;
quinta-feira, 26 de novembro de 2020 - 17:21 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Sine Piraí registra novos 150 empregos gerados em janeiro

Sine Piraí registra novos 150 empregos gerados em janeiro

Matéria publicada em 12 de fevereiro de 2017, 08:10 horas

 


Crescimento se deve às contrações de profissionais para obra da Carta Fabril e no telemarketing para Youtility

Piraí – A agência do Sine (Sistema nacional de Emprego), em Piraí, intermediou a colocação de 150 pessoas no mercado de trabalho durante o último mês (janeiro/2017). Esse número corresponde a 145% do número de empregos intermediados em dezembro passado (97) e 300% em relação à média mensal de empregos gerados no Município durante todo o período de 2016 (50).

De acordo com o supervisor da agência em Piraí, Rodrigo Barros, o crescimento do número de empregos gerados no mês de janeiro se deve às contrações de 120 profissionais da área de construção civil, a partir do final do mês dezembro, para a obra da Carta Fabril e de 46 consultores em telemarketing para a Youtility.

– A Carta Fabril ainda deverá convocar nos próximos dias, aproximadamente 25 profissionais que fizeram entrevista em dezembro passado e a Youtility tem a meta de contratar mais 150 consultores até o final de abril para atender às demandas da expansão dos seus serviços – completou Rodrigo Barros.

Além das colocações no mercado de trabalho, o SINE Piraí realizou no mês de janeiro 97 processos de seguro desemprego e 63 para emissão de carteira de trabalho, na maioria de pessoas oriundas de outros municípios que encontram dificuldades para execução desses serviços nas suas cidades.

Carteira assinada

– Fiquei três anos sem carteira assinada, sobrevivendo de bicos aqui e ali, entrei em dezembro para trabalhar aqui na obra da Carta Fabril e estou satisfeito – relatou Nélio da Costa, 31 anos, armador, morador do bairro Sarole, em Piraí.

Paulo Otávio Pereira Rocha, 25 anos, morador do Distrito de Arrozal, foi contratado no mês de janeiro como armador:

– Foram sete meses desempregado. É muito difícil ficar sem trabalho, mas tenho esperança de que daqui para frente as coisas melhorem – disse.

De acordo com a responsável técnica pela execução da obra, engenheira Caroline Freitas Sacramento, o cronograma da obra está bem adiantado e as instalações estarão prontas para que comecem a serem montados os primeiros equipamentos de produção a partir do mês de abril deste ano.

Subindo: Obras de unidade da Carta Fabril em Piraí ajudaram a elevar número de empregados (Foto: Divulgação)

Subindo: Obras de unidade da Carta Fabril em Piraí ajudaram a elevar número de empregados (Foto: Divulgação)

Prefeito aposta em 2017

Apesar da queda nas receitas da prefeitura e dificuldades financeiras decorrentes da crise econômica que afetam grande número de municípios, o prefeito Dr. Luiz Antonio Neves acredita em boas perspectivas para 2017, com a chegada de novos empreendimentos e a possível geração de um número maior de novos postos de trabalho.

– Além da Carta Fabril, com previsão para início de suas operações em julho deste ano e a expansão das atividades da Youtility, outras empresas já se encontram em processo acelerado para o início de suas implantações no município, o que deverá proporcionar melhores oportunidades de emprego para a população – explicou o prefeito.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar

    E ofercido sim ,só que quase sempre as pessoas locais não são qualificadas para o serviço

  2. Avatar

    Espero que Piraí também implemente um sistema de cotas para empregar pessoal local, porque o que mais vejo são vagas da cidade indo para moradores de Barra do Piraí, enquanto o distrito de Arrozal em peso trabalha em VR…

    • Avatar

      Cotas…já vivemos num país de tantas cotas. ..deixe a meritocracia fazer jus ao que ela representa somos um país que precisa crescer …pelo que vi você está quase como Donald trumph não quer levantar um muro ali antes da Polícia rodoviária não. ..para impedir imigrantes. ..somos carentes de emprego seja onde for famílias estão sendo destruídas por falta do pão de cada dia…me recuso a entender porque você escreveu isso..

    • Avatar

      Veja as coisas com olhos menos pessimistas, mas abrangentes e com o espírito desarmado que vc vai entender. Mesmo que não consiga compreender o alcance de tal medida, ao menos tente…

Untitled Document