domingo, 31 de maio de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Parente confirma política de preços e tenta evitar greve de petroleiros

Parente confirma política de preços e tenta evitar greve de petroleiros

Matéria publicada em 29 de maio de 2018, 18:26 horas

 


Petrobras está no centro do problema que deixou o Brasil parado nos últimos dias

Rio – Em teleconferência com analistas e investidores, o presidente da Petrobras, Pedro Parente, disse nesta terça-feira (29) que a política de preços da companhia será mantida e acrescentou que o governo federal entende a relevância de manter a equação econômica dessa política.

Em vigor desde o ano passado, a atual política de preços da Petrobras prevê reajustes dos combustíveis com maior frequência, inclusive diariamente, refletindo as variações do petróleo no mercado internacional e também a oscilação do dólar.

Parente informou que uma equipe da Petrobras, em conjunto com os ministérios da Fazenda, do Planejamento e de Minas e Energia, participa da elaboração das medidas provisórias e do decreto que tratarão de redução de impostos sobre o diesel, mas como ainda não estão concluídas não poderia dar mais detalhes, mas reafirmou que os conceitos da política de preços da empresa serão respeitados.

Segundo Parente, a proposta apresentada pela empresa na semana passada, de reduzir em 10% o preço do diesel por 15 dias, abriu caminho para as negociações com os caminhoneiros em paralisação e disse que, naquele momento, a empresa precisava ter coragem. “Tivemos a responsabilidade e a coragem de fazer reconhecendo o momento em que estávamos vivendo”, indicou.

Parente comentou ainda a greve de 72 horas que os petroleiros estão prometendo para começar nesta quarta-feira (30), e disse que a empresa confia que os empregados entendam o momento atual. “Desejamos de fato que possamos passar por isso sem maiores consequência para a nossa empresa”.

O presidente da Petrobras mais uma vez fez a comparação da situação da Petrobras em tempos atuais com o que atravessava há alguns anos e apontou a redução do endividamento, atração de parceiros fortes. O executivo ressaltou ainda a redução de custos da empresa.

Greve de petroleiros

A Petrobras e a Advocacia-Geral da União (AGU) foram ao Tribunal Superior do Trabalho (TST) pedir que a greve de petroleiros, prevista para esta quarta (30), seja considerada ilegal, sob pena de multa de R$ 10 milhões por dia aos sindicatos responsáveis caso haja paralisação.

Para a empresa e o órgão, a greve de petroleiros, caso ocorra, será abusiva, por ofender direitos fundamentais de toda a sociedade, e nula, por trazer reivindicações que não são de cunho trabalhista, mas político. O petroleiros pedem, por exemplo, a demissão do atual presidente da Petrobras, Pedro Parente.

O movimento dos petroleiros ocorre após nove dias de paralisação de caminhoneiros, que resultou em uma crise de abastecimento em diversas cidades brasileiras, sobretudo de combustíveis e alimentos.
Uma greve neste momento, argumenta a AGU, levaria a um severo agravamento da situação em hospitais e escolas, por exemplo, uma vez que “a redução da produção ou a sua completa paralisação geram prejuízos gravíssimos à sociedade, tendo em vista o potencial para prejudicar o abastecimento do mercado interno de gás natural, petróleo e seus derivados”.

“Nessa linha é inadmissível admitir que a atuação oportunista de determinado grupo enseja a ausência de serviços públicos essenciais, em prejuízo de toda a sociedade”, escreveu a advogada-geral da União, Grace Mendonça, no pedido ao TST.

Segundo a Petrobras e a AGU, uma greve de petroleiros neste momento pode levar a prejuízos da ordem de R$ 349 milhões por dia à Petrobras, decorrentes da interrupção da produção de combustíveis.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

13 comentários

  1. Avatar

    Tem é que privatizar.

  2. Avatar

    Interessante que os politiqueiros colocados no posto pelos ELEITORES DE BANDIDOS do PMDB agora estão todos preocupados com o desabastecimento dos hospitais, estão preocupados com os prejuízos gravíiiiiiiiiiiiiiiiiiiisimos da sociedade devido a falta do combustível ou dos caminhoneiros.

    Eles não estavam nem um pouco preocupados quando a gasolina estava subindo todos os dias.

    Eu quero ver a opinião dos ELEITORES DE BANDIDOS do PMDB. Cadê eles, gente??

    Os petistas sabemos que se esconderam no PSB e PDT, mas os ELEITORES DE BANDIDOS do PMDB ainda não sabemos.

  3. Avatar

    A Petrobrás vem de uma situação financeira muito complicada, então ela tem que gerenciar financeiramente uma pressão maior do custo que vem do dólar e do petróleo de uma forma diferente de outra empresa que não tivesse passado pela crise que ela passou! E crise que veio justamente do fato de ela ser uma estatal e ela ter sido usada para CORRUPÇÃO E CONTROLE DE PREÇOS, CONTROLE DE INFLAÇÃO… então não podia aumentar preços, mesmo pressionada, porque isso ia complicar mais o controle da inflação… Então ela trabalhou no prejuízo!
    A culpa foi da péssima gestão do PT , pois tudo era um nacionalismo muito forte em cima da Petrobrás até que se percebeu que a empresa não tinha como sustentar todos os interesses dos quais ela era alvo!
    Como diria o ex-Senador Mão Santa: “A gente faz apenas uma vez na vida: nascer, morrer e votar no PT!”

    • Avatar

      Presidente da empresa reduziu a produção para comprar gasolina do estrangeiro a preço de dólar, segundo sindicatos.

      O problema não tanto o dólar, mas o saque que continua.

  4. Avatar

    Para cobrar o fim da venda de ativos da Petrobras, o fim da política de preços flutuantes, o aumento do volume de refino de combustíveis pelas refinarias da estatal e saída de Pedro Parente do comando da empresa, os petroleiros iriam parar por 72 horas. Como este site adiantou na semana passada, os sindicatos estão insatisfeitos com a atuação de Parente à frente da estatal. Para eles, o executivo está beneficiando grupos internacionais e realizando um “autoboicote” na empresa, com intenção não declarada de privatizá-la.

    • Avatar

      Conselho de Administração com investidores estrangeiros nomeados por Temer, sabe-se lá se por ORDEM dos capitalistas selvagens. Eles perdem fortunas mas não arredam pé dos lucros. Petrobrás derreteu centenas de bilhões de Reais nestes dias, mas mantém a mesma política.

      Quem defende o capitalismo VAI VENDO aí para não falar mais abobrinhas.

  5. Avatar

    O Pedro Parente só está preocupado com a Petrobras em dar lucro para os investidores e manter ela em primeiro lugar no rank aumentando sucessivamente o combustível no Brasil e não quer nem saber se o combustível está caro porque o povo Brasileiro reclama mais paga, quando o povo for pra rua para brigar aí que esse país vai mudar, ou vai ficar esperando a gasolina chegar a dez reais o litro e o gás a cem reais. Acorda povo brasileiro os caminhoneiros já estão fazendo a sua parte.

  6. Avatar

    Nós não chegamos neste ponto por azar! É consequência das escolhas que o governo Lula-Dilma fizeram e que este governo Temer está fazendo!
    A desgraça pós-petista, pois eles roubaram tanto que levou a Petrobrás a exagerar no aumento dos preços agora… e quando você se excede na dose, o remédio pode virar veneno desorganizando os caminhoneiros e levando à essa situação atual! A Petrobrás foi indiferente aos caminhoneiros, pois a Petrobrás se acostumou a isso, pois não tem competição! Isso gerou a deformação na Petrobrás e não é de hoje que a empresa trata com desprezo a população!
    A Petrobrás foi violentada, foi sequestrada pelos petistas, e Pedro Parente tentou brindá-la com aumentos sucessivos nos preços, contudo isso foi bom para a empresa, que voltou novamente para o primeiro lugar entre as empresas brasileiras, contudo foi ruim para o consumidor!
    Se a empresa Petrobrás tivesse sido bem gerida há dez, cinco anos atrás nós não estaríamos nessa situação… Logo, qual a solução definitiva para tal situação: saber votar bem e não votar no PT!
    Como diria o ex-Senador Mão Santa: “A gente faz apenas uma vez na vida: nascer, morrer e votar no PT!”….

    • Avatar

      Vc não vota no PT, mas se votar no partido que está ALIADO ao pt, o seu voto é do PT.

      Vc não vota no PMDB, mas se votar no partido que está ALIADO ao pmdb, o seu voto é do PMDB.

      128 dias. Contagem regressiva para a saída do Temer através do voto e dar entrada para ser preso.

  7. Avatar

    129 dias. Contagem regressiva para a saída do Temer através do voto e dar entrada para ser preso.

  8. Avatar

    Quem não conhece Livre Mercado essa é apenas uma amostra. Colocam preço e vc se vira.

    Num ponto é bom pq terão de sair do pão MAIS mortadela e das coxinhas para trabalharem, mas vai matar a muitos por ficarem sem condições de trabalhar tendo como consequência a violência desenfreada. A PM que ainda não foi extinta se prepare e busque se armar.

    Política econômica inadequada. VAI VENDO aí o que dá votar em candidatos que NÃO CONHECEM a Administração Pública e NÃO ENTENDEM de Gestão Pública.

    Muitos candidatos presidenciáveis defendem isso, inclusive alguns candidatos estaduais na região. Cuidado para não votarem errado!

  9. Avatar
    Geraldo Claret Plauska

    Os donos da Petrobrás, agora, são os investidores internacionais, não mais o povo brasileiro. Estão privatizando a empresa na surdina. Como era de se esperar, afinal uma das finalidades do golpe era essa, voltar a prática do entreguismo lesa- pátria. E esse senhor, sócio do FHC numa empresa de oferecer bons negócios a empresários capitalistas, é um curinga dos investidores internacionais.Ou seja, tem rato administrando o queijo.

Untitled Document