terça-feira, 15 de junho de 2021 - 02:10 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Quatis está entre as 100 cidades do país com o salário dos servidores em dia

Quatis está entre as 100 cidades do país com o salário dos servidores em dia

Matéria publicada em 14 de junho de 2016, 14:36 horas

 


Prefeito Bruno garante que sua prioridade é a folha de pagamento dos servidores

Prefeito Bruno garante que sua prioridade é a folha de pagamento dos servidores

Quatis – Os cofres vazios em grande parte das prefeituras do país têm se refletido diretamente nos bolsos dos funcionários municipais. Em 576 cidades, os prefeitos não têm conseguido pagar em dia os salários dos servidores. Desse total, 11% estão com atraso superior a seis meses, segundo levantamento da Confederação Nacional dos Municípios. Outro dado relevante sobre o assunto, segundo a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, é que apenas 100 cidades em todo o país, num universo de mais de 5 mil, conseguem pagar o quadro de funcionários com receita própria.

Em Quatis, o prefeito Bruno de Souza (PMDB) desde o começo do seu mandato adotou uma postura de corte de gastos, inclusive fazendo um decreto de contensão de despesas, diminuindo grande parte dos contratos em 25%.  “Essa pesquisa que saiu recentemente mostrou que muitas cidades estão tendo dificuldades de pagar os salários dos servidores em dia, inclusive os dos aposentados. Este problema está acontecendo em toda a parte do Brasil. É muito gratificante este resultado que mostrou que Quatis está no caminho certo, com os salários dos servidores em dia. Isso é fruto de um trabalho sério e criativo, pois no inicio do meu mandato fizemos muitas reduções de gastos, inclusive acumulando secretarias e cortando alguns alugueis. Também diminuímos a maioria de nossos contratos em 25% o que nos fez ter uma economia de R$ 2 milhões”, revelou.

O prefeito Bruno também garantiu que sua prioridade é a folha de pagamento dos servidores. “Nossa prioridade é acertar os salários dos servidores em dia e com os recursos federal e estadual que recebemos procuramos fazer as benfeitorias para a cidade. Como é de conhecimento de todos, Quatis tem uma arrecadação muito baixa e é preciso ter criatividade e transparência para que possamos realizar todas as ações necessárias em prol da população e do município”, concluiu.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. alguem ja falou com ele que isso é obrigaçao?

  2. Se exonerar os cargos comissionados consegue reduzir ainda mais a folha de pagamento e olha que tem um monte de concursado esperando ser chamado

  3. E os concursados que não conseguem tomar posse? E a covardia feita com os alunos do curso de formação da guarda municipal que foram fazer o curso e tiveram que pedir conta de seus empregos,pra chegar no final do curso e não serem empossados para dar lugar a um bando de cargos comicionados? Parabéns prefeito Bruno,por tamanha “responsabilidade”!

    • Muita covardia com os alunos!
      Não receberam um centavo da prefeitura durante o curso, tendo gastos com passagem e alimentação, gerando expectativas em suas famílias que seguraram a barra pois a grande maioria pediu conta em seus trabalhos, pra chegar no final do curso e não empossar os alunos que se dedicaram 100%
      Como fica agora senhor prefeito? Como vai ficar as famílias dessa galera? Esperando o senhor mandar embora a centena de cargos comissionados que ocupam o espaço de concursados?
      Ninguém tá querendo favor não, só quer o que é de direito

Untitled Document