Metalúrgicos da CSN votam proposta de acordo para turno dia 21 de novembro

by Diário do Vale

 

Foto: Arquivo
Trabalhadores decidem se aprovam mais dois anos de turno de oito horas

Volta Redonda – Os trabalhadores da CSN que fazem turno na Usina Presidente Vargas vão decidir, na terça-feira (21) em votação por escrutínio secreto, das 6 horas ás 16h30min, na Praça Juarez Antunes, se aceitam a proposta da empresa, de uma compensação de R$ 5 mil para cada trabalhador que faz turno, pela prorrogação do turno de oito horas por mais dois anos.

O acordo é o mesmo que já foi votado e aprovado na CSN Cimentos e na CSN Porto Real. Na primeira, a negociação foi conduzida pelo Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil do Sul Fluminense, e na segunda, pela Federação dos Metalúrgicos, entidade que o Sindicato dos Metalúrgicos não considera habilitada para representar os trabalhadores daquela unidade.

Em mensagem por vídeo postada nas redes sociais do Sindicato dos Metalúrgicos, o presidente do sindicato, Edimar Miguel, afirmou que a posição da entidade é contra a renovação do acordo e pelo retorno do turno de seis horas.

You may also like

8 comments

Benjamin Steinbruch 18 de novembro de 2023, 19:57h - 19:57

PRODUÇÃO MEUS FILHOS , ESSE ANO EU QUERO RECORDE , JUNTOS SOMOS MAS fortAÇOS.

Alexsander 17 de novembro de 2023, 09:14h - 09:14

Infelizmente, devido à falta de segurança financeira e/ou senso de cidadania, os atuais funcionários da CSN se esqueceram que o turno de 6 horas custou a vida de 3 operários. Em retrospectiva, toda aquela violência dos militares e dos operários que presenciei aos 14 anos sem entender direito, na verdade não valeu de nada… E é daí para pior, como bem falado acima: pessoas sem perspectivas vivem o imediatismo…a empresa faz o jogo dela, mas quem aceita é o trabalhador.

TÁ DE SACANAGEM 17 de novembro de 2023, 05:22h - 05:22

Continha básica,multiplique duas horas do seu salário pelos dias trabalhados mensalmente e depois por dois anos de acordo vc verá realmente o quanto lhe é devido

COMPANHIA SEM NADA(CSN) 17 de novembro de 2023, 05:14h - 05:14

EM 2007 NA GESTÃO DE RENATO SOARES SINDICALISTA ELA DEU 4000 REAIS MAIS 8% SOBRE O SALÁRIO HOJE EM 2023 ELA OFERECE 5000 REAIS.POR ACEITAR ISSO E QUE HOJE OS COLABORADORES DA CSN GANHAM SALARIO MÍNIMO.

Gatinho ex empresa 17 de novembro de 2023, 05:10h - 05:10

Daqui a vinte anos ela vai estar oferecendo essa mesma migalha e esse bando de morto de fome vai acabar aceitando

Peão do alto forno 16 de novembro de 2023, 21:46h - 21:46

Onde assino para receber logo esta bolada? Nem precisa votação acordo aprovado, já estou preparando a cheveteira vou encher o tanque e partir para Pereca City fazer aquele delicioso churrasco, a dona Maria e as crianças já estão até prontas para o grande fim de semana dos nossos sonhos.

Peão Coqueria 16 de novembro de 2023, 19:14h - 19:14

Queremos o turno de 12 hrs!

TÁ DE SACANAGEM 16 de novembro de 2023, 19:08h - 19:08

A MAIORIA HOJE GANHA SALÁRIO MÍNIMO E TEM UM ANO DE EMPRESA E NÃO TEM PRETENSÃO NENHUMA DE FAZER CARREIRA NA CSN.ADVINHEM QUAL O PLACAR DA VOTAÇÃO?

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996