sábado, 4 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Entidades empresariais apresentam nova proposta para horários do comércio

Entidades empresariais apresentam nova proposta para horários do comércio

Matéria publicada em 1 de junho de 2020, 19:37 horas

 


Volta Redonda – Em ofício enviado ao prefeito Samuca Silva, Luís Fernando Soares Cardoso, presidente da Aciap-VR, Gilson Ferreira de Castro, presidente da CDL-VR, Jerônimo Pereira dos Santos, presidente do Sicomércio-VR, Paulo Dinis Marques , presidente do Sipacon-SF, que representa as padarias da região e Alexandre Magno Vieira, presidente do Sindsul Hotéis, propuseram ao prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, novos horários para as atividades econômicas na cidade. Para que sejam postos em vigor, os horários propostos precisam da aprovação do prefeito, do Ministério Público do Estado do Rio e da homologação da Justiça, já que a flexibilização do comércio foi definida em acordo judicial.

As propostas são as seguintes:

Comércio em geral
– Adequação do horário de 14h às 22h para 10h às 18h, de segunda à sexta-feira;
– Adequação do horário de sábado, para 9h às 13h, uma vez que nesses dias, a maioria dos setores que não seja comércio e alguns serviços, não abre, principalmente, bancos.

Restaurantes, bares e lanchonetes

– Adequação do horário de 10h às 19h para 6h às 22h, visando atender também aos que abrem para café da manhã, uma vez que muitos trabalhadores pegam cedo nas empresas; atendimento de refeições noturnas, seguindo todas as regras já vigentes, como a delimitação de 30% de clientes dentro dos espaços, com mesas intercaladas e controle do fluxo, com higienização dos ambientes, disponibilização de álcool a 70% para clientes e funcionários.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar
    Acorda VR 128 obiTos

    VR não está nada tranquilo.
    .
    Foi divulgado que são 128 óbitos em VR com COVID.
    Os dados são dos cartórios.
    Samuca mentiroso. Não fala a verdade para o povo.
    Fala que tem 36 óbitos… MENTIROSO

  2. Avatar

    O que ele chamam de adequação, na verdade é: volte tudo ao normal, em período de pandemia, quando o Brasil está em curva ascendente e acelerada.
    Esses empresários estão preocupados com emprego?
    Esses empresários estão preocupados com a arrecadação de tributos?
    Esses empresários estão preocupados com a saúde de clientes, funcionários, e população em geral?

    Ou esses empresários estão preocupados com dinheiro?

    Está realmente preocupado com o que é importante?
    Com empregos? Use seu patrimônio pessoal e cumpra seu contrato com seus funcionários.
    Com arrecadação de tributos? Não aproveite para pedir vantagens fiscais ao município, e pague seus tributos em dia e a vista.
    Com saúde? Garanta condições de higiene aos funcionários, clientes, mas, principalmente, só abra sua loja quando sua família estiver também trabalhando dentro dela.
    Porque ser do contra é fácil, difícil é colocar sua família nas mesmas condições do povo.
    Não façam como determinado presidente de determinada cooperativa médica.
    Não vão ser negacionistas, e espalhar o vírus entre seus colegas, e depois de contaminado, fugir para um sítio e ficar fazendo churrasco.
    Se está querendo reabrir, faça passeata sem máscara, põe a esposa e filhos no balcão da loja, e vá sacar sua gorda poupança para garantir emprego e alimento dos seus funcionários.

    E não me venha com essa de que está dois meses sem vender. Se não aguenta 3 meses sem vendas, quem matou sua empresa não foi a quarentena, foi sua incapacidade empresarial.

Untitled Document