terça-feira, 22 de setembro de 2020 - 23:54 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Sindicato da Construção Civil do Sul Fluminense inicia processo eleitoral

Sindicato da Construção Civil do Sul Fluminense inicia processo eleitoral

Matéria publicada em 6 de abril de 2015, 22:01 horas

 


Volta Redonda

O Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, Montagem e Construção Pesada do Sul Fluminense iniciou o processo eleitoral para escolha da nova diretoria da entidade para a gestão 2015/2019.  O prazo de inscrição de chapa para concorrer ao pleito terminou no último dia 31 de março, às 18 horas. Somente a chapa da atual diretoria, liderada pelo sindicalista Sebastião Paulo, atual presidente interino da entidade, composta por 32 membros, se inscreveu.  A composição está de acordo com todos os artigos do estatuto do Sindicato e em conformidade com as deliberações da assembleia da categoria, realizada no dia 16/03, que deflagrou as eleições que acontecerá nos dias 29 e 30 de abril.

“Neste pleito estamos renovando em 30% a nossa diretoria para um mandato direcionado a tornar o nosso Sindicato ainda mais forte e cidadão”, esclarece o presidente Sebastião Paulo.  O horário das eleições será das 8h às 18 h. Haverá nove pontos estratégicos para votação, com cinco urnas fixas e quatro itinerantes. As urnas fixas ficaram localizadas uma na sede administrativa do Sindicato, no Conforto, quatro nas entradas da CSN – uma no Retiro, uma no Conforto, uma na Vila Santa Cecília e outra no Jardim Paraíba. As itinerantes percorrerão as empresas, canteiros de obras, marcenarias, carpintarias, marmorarias e outros setores afins, sendo duas para Volta Redonda, uma para Barra Mansa e Rio Claro, uma para Resende, Itatiaia, Porto Real e Quatis.

“O objetivo da nossa diretoria é facilitar a participação maciça de todos os nossos trabalhadores em dia com as obrigações estatutárias e em dia com suas mensalidades há pelo menos seis meses”, afirma o sindicalista, apostando na confiabilidade dos trabalhadores para legitimar a proposta de trabalho desta nova diretoria que pretende avançar ainda mais nas suas metas, priorizando as conquistas salariais e sociais, assim como a defesa da vida e dos direitos dos trabalhadores. “A nossa proposta é também intensificar as nossas ações politica e humanitária, implementar projetos de qualificação profissional e manter a luta pela 40 horas semanais, contra as Medidas Provisórias  do ajuste fiscal que dificultam o acesso ao seguro desemprego, abono salarial (PIS-PASEP), auxílio-doença, pensões, seguro-defeso e auxilio-reclusão, e também contra o projeto de lei 4.330 – que favorece as terceirizações”, acrescenta.

Subsede

A melhoria da infraestrutura das unidades de atendimento e dos serviços prestados são investimentos que também farão parte da pauta de realizações para este novo mandato. Depois da inauguração da nova sede administrativa, em julho de 2013, em pleno funcionamento no Conforto, em Volta Redonda, a atual diretoria já está realizando as obras de reforma da subsede do Sindicato, em Resende, adquirida em 2014, com previsão de inauguração no  próximo mês de maio.
Com dois pavimentos, o novo espaço abrigará uma recepção e cinco salas, distribuídas para o setor jurídico, diretoria, homologação, reunião e negociação, além de uma área de serviço ampla, copa, e três banheiros, sendo dois masculinos e um feminino, mais uma plenária para a realização de assembleias, reuniões e cursos para os trabalhadores. Segundo Sebastião Paulo, com a inauguração desta nova subsede será ofertado aos trabalhadores que atuam na RIP ( Resende, Itatiaia e Porto Real) mais conforto e agilidade nos serviços prestados.
“Sempre vislumbramos Resende, Itatiaia e Porto Real como às cidades do futuro do Sul Fluminense, o nosso ABC do estado do Rio de Janeiro. Essa previsão está se concretizando, diante do grande número de empresas que estão se instalando nestes municípios e no seu entorno”, avalia o sindicalista, ressaltando que outro projeto já em planejamento é a construção da sede social da entidade, no sítio adquirido no bairro São Luiz da Barra, ao lado do bairro Califórnia, em Barra do Piraí, e com previsão de inauguração em 2016.  O objetivo será ofertar através deste espaço, além de lazer e entretenimento, capacitações técnicas para os associados e dependentes do Sindicato.
Ele também aponta como desafio, caso as perspectivas de investimentos na região se confirmem, a proposta da diretoria eleita de trazer a Festa do Trabalhador da Construção civil para o calendário anual do Sindicato – marcando como referência o feriado da categoria, que é a terceira segunda-feira do mês de outubro, e com a realização de um novo evento este ano. “Vamos trabalhar para viabilizar mais essa conquista, que dependerá fundamentalmente do aumento da nossa arrecadação”, declara o presidente interino, informando que a base territorial do Sindicato é formada pelos  municípios de Volta Redonda, Barra Mansa, Resende, Itatiaia, Quatis, Porto Real e Rio Claro.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document