quinta-feira, 20 de setembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / INB simula acidente para testar resposta à emergência em Resende

INB simula acidente para testar resposta à emergência em Resende

Matéria publicada em 17 de agosto de 2018, 21:06 horas

 


Atividades são orientadas pelo Comitê de Planejamento de Resposta a Situação de Emergência Nuclear

Preparação: Objetivo é testar protocolos de resposta a emergências

 

Resende – Entre os dias 21 e 23 de agosto, na Fábrica de Combustível Nuclear (FCN) das Indústrias Nucleares do Brasil (INB), se realizará o Exercício Geral de Emergência, supervisionado pelo gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, órgão central do Sistema de Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro (Sipron).
As atividades são orientadas pelo Comitê de Planejamento de Resposta a Situação de Emergência Nuclear no Município de Resende (Copren/RES). Na ocasião será criado um cenário para um possível acidente nas instalações da FCN.
Esse exercício acontece a cada dois anos e envolve, além da INB, diversas instituições externas que fazem parte do Copren. A ação será no dia 22, e contará com participação do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) de Resende, da Polícia Militar do Rio de Janeiro e da Polícia Rodoviária Federal, entre outros integrantes do Comitê. O evento está previsto para acontecer de 9h às 11h.
De acordo o engenheiro da INB, David Acherman, responsável pelo Plano de Emergência Local (PEL), este treinamento em conjunto com os outros integrantes tem como objetivo averiguar e avaliar se os procedimentos recomendados estão funcionando na prática. “A nossa intenção é melhorar e garantir a segurança tanto dos empregados, quanto das instalações da fábrica e do meio ambiente”, disse Acherman. A INB faz treinamentos simulados de emergência todos os meses, com um grupo interno especializado de bombeiros, médicos e empregados.
De acordo com o assessor militar do departamento de coordenação do Sipron, Jair Santos, o treinamento avalia a disponibilidade e o nível de resposta das instituições que compõem o Copren Resende. “Nosso objetivo é que as instituições e órgãos que compõem o colegiado testem a eficácia de seus planos e se necessário, façam possíveis melhorias”, explicou o assessor militar. E completou: “temos protocolos de ação diferentes para cada instituição, e por isso é necessário testar o conjunto”.

Um comentário

  1. a melhor notícia seria inb começa a convocar aprovados em concurso. quando será?

Untitled Document