terça-feira, 27 de outubro de 2020 - 00:18 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Petrobras tem lucro líquido recorde de R$ 18,9 bilhões no 2º trimestre

Petrobras tem lucro líquido recorde de R$ 18,9 bilhões no 2º trimestre

Matéria publicada em 2 de agosto de 2019, 08:30 horas

 


Petrobras registrou lucro líquido de R$ 18,9 bilhões (crédito AB)

Rio de Janeiro – A Petrobras informou que registrou lucro líquido de R$ 18,9 bilhões no segundo trimestre deste ano, um recorde histórico. Nota divulgada pela estatal informa que o resultado representa aumento de 368% em relação ao lucro líquido do primeiro trimestre do ano (R$ 4 bilhões) e 87% na comparação com o segundo trimestre de 2018 (R$ 10,1 bilhões).

A principal explicação para o lucro foi a conclusão da venda de 90% da participação da Petrobras na Transportadora Associada de Gás S.A.(TAG), no valor de R$ 33,5 bilhões, dos quais R$ 2 bilhões foram usados para liquidar dívida da transportadora com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Também contribuíram para o resultado o aumento do preço internacional do petróleo e a valorização do dólar frente ao real.

O Ebitda ajustado – lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ficou em R$ 32,7 bilhões no trimestre, um aumento de 19% em relação ao primeiro trimestre. O resultado foi impactado pelos preços mais elevados do petróleo, o maior volume de venda de diesel e o incremento nas margens da gasolina, nafta e gás natural.

Dívida líquida

O fluxo de caixa livre foi positivo pelo 17º trimestre consecutivo, somando R$ 11,3 bilhões. Já a dívida líquida manteve sua trajetória de queda em US$ 83,7 bilhões no segundo trimestre deste ano, uma redução de 12% em relação ao trimestre anterior.

Os investimentos somaram US$ 2,6 bilhões, sendo 82% em atividades de exploração e produção. “Apresentamos um bom resultado financeiro no segundo trimestre, beneficiado principalmente pela venda da TAG, com lucro líquido alcançando um recorde histórico de R$ 19 bilhões. Continuaremos nossa trajetória de geração de valor, com foco nos ativos de maior retorno, como o pré-sal, e busca incessante para redução de custos”, disse o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, através da nota.

Segundo a Petrobras, a produção de petróleo e gás natural da empresa alcançou 2,63 milhões de barris de óleo equivalente por dia no segundo trimestre, um aumento de 3,8% em relação ao primeiro trimestre deste ano. Somente nos campos do pré-sal, a produção cresceu 12,7%, com 1,17 milhão de barris de petróleo por dia.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. Avatar
    Vicê foi enganado, ô babaca

    Enquanto idiotas desinformados ficam culpando a Oposição pela perda de receita da Petrobrás, acusando sem provas nosso ex-presidente, os acionistas americanos faturaram quase três bilhões de reais de indenização pela desmoralização da Empresa , provocada pelos Ratazanas de Toga corruptos, Moro e Dallagnol.Sugiro aos imbecis que se informem antes de ficarem repetindo comentários baseados em fake news.

  2. Avatar

    O que ganhamos com isso, combustíveis continua caro.

  3. Avatar

    Com essa noticia dá pra imaginar o quanto o Brasil e a Petrobrás deixou de ganhar por causa desse circo armado por sergio MORO e dallangnol, tudo pra que?pra colocar essa tragédia de presidente no poder….

    • Avatar

      Quem quebrou a Petrobras foi a quadrilha do PT chefiada pelo nove dedos. Mortadela em excesso deixa as pessoas com deficiência de memória.

  4. Avatar

    A alma mais honesta deste País, e seus seguidores da facção petista, ao saberem desta ótima notícia, devem ficar desconsolado por não poderem mais meter a mão em dinheiro da Petrobrás.
    Imagine como deve estar injuriado o nove dedos atrás das grades, sabendo como que ele poderia estar roubando os cofres públicos.

Untitled Document