segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Prorrogadas as inscrições para edital do Comitê Guandu-RJ

Prorrogadas as inscrições para edital do Comitê Guandu-RJ

Matéria publicada em 8 de janeiro de 2020, 16:41 horas

 


Rio- O Comitê Guandu-RJ prorrogou as inscrições para o Propesquisa, que oferece auxílio financeiro a projetos de análise da qualidade, identificação e diagnóstico de fontes e minas de água, a instituições de ensino. O objetivo do projeto é custear a indicação de propostas de mitigação de ações de conservação, preservação e melhoria de captação de água.

Podem participar deste edital, instituições de ensino superior ou técnico, públicas ou privadas sem fins lucrativos. As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de janeiro no site do Comitê Guandu-RJ: www.comiteguandu.org.br.

O valor máximo do auxílio financeiro que será concedido é de R$ 198.091,99 por proposta. Para esse edital foram destinados R$ 792.367,96. Acesse o link para inscrições e informações.

Sobre o Propesquisa

O Propesquisa tem foco em minas d’água e vai proporcionar aos envolvidos um espaço dinâmico de aprendizagem, com vistas ao desenvolvimento profissional e acadêmico e, ao aprimoramento das ferramentas de gestão de recursos hídricos, contribuindo para uma maior eficácia do investimento de recursos financeiros arrecadados com a cobrança pelo uso da água. Para tanto, o estudante bolsista, além de cumprir a carga horária de aulas teóricas demandadas pelo curso técnico, de graduação ou pós-graduação, executará atividades técnicas para desenvolver as pesquisas.

O projeto consistirá na realização da análise da qualidade da água, a identificação e diagnóstico de fontes e minas de água, que se encontram inseridas na área da Bacia Hidrográfica dos Rios Guandu, Guandu-Mirim e da Guarda e indicação de propostas de mitigação, com estimativa de custos; de hierarquização de áreas; de proposição de ações de conservação, preservação e melhoria de captação de água.

As oportunidades são para as instituições com cursos técnicos, graduação e ou pós-graduação nas áreas de engenharia (ambiental, civil, florestal, etc) ciências biológicas, ciências da saúde, geografia, geologia e afins, todos devidamente aprovados e reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC).


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document