quarta-feira, 23 de setembro de 2020 - 16:49 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Prefeitura de Volta Redonda apresenta cronograma de convocação dos concursados da educação

Prefeitura de Volta Redonda apresenta cronograma de convocação dos concursados da educação

Matéria publicada em 4 de agosto de 2020, 17:16 horas

 


A contratação de profissionais concursados vai gerar uma economia de mais de R$850 mil

Secretária de Educação diz que substituição será gradual para manter qualidade de ensino
(Foto: Secom PMVR)

Volta Redonda – O cronograma de convocação dos 295 aprovados no concurso público da educação já está disponível no site da Prefeitura de Volta Redonda. Os concursados foram chamados para assumir os cargos de Docente I e II e irão substituir os profissionais contratados sob Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). As convocações começarão no dia 6 de agosto e continuarão em setembro e outubro. O calendário foi montado para que o processo da contratação não gere aglomerações.

A Secretária Municipal de Educação, Rita Andrade, explicou que os contratos sob Reda devem ser prorrogados pelo tempo necessário à conclusão da convocação dos candidatos aprovados no concurso público. “A medida da substituição gradual foi tomada para que a qualidade do ensino não seja prejudicada. É uma medida de transição para resguardar, acima de tudo, o processo de educação dos alunos”, afirmou.

No dia 06 de agosto começam as convocações de 81 docentes II e 21 docentes I. Eles farão a substituição dos cargos temporários de 2017. No mês seguinte, o processo se repete para a substituição dos temporários de 2018, com a contratação de 86 concursados. Em setembro, os últimos 107 convocados nessa leva se apresentam, substituindo os cargos temporários de 2019 e 2020. “Além de fortalecer o serviço público com a contração de concursados, a medida ajuda a manter o padrão da educação no município”, frisou a secretária.

Outro ponto importante é a economia que esse processo vai gerar. Segundo um estudo de impacto financeiro-orçamentário realizado pela Secretaria Municipal de Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão (Seplag), ficou confirmado que a convocação desses profissionais aprovados no concurso, em substituição aqueles que estavam contratos por Reda, vai gerar uma economia de mais de R$ 850 mil por ano aos cofres públicos.

O prefeito Samuca Silva disse que essa atitude é o que se espera do governo. “O compromisso com a educação é a nossa prioridade. Esse concurso foi esperado por tempos e fomos atrás para fazer com ele acontecesse. Além disso, ao longo desses anos fizemos vários outros investimentos na área da educação como reformas das novas unidades escolares, criação de novas vagas em creches, tudo para oferecer uma educação de qualidade”, contou o prefeito.

A prefeitura lembrou, em nota, que todo o cronograma de convocação também foi pensado para evitar aglomerações e preservar a saúde de todos.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    Será que essa secretaria incompetente vai passar a pagar aos professores direito com essa “economia”? Como pode o Reda custar mais caro do que um concursado? Quem ganhou com esses mais todos nesse sistema de contratação superfaturado? Esse governo é uma piada de mal gosto. A Educação em VR está afundando, n se deixem enganar com discursos vazios.

Untitled Document