quinta-feira, 22 de outubro de 2020 - 09:46 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Inflação da terceira idade fica em 0,48% no terceiro trimestre

Inflação da terceira idade fica em 0,48% no terceiro trimestre

Matéria publicada em 11 de outubro de 2019, 09:06 horas

 


Supermercados lotados e com filas nos caixas e na entrada funcionam em horário reduzido. (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Rio de Janeiro – O Índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade (IPC-3i), que mede a variação da cesta de consumo de pessoas com mais de 60 anos de idade, registrou inflação de 0,48% no terceiro trimestre deste ano. Em 12 meses, o IPC-3i acumula taxa de inflação de 3,78%, segundo dados divulgados hoje (11) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Com o resultado do terceiro trimestre, o IPC-3i ficou acima da taxa acumulada pelo IPC-BR, o Índice de Preços ao Consumidor-Brasil, que calcula a inflação média para todas as faixas etárias e que acumula taxa de inflação de 3,51% em 12 meses.

No segundo trimestre, o IPC-3i havia registrado inflação de 0,97%. Seis das oito classes de despesa componentes do índice registraram queda em suas taxas. A principal contribuição partiu do grupo alimentação, que passou de uma inflação de 0,02% no segundo trimestre para uma deflação (queda de preços) de 1,76% no terceiro trimestre.

Outros grupos com queda na taxa foram: saúde e cuidados pessoais (de 2,05% para 1,01%), transportes (de 0,77% para -0,37%), educação, leitura e recreação (de 1,90% para -0,34%), vestuário (de 2,09% para -0,59%) e despesas diversas (0,68% para 0,34%). Dois grupos tiveram alta na taxa: habitação (de 0,79% para 2,14%) e comunicação (de 0,13% para 1,07%).


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document