quarta-feira, 27 de maio de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Procura por pacotes de viagens cai junto com preços na baixa temporada

Procura por pacotes de viagens cai junto com preços na baixa temporada

Matéria publicada em 5 de agosto de 2017, 15:30 horas

 


Período de baixa temporada nas agências segue pelo menos até o fim de outubro; pacotes ficam mais em conta

Volta Redonda – Com o fim das férias escolares, a grande maioria das famílias que viajaram neste período de julho já encerrou os seus programas turísticos para 2017. Com isso, tem início o que as agências de viagem chamam de baixa temporada, um período em que há uma redução de 30 a 60% nas vendas de pacotes, que deve durar até outubro.

De acordo com Enimar Puello, agente de viagem de uma agência de turismo no Vila Shopping, com o fim das férias escolares há uma redução de até 60% na procura por pacotes turístico neste período considerado de baixa temporada, que vai de agosto à outubro.

– Agora vai se iniciando aos poucos a procura por reservas para o período de novembro a janeiro, considerado a alta temporada. Os roteiros do Nordeste continuam sendo os mais procurados por quem quer viajar nesta época de agosto a outubro. As maiores procuras são para Fortaleza, Natal e Porto de Galinhas. Em relação à interrupção na produção de passaporte, não chegou a atrapalhar muito, apenas causou certa confusão por alguns dias, mas depois ficou tudo normalizado – declarou.

Segundo Enimar, durante o período de agosto a outubro, normalmente surgem boas promoções de pacotes, atraindo um público que evita viajar em julho. Em geral, diz ela, o valor das viagens fica 20% mais baixo devido ao fato de ser baixa temporada.

– O roteiro preferido neste período é a América do Sul, para destinos como Buenos Aires, na Argentina, e Santiago, no Chile. Mas o Nordeste também continua sendo uma boa opção, além dos tradicionais tours para Orlando. No caso da Europa, só a partir de setembro. Já em relação às férias de julho, tivemos uma pequena redução nas vendas em relação ao ano passado, mas roteiros para o Chile – em razão da neve – foram bem procurados. Mas como as pessoas estão procurando reduzir seus gastos, neste período a procura maior foi mesmo por viagens nacionais, e o Nordeste continuou sendo a opção principal – destaca.

A agente de viagens explica ainda que seus clientes, em geral, estão reduzindo o tempo das viagens e procurando pacotes cada vez mais em conta. Por isso, segundo ela, o atendimento e o contato através do marketing via Facebook, e-mail e Whatsapp é primordial para alavancar as vendas.

Para Syomara, funcionária de outra agência de turismo na Vila, a redução nas vendas de pacotes de viagens chega a ser de 30% depois das férias de julho e normalmente se prolonga até novembro, quando começará a alta temporada para o final do ano e Carnaval.

Oferta: Viajar na baixa temporada tem alguns pontos positivos principalmente na questão financeira (Foto: Arquivo)

Oferta: Viajar na baixa temporada tem alguns pontos positivos principalmente na questão financeira (Foto: Arquivo)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document