>
sexta-feira, 1 de julho de 2022 - 20:47 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Flumisul começa em Barra Mansa

Flumisul começa em Barra Mansa

Matéria publicada em 9 de agosto de 2017, 18:59 horas

 


Flumisul começa hoje após ficar ameaçada por conta de impasse com MPF

Flumisul começa hoje após ficar ameaçada por conta de impasse com MPF

Barra Mansa – O prefeito Rodrigo Drable abre oficialmente a Flumisul nesta quinta-feira (10), às 18h, no Parque da Cidade Natanael Geremias. A expectativa é de que a Flumisul movimente mais de 40 milhões de reais em volume de negócios, apostando no novo modelo que terá a participação de 200 expositores, entre empresas, agronegócio, setor de alimentação, serviços, indústria e comércio, moda e beleza e artesãos.

Os organizadores esperam que mais de 50 mil pessoas passem pela feira durante os quatro dias. Com uma área de 2500m² e entrada gratuita, a Flumisul estará aberta das 14h às 22h. Para Rodrigo Drable, a expectativa é de que a feira seja um sucesso e tenha um resultado positivo para a região. “A Flumisul é uma grande oportunidade de aquecermos a economia de Barra Mansa e do Sul Fluminense. Temos que apostar, acreditar e realizar eventos desse porte”, disse.

A Sessão de Negócios do Setor de Petróleo e Gás é uma das apostas do novo modelo de gestão da feira para fomentar a indústria e as empresas da Região Sul Fluminense. Realizado pelo SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e com parceria do Metalsul (Sindicato das Indústrias Metalmecânicas do Médio Paraíba Fluminense), Firjan e da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), a sessão tem início às 14 horas no auditório e tem como objetivo apresentar o potencial de pequenas e médias empresas fornecedoras de bens e serviços.

Participam grandes empresas como Transpetro e Nuclebrás Equipamentos Pesados (Nuclep). Após o encerramento da sessão de negócios, representantes das empresas TOTVS e Bioblue realizam palestras.  A partir das 19h30, o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Barra Mansa (Codec) e o Centro Universitário de Barra Mansa (UBM) realizam mais uma rodada de palestras.

Rodada de Negócios Multissetorial é atração no segundo dia do evento

Na sexta-feira, dia 11, a Rodada de Negócios Multissetorial abre a feira a partir das 14h. No encontro, o Programa Compra Rio, que tem o objetivo incrementar o volume de compras de produtos e serviços no Estado do Rio, busca a aproximação de empresas estabelecidas na capital carioca, como MAN (empresa alemã do setor de transporte) e CHINEZINHO (atuante no setor de alimentos), com empresas do Sul Fluminense visando incrementar os negócios em todo o Estado.

Após a rodada, a Yacimientos Petrolíferos Fiscales – YPF (estatal argentina dedicada à exploração, refino e venda do petróleo e seus derivados), o Sebrae e o UBM farão palestras. Além das instituições, discussões sobre energia solar também terão espaço na Flumisul.

No sábado, dia 12, a partir das 14h, as secretarias de Barra Mansa realizam o 1º Fórum de Debates de Desenvolvimento de Barra Mansa. A Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (SMJEL) propõe o debate ‘Os desafios e perspectivas do esporte para a próxima década’. A discussão terá a presença dos palestrantes Daniel Alves Ferreira Junior e Cassio Martins.

Na sequência, também com a presença de profissionais do ramo, a Secretaria de Saúde debate a perspectiva da saúde em Barra Mansa com o secretário Sérgio Gomes, com a gerente de Planejamento e Saúde, Isabela Correa Almeida e com a gerente de Atendimento Primário, Mariana Sodreira Almeida.

Complementando o sábado, a partir das 16h, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico realiza uma conferência para discutir os caminhos para se empreender em Barra Mansa com o empresário barramansense Ronaldo Pereira Júnior, atual CEO da Óticas Carol. A Palestra de Ronaldo acontece às 17h45 no teatro Tulhas do Café. E Ruth Pinheiro, presidente da Rede Brasil de Afroempreendedores (REAFRO), também discutirá sobre o tema.

No domingo, dia 13, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação debate ‘A Barra Mansa tecnológica para o amanhã’, abrindo a roda de conversas às 17h. Depois, é a vez da Secretaria de Educação discutir sobre o nível educacional para o desenvolvimento do município. O secretário de Educação, Vantoil de Souza, o sub-secretário Ricardo Rosas e a gerente pedagógica de Educação Básica, Saionara Maciel Viçoso serão os responsáveis pela palestras.

 

 

Reunião com MPF garante realização da feira

O prefeito Rodrigo Drable e o procurador da República Júlio José Araújo Junior assinaram na tarde desta quarta-feira, 9, um termo de compromisso para garantir a realização da Flumisul dentro do Parque da Cidade. A reunião foi determinada pelo juiz Rafael de Souza Pereira Pinto, da 1ª Vara Federal de Volta Redonda, a pedido do MPF para alinhamento dos termos do TAC.

De acordo com Julio José Araújo Junior, o ajuizamento da ação foi necessário para dar máxima efetividade ao TAC, sem intenção de proibir o evento.

“O MPF está satisfeito que a prefeitura cumpriu a decisão judicial, conseguimos chegar num consenso que garante a realização do evento que é tão importante para a cidade e ao mesmo tempo busca cumprir e garantir as obrigações do TAC na instalação do Centro de Memória e na preservação de espaços importantes no Parque da Cidade. O Ministério Público Federal está sempre atento aos interesses econômicos e ao desenvolvimento da cidade e a garantia de direitos e a preservação da memória não contraria esses interesses, eles podem ser compatibilizados”, afirmou.

Nos termos do acordo, ficou a cargo da prefeitura dar visibilidade às ações e aos locais que poderão ser destinados à área de preservação histórica. Banners irão identificar os espaços onde ocorreram crimes no período da ditadura. Além dos banners, haverá um espaço expositivo do Centro de Memória no corredor de entrada da Flumisul. A área do entorno do Arquivo será iluminada e sinalizada. Outra medida é a descrição do grupo de trabalho pela Prefeitura na página eletrônica da feira, em local de destaque.

O acordo foi assinado pelo procurador da República Julio José Araujo Junior; pelo prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable Costa; pelo procurador do Município de Barra Mansa, César Catapreta Espíndola Junior; o superintendente da Fundação Municipal de Cultura, Marcelo Bravo; e coordenador do GT, Raphael Jonathas Costa Lima.

Participaram da reunião o presidente do Codec (Conselho de Desenvolvimento Econômico), Arivaldo Corrêa Mattos, o presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) Xisto Neto, o presidente da Câmara Municipal, Marcelo Cabeleireiro, os vereadores Welington Pires, Thiago Valério, Gustavo Gomes, Elias da Corbama, Daniel Maciel, Gilmar Lelis, Zélio Show, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, Agnaldo Raymundo.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Evento tradicional e até importante…dizem que várias transações comerciais e empresariais são feitas, mas não sei…teve um ano da Flumisul que as únicas transações foram entre coreanos e as moças lindas que são contratadas para ficarem nos stands…putz, mas logo coreanos??? Afffffff…essas moças, hein…podiam aceitar transações melhores…

  2. Onde estão os vereadores de barra mansa para fazer uma moção de repudio contra a flumisul rsrsrs

Untitled Document