sexta-feira, 30 de julho de 2021 - 04:34 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Gasolina no Rio é a segunda mais cara do Brasil

Gasolina no Rio é a segunda mais cara do Brasil

Matéria publicada em 27 de agosto de 2017, 17:55 horas

 


Rio – Perdendo somente para o Acre, o preço do combustível no estado Rio é o segundo mais caro do país, segundo pesquisa de preços semanais da ANP (Agência Nacional do Petróleo) e isso, talvez, justifique a expectativa dos consumidores em adotarem medidas que possa mudar esse cenário.

Apesar de ter refinaria instalada em Duque de Caxias e estar próximo a outros estados com unidades de refino como Minas Gerais e São Paulo, o Estado do Rio vende o litro de gasolina a R$ 4,140 (preço médio), o que coloca o Estado na segunda posição entre os estados que têm o litro da gasolina mais caro. O Rio perde apenas para o Acre que, segundo pesquisa semanal de preços da Agência Nacional do Petróleo (ANP) tem o litro da gasolina mais caro, vendido a R$ 4,361.

Para Maurício Canedo, economista especialista no setor da Escola Brasileira de Economia e Finanças (EPGE) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), o responsável pelo alto preço ao consumidor final é o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Atualmente, no Estado do Rio, a alíquota que incide sobre o combustível é de 32%, além do acréscimo de outros 2% referentes ao Fundo Estadual de Combate à Pobreza e às Desigualdades Sociais (FECP), após o governo decidir elevar a taxa em dois pontos percentuais em dezembro de 2016.

“ Alguns fatores influenciam diretamente o preço final da gasolina, aquele que é pago na bomba pelo consumidor. Porém, o que mais influencia são os tributos que incidem sobre o produto, como os impostos estaduais. No caso do Rio, temos uma alíquota muito alta, o que coloca o Estado em posição desfavorável de preço em relação a outros estados” explica.

No ranking do litro da gasolina mais caro, Acre e Rio são seguidos pelo estado de Goiás, que ocupa a terceira posição, com preço médio a R$ 4,095, Pará, que tem preço médio do litro a R$ 3,989, e Tocantis, onde a gasolina é vendida a R$ 3,984.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Caraca é Volta Redonda sim a mais cara. Passem naquele posto em frente a prefeitura, a gasolina premium a quase R$6,00 , acreditem. e tem mais a prazo, no cartão, é mais caro. Em Resende vi neste sábado gasolina comum e aditivada a R$3,99.
    SOCORRO!!!!!

  2. liberdade e propriedade

    A Petrobrás vende aos distribuidores por 1 real em todo o Brasil. O que a torna mais caro aqui do que nos EUA são os impostos, lá são quase nulos, aqui altíssimos. Tem também o custo elevado dos transportes do Brasil e a margem dos postos altos. Nos EUA a infraestrutura excelente, barateia transportes e possibilita concorrência entre postos acirrada.

  3. Acho que em Pernambuco é maior que Acre. Verifica em Fernando de Noronha o valor da Gasolina R$: 5,39.

Untitled Document