Sindicato dos Metalúrgicos e Metalsul iniciam negociação de acordo coletivo

by Diário do Vale

Volta Redonda

Os presidentes do Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense, Silvio Campos, e do Metalsul, que representa as empresas do setor, Adriana Silva, se reuniram hoje para a entrega da pauta de reivindicações dos trabalhadores para o acordo coletivo de 2015.

Após receber a pauta, Adriana disse que vai fazer uma assembleia com os representantes das empresas para avaliar as reivindicações e fazer um contraproposta aos trabalhadores.

Os dois dirigentes sindicais afirmaram, durante o encontro, que pretendem fazer uma negociação pautada no bom senso. Silvio Campos afirmou que pretende colocar em ação a experiência que adquiriu em oito anos de negociações anteriores para conseguir um bom resultado.

— Já tenho alguma experiência em mesas de negociações e confio na inteligência e na integridade da Adriana. Precisamos apostar na união, em lugar da divisão, para superarmos as dificuldades — disse Silvio Campos.

Adriana afirmou que, em cenário de crise, é preciso procurar caminhos diferentes para superar as dificuldades.

— Mesmo em uma situação difícil, podemos tirar proveito. É preciso buscar outros caminhos, com acordo e bom senso — disse.

A empresária afirmou ainda que, em momentos de crise, o país se fortalece:

— O Brasil, o empresariado e os trabalhadores podem crescer nesta crise, principalmente na questão da cidadania. As dificuldades existem, mas o país não vai parar. Então, temos que estar preparados e frear o que acontece de errado no país — argumentou.

Confira as principais reivindicações
dos metalúrgicos para o Metalsul  

– Reposição do INPC de maio de 2014 a abril de 2015, mais ganho real
– Piso salarial de R$ 1.025
– Plano de saúde gratuito para os trabalhadores
– Convênio odontológico gratuito para os trabalhadores
– Bonificação de 80% para horas extras feitas de segunda a sexta-feira
– Cesta básica familiar ou cartão alimentação no valor de R$ 300 para todos os trabalhadores
– Bonificação de férias de 70% para todos os empregados
– Adicional de periculosidade de 30% para os trabalhadores que atuam em áreas perigosas
– Adicional de insalubridade de 20% para todos os trabalhadores que trabalhem em áreas enquadradas nessa categoria

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996