domingo, 15 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Venda de terreno em condomínio industrial vai gerar receita e empregos para VR

Venda de terreno em condomínio industrial vai gerar receita e empregos para VR

Matéria publicada em 10 de outubro de 2019, 16:50 horas

 


Volta Redonda – A prefeitura disponibiliza mais um lote para venda no Parque Empresarial João Pessoa Fagundes, às margens da Rodovia dos Metalúrgicos. A concorrência pública, do tipo maior oferta, será realizada no próximo dia 29 de outubro, às 9h, na Central Geral de Compras, no Palácio 17 de Julho, sede da prefeitura, no Aterrado. A medida faz parte das decisões do Comitê de Gestão de Crise Financeira, criado no último dia 03, para evitar colapso financeiro e garantir os serviços municipais.

O prefeito Samuca Silva afirmou que, além de gerar receita para o município com o valor referente à venda do terreno, a prefeitura também vai se beneficiar dos impostos a serem pagos pela empresa que ocupar o local.

– Outra vantagem com a chegada de novas empresas é a geração de empregos, uma prioridade da gestão municipal -, afirmou Samuca.

O terreno tem área total de 14.267,03 m² e o valor mínimo para compra está em R$ 1.641.136.46. Os interessados em vistoriar o terreno devem agendar a visita na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SMDET), pelo telefone (24) 3339-9132, em dias úteis, nos horários de 08h às 12h e de 13h às 17h.

Desde 2017, seis terrenos do condomínio industrial, na entrada da cidade, foram negociados. No local estão instaladas empresas dos ramos do transporte, beleza e fabricante de bebidas.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rogério Loureiro, ressalta que o condomínio industrial fica em local estratégico para implantação de novas empresas.

– O Parque Empresarial está na entrada da cidade de Volta Redonda, que fica entre o Rio e São Paulo, o principal eixo comercial do país – lembrou.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Muito barato para se alienar um patrimônio público. Muito caro para quem está acostumado a ganhar terreno gratuitamente… O que vai acontecer é o que já rola há muito tempo no mercado imobiliário. Compra-se não para usufruto, mas para especulação. Um investidor percebe a oportunidade, compra vislumbrando valorização futura e o terreno fica lá, parado, sem empregos, sem receita…

Untitled Document