sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Meirelles diz ser prejudicial começar 2018 com reforma previdenciária pendente

Meirelles diz ser prejudicial começar 2018 com reforma previdenciária pendente

Matéria publicada em 18 de setembro de 2017, 12:32 horas

 


Brasília– O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta segunda-feira (18) que é preciso aprovar a reforma da Previdência para que o país possa iniciar um novo capítulo com equilíbrio fiscal e estabilidade econômica de forma a seguir a rota de crescimento sustentável nos próximos anos. Meirelles disse ainda que seria prejudicial começar 2018 com a aprovação da reforma pendente.

– O país tem o direito e a expectativa de que a reforma da Previdência seja votada agora e seja aprovado nos seus pontos fundamentais para que entremos num novo capítulo, um capítulo com equilíbrio fiscal, com estabilidade econômica e que possa garantir ao país uma rota de crescimento sustentável nos próximos anos – disse o ministro da Fazenda a jornalistas após a cerimônia de posse da procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

Sobre a possibilidade de a nova denúncia apresentada pelo Ministério Público ao Supremo Tribunal Federal, contra o presidente Michel Temer, atrapalhar o andamento da reforma, Meirelles disse esperar que “ tudo seja mantido e votado no seu devido tempo”.

– Os parlamentares estão conscientes disso. O Brasil precisa deixar esse capítulo para trás; não podemos continuar discutindo a reforma da Previdência, porque se ela não for feita agora, terá que ser feita no futuro próximo – disse Meirelles.

O relatório da reforma da Previdência já foi aprovado em comissão especial da Câmara e aguarda votação em plenário.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. HAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!!!! VOU RACHAR DE RIR VENDO OS COXINHAS TRABALHAREM ATÉ MORRER, SEM SE APOSENTAR!!!!!!!!!!!

  2. Seria muito bom o governo cobrar a divida do agronegócio, e deixar a reforma da previdência para ser discutida com um presidente eleito pelo povo.

  3. Este cidadão deve ter uma aposentadoria gorda… A sra esposa dele também… Os filhos com 40 anos devem estgar aposentados, e quer se meter na vida dos outros ? Realmente, eles devem é cobrar de quem deve e não ficar querendo enfiar goela abaixo este pago que Previdência é deficitária !!

  4. Crucial é acabar com as malas e apartamentos repletos de dinheiro produto de corrupção que hoje assola este país e todos soltinhos com ajuda do congresso que diga-se de passagem eleitos pelo povo.

  5. Seria crucial sim, o governo começar a cobrar a dívida das empresas privadas e não o povo pagar a conta.

  6. Prejudicial para quem? Para que dinheiro, “DESVIADO” das contas públicas, seja pago, SÓ, pelo aposentado do INSS! Afinal o que a previdência paga para manter 36 milhões de aposentados e dependentes do INSS equivale ao pagamento de apenas 01 milhão de aposentados e dependentes dos diversos escalões dos 03 “PODERES” e cobertura de desvios nas associações de aposentadorias(diversas) de estatais e órgãos governamentais, no Brasil.

Untitled Document