Trabalhadores da CSN rejeitam acordo de prorrogação do turno de oito horas

Implantação do turno de seis horas pode acontecer a partir de dezembro; presidente do sindicato fala em reabrir negociações

by Diário do Vale

Foto: Paulo Dimas
Edimar Miguel anuncia resultado da votação do acordo do turno

Volta Redonda – Os trabalhadores da CSN que cumprem regime de turno de revezamento votaram pela rejeição da proposta da empresa para prorrogar o turno de oito horas. A oferta era de uma compensação de R$ 5 mil para cada trabalhador, paga em uma única parcela, junto com a folha de pagamento de dezembro. A proposta da CSN recebeu  824 votos a favor e 1.827 contra, com um voto nulo e dois em branco.

Logo após a declaração do resultado, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense, Edimar Miguel, afirmou que a direção da CSN estava sendo comunicada oficialmente do resultado da votação e para a reabertura de negociações.

Até o momento em que esta reportagem estava sendo escrita, não havia informação sobre se a Companhia vai reabrir negociações o implantar o turno de seis horas.

Após informar os números apurados, Edimar, que defende a implantação do turno de seis horas, cantou o refrão “o peão ganhou”.

— Agradeço a confiança de cada trabalhador e trabalhadora que esteve hoje na praça para votar e dizer não a proposta da empresa. Agora vamos pedir uma reunião para conversar sobre a implantação do turno de 6 horas — destacou Edimar.

 

Mudança pega setor da siderurgia em momento difícil

 

Ao mesmo tempo em que os trabalhadores da CSN se preparam para a implantação do turno de seis horas, que pode implicar em mais contratações, o setor siderúrgico brasileiro atravessa dificuldades.

A concorrência do aço importado, principalmente da China e da Rússia, vem pressionando os produtores nacionais. A importação de aço deve crescer cerca de 60% este ano e cerca de 18% do aço consumido no país terá sido importado.

A ArcelorMittal, maior produtora de aço do mundo, vai reduzir a produção no Brasil em 1,3 milhão de toneladas, e deve colocar em férias coletivas ou regime de compensação de banco de horas mais de 400 trabalhadores da unidade de Resende.

You may also like

13 comments

Silvano 22 de novembro de 2023, 14:53h - 14:53

As siderúrgicas ganhando milhões explorando os trabalhadores e o pessoal brigando por horario.
As Siderúrgicas querem é 12 hs e ainda não fornecer alimentação,transporte e salários dignos.

Maycon 22 de novembro de 2023, 13:47h - 13:47

Esse sindicato tá achando q queremos turno de 6 horas isso n queremos nunca só queremos uma grana boa pra compensar por mais dois anos esse turno de 8 horas

gustavo 22 de novembro de 2023, 08:35h - 08:35

vai aconpanhando sindicato pra ver oque vai dar para essa sua vaga ganhando merreca tem mais de 20 querendo ela

Olho vivo 22 de novembro de 2023, 12:57h - 12:57

Principalmente a sua que fica em uma salinha no telefone e não soma nada,morrendo de medo de perder essa boquinha pobre que provavelmente foi conseguida por algum parente ou puxando saco de alguém

Pablo 22 de novembro de 2023, 05:35h - 05:35

Os trabalhadores não querem turno de 6 horas, queremos uma compensação melhor para se manter o turno de 8 horas!!!

gustavo 22 de novembro de 2023, 08:36h - 08:36

entao estuda e pede pra sair pq na cns nunca ganharao

Julio 22 de novembro de 2023, 12:47h - 12:47

Sai daí analfabeto, você não sabe nem falar e não deve trabalhar na empresa pra falar uma merda dessa

Boca aberta 22 de novembro de 2023, 13:05h - 13:05

Vc também ganha merreca e ainda é pelego vai morrer na merda pois não teve nem a capacidade de arranjar algo
melhor na vida até hoje

Jorge Lucas 22 de novembro de 2023, 05:33h - 05:33

Os metalúrgicos estão trocando a ótima proposta da CSN pela “onda” do sindicato. Já vi este filme mais de uma vez e sabemos quem vai dar com os burros nagua.

COMPANHIA SEM NADA(CSN) 21 de novembro de 2023, 21:48h - 21:48

Se é pra ganhar pouco que trabalhemos pouco turno de 6 horas já

gustavo 22 de novembro de 2023, 08:32h - 08:32

faz isso nao so vou ter 6 hora pra pegar elas nao vai dar tempo de um banho depois

marcelo 22 de novembro de 2023, 08:37h - 08:37

se vc quiser ganhar muito estuda e pede pra sair ou vira politico ou pu xa saco do mesmo

Gatinho ex empresa 21 de novembro de 2023, 21:29h - 21:29

Proposta final 5000 mais uma mereca no fome zero e a votação será semana que vem.podem apostar que turno fixo,6 horas ou hora extra ela não quer.

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996