segunda-feira, 26 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Procon de Volta Redonda fiscaliza postos de gasolina

Procon de Volta Redonda fiscaliza postos de gasolina

Matéria publicada em 18 de abril de 2019, 18:22 horas

 


Ação será frequente no município, com o objetivo de evitar cobrança de valores abusivos por combustíveis

Fiscais do Procon visitam posto de gasolina em Volta Redonda
(Foto: Gabriel Borges – Secom PMVR)

Volta Redonda – O Procon de Volta Redonda, junto com a Guarda Municipal e a Secretaria de Fazenda, realizaram fiscalização em alguns postos de gasolina do município, na manhã desta quinta-feira, dia 18. Com o objetivo de fiscalizar e mapear se há abuso no valor cobrado na bomba, a ação ocorreu ainda para levantar a regulamentação dos postos e saber se está tudo em conformidade.

Para o Coordenador Administrativo do Procon, Alexandre Masse, esta ação vai se tornar frequente com a finalidade de evitar o exagero e acompanhar o preço que o dono do posto paga e quanto ele vende. “No caso de alguma irregularidade, na nossa visita iremos orientar os comerciantes para que eles tomem alguma providência e se adequem aos preços”, ressaltou Alexandre.

Essas visitas foram feitas em postos do bairro Aterrado e Retiro, porém as fiscalizações percorrerão todo o município.  Alexandre explicou que, muita das vezes esses locais são escolhidos através das reclamações dos clientes, no Procon. O preço subiu muito nessa semana, ultrapassando o valor de R$ 5,20.

Pedro Augusto, morador do bairro Niterói, é cliente assíduo de um posto no Aterrado e disse que essas fiscalizações deixam os clientes mais seguros no preço que estão pagando.

— É muito importante quando isso acontece porque faz com que a gente tenha certeza que estamos pagando um preço justo e que os postos não abusam nos valores — afirmou.

“A população tem que se conscientizar sobre esses abusos. E procurar os postos que oferecem o preço mais barato. Pois a melhoria dos preços começa com a participação de cada cidadão em pagar um preço acessível. Qualquer abuso que a população note, deve ser comunicado ao Procon para que auxiliemos nas medidas a serem tomadas”, acrescentou Alexandre.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, lembra que o objetivo dessas fiscalizações é fazer com que essas empresas não aproveitem desse produto para lucrar em cima dos consumidores.

— A concorrência sempre é saudável e o mais beneficiado tem que ser sempre o consumidor. Desenvolvemos na prefeitura várias ações visando a ampla concorrência. Gostaríamos que os órgãos estaduais e federais, que são os verdadeiros responsáveis pela fiscalização de postos, ajudassem a cidade em diminuir os preços abusivos — disse o prefeito.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

9 comentários

  1. Avatar

    Sabe sim, bobão. Ele tá é zoando o seu presidente que não sabe nem falar, talkei?

  2. Avatar

    Sabe sim, bobão. Ele tá zoando o seu presidente que não sabe nem falar, talkei?

  3. Avatar

    Cadê o caminhão que prenderam com combustível adulterado libera aí se não vão subir muito nas bombas kkkkkkkkk

  4. Avatar

    Kkk procon fiscalizando?…piada né, gasolina acima de 5 reais o litro e o procon diz que esta tudo certo sem nenhuma irregularidade. Bando de inúteis mesmo, devem achar que todo mundo é trouxa por qui. Tomem vergonha na cara e façam o serviço direito ou estão recebendo uma parte pra não verem.

  5. Avatar

    É só abastecer no posto com combustível mais barato, assim obriga os donos de postos com preço elevados a baixarem, isso se chama concorrência… Mais o povo gosta de pagar caro no combustível, quando acha um preço baixo já logo fala que é batizada e que não presta, em VR isso infelizmente já virou cultura, não tem mais jeito… Eu só abasteço em Barra Mansa, consigo abastecer com R$0,60 de diferença por litro de etanol e quase R$0.50 de gasolina comparando aqui em VR.

  6. Avatar

    Tá bom , e deu no que?

  7. Avatar

    Essa materia parece piada, fazem o que querem os donos de postos, não
    sabemos ainda qual o papel do Procon.
    Acho mais fácil pegarem os matadores da Marielle do que penalizar os donos de postos.
    Por que o Wall Mart não abriu seu posto em VR, será que deixam ?

  8. Avatar

    O litro custa apenas 5,24 ,mas nao se preocupem quando BOLSONARO assumir tudo se ajeita talkei

Untitled Document