quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Número de empreendimentos imobiliários volta a crescer na região Sul Fluminense

Número de empreendimentos imobiliários volta a crescer na região Sul Fluminense

Matéria publicada em 5 de dezembro de 2019, 23:32 horas

 


Declaração é de empresário do setor, dada durante assinatura de contrato de financiamento com a Caixa Econômica Federal

Jardim Mariana Rubi está com 20% das obras concluídas

Volta Redonda – O empresário Mauro Campos, diretor da Aceplan,  afirmou que o mercado de construção civil na região está passando por um período de forte crescimento. Ele acredita que o número de obras contratadas praticamente quadruplicou desde 2017. A declaração foi dada durante  a assinatura do contrato de financiamento do empreendimento “Jardim Mariana Rubi”, entre a Aceplan e a Caixa Econômica Federal.

Mauro afirmou que o empreendimento é um exemplo do que ele disse sobre o mercado. A primeira fase, chamada “Jardim Mariana”, está com mais de 80% vendida e a nova fase, que teve o contrato de financiamento assinado ontem, já tem 50% das unidades vendidas no pré-lançamento.

O superintendente em exercício da Caixa, Marcelo Albuquerque, confirmou as declarações de Mauro sobre o crescimento do mercado de construção civil.

— Temos registrado um grande número de lançamentos, e percebemos que a oferta está se aproximando da demanda — disse.

O crescimento do mercado tem atraído grandes empresas, que atuam em diversos estados, para a região. Mauro, contudo, não vê problema na chegada dessas empresas.

— As novas empresas vão dar uma mexida no mercado local e aumentar a competição, mas isso é natural. A Aceplan também está indo para outros municípios, e vamos competir com empresas de lá. Além de tudo, aqui temos um conceito consolidado no mercado e somos uma construtora integrada — disse, esclarecendo que o termo se refere à empresa que executa todos os serviços da obra. No mercado de construção civil é muito comum serviços como instalações elétricas e hidráulicas serem feitos por empresas terceirizadas.

O empreendimento

O valor do contrato de financiamento assinado entre a Aceplan e a Caixa está na faixa dos R$36,7 milhões. Serão 264 unidades em três blocos com onze unidades por andar e oito andares em cada bloco. Os apartamentos têm dois quartos, sendo que em alguns um desses quartos é uma suíte.

O financiamento pode ser feito pelo programa “Minha Casa, Minha Vida” para pessoas com renda até R$ 2,3 mil por mês, na faixa 1,5, ou para pessoas com renda até R$ 4,5 mil por mês, na faixa 2.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Melhor ovo com feijão e farinha do que na época do PT que faltava até feijão, pois Lula mandava o feijão daqui para a Venezuela!
    O que dizer do envio que o PT fez de toneladas do feijão brasileiro para a Venezuela, deixando muitas famílias brasileiras sem o precioso legume?!
    Como diria o jornalista Boris Casoy: “Isso é uma vergonha!”…

  2. Avatar

    O plano liberal do Paulo Guedes está funcionando e estamos saindo de uma crise de seis anos gerada pela corrupção generalizada do PT no poder central!
    Teremos o melhor Natal dos últimos oito anos, mas ainda temos muito que construir, pois a destruição gerada por Lula e sua turma nos levou à Maior Crise Econômica da História Brasileira!
    O que dizer da corrupção generalizada do PT que acabou com o Brasil ?
    Como diria o jornalista Boris Casoy: “Isso é uma vergonha!”

    • Avatar

      vamos ter o melhor natal depois de 8 anos : ovo cozido , ovo frito , ovo cru , ovo mexido .
      essa sera a ceia do melhor natal dos ultimos 8 anos .

Untitled Document