sala equipada com computadores conectados à internet para uso dos alunos durante o curso.
– O espaço também pode ser usado pelos interessados para fazer a inscrição, com o auxílio dos nossos funcionários, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 16h30 – frisou Adilson, lembrando que a escolaridade mínima exigida dos candidatos às vagas é o Ensino Médio completo.

O representante do sindicato lembra que todos os documentos exigidos devem ser inseridos no momento da inscrição no site. “Infelizmente, não é possível a correção de dados no sistema posteriormente. Por isso, é importante ler o edital com atenção, providenciar os documentos e daí acessar o site para se inscrever. Em caso de dúvidas, podem entrar em contato com o Sindicato presencialmente ou pelo telefone (24) 3323-1139″, destacou o presidente da entidade.

A seleção dos alunos – com ou sem vínculo com o setor rural – seguirá o método implementado no ano passado. A triagem dos candidatos será realizada com base na análise do aproveitamento escolar referente ao Ensino Médio. Já o índice de aprovação será comprovado pela inserção das notas, contidas no histórico escolar do interessado, de Língua Portuguesa e Matemática durante os três anos do Ensino Médio. A média final será calculada pelo sistema de inscrição do Senar, resultando na eliminação ou classificação do candidato.

De acordo com o sindicato, a divulgação do resultado oficial, com a classificação geral, será no dia 01 de março, tendo os alunos aprovados entre o dia 06 e dia 09 de março para se matricular. “O Curso Técnico em Agronegócio é reconhecido MEC e pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA). É uma formação de qualidade, completa, que vem recebendo inúmeros reconhecimentos e que merece ser disseminada. O agronegócio está em plena expansão e na nossa região há muitas oportunidades de trabalho. O produtor rural tem carência de tecnologias e novas técnicas, por isso esse curso é muito importante para o desenvolvimento do setor rural na região”, argumentou Adilson.

O presidente da entidade ainda destacou que Barra Mansa é a única cidade da região Sul Fluminense a contar com um polo do curso. “O estado do Rio de Janeiro possui dois polos do Senar: um em Barra Mansa e outro em Campos”, disse. As inscrições podem ser feitas no site do Senar Rio de Janeiro, onde também se encontra o edital: www.senar-rio.com.br, clicando no link processos seletivos Senar Rio.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document