sábado, 4 de dezembro de 2021 - 02:01 h

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Volta Redonda tem mais de 6,7 mil solicitações de desconto do IPTU 2022

Volta Redonda tem mais de 6,7 mil solicitações de desconto do IPTU 2022

Matéria publicada em 25 de outubro de 2021, 15:54 horas

 


Isenção de até 50% pode ser requerida por aposentados, pensionistas e pessoas com deficiência até o dia 30 de novembro

Foto: Geraldo Gonçalves – Secom PMVR
Voltarredondenses têm até 30 de novembro para pedirem desconto no IPTU 2022

Volta Redonda – A secretaria de Fazenda da Prefeitura de Volta Redonda já registrou mais de 6,7 mil solicitações desconto de até 50% no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de 2022. O benefício é voltado para aposentados, pensionistas e pessoas com deficiência, e as solicitações podem ser feitas até o dia 30 de novembro.

O requerimento de isenção enviado via Correios deve ser preenchido e entregue no Furban (Fundo Comunitário de Volta Redonda) – localizado ao lado da prefeitura (Palácio 17 de Julho). Os atendimentos presenciais poderão ser feitos das 12h às 17h.

Além do atendimento presencial, os interessados também podem solicitar o desconto de forma online, através do site: vr.rj.gov.br/isenção-iptu. Dúvidas podem ser tiradas através do telefone: 156 – Central Única de Atendimento (CAU).

Para garantir o desconto no IPTU, é necessário apresentar: requerimento devidamente preenchido e assinado; original do CPF e carteira de identidade; comprovante de pagamento do benefício de aposentadoria/pensão por morte atualizado (ex: INSS: Demonstrativo de Crédito do Benefício/Servidor Público: Contracheque), comprovando provento ou pensão por morte inferior a 10 salários mínimos. Não será aceito o extrato da conta corrente bancária.

No caso de portadores de deficiência, o requerimento tem que atender a portaria 04/18-N/SMF. Já os pensionistas, devem apresentar atestado de óbito do ‘de cujus’ que foi beneficiado.

A Secretaria Municipal de Fazenda orienta que caso o contribuinte receba o carnê do IPTU 2022 sem o desconto de 50%, ele deve retornar à prefeitura com o requerimento até o prazo do vencimento da Cota Única do imposto.

O requerimento será indeferido caso o contribuinte possua débitos de qualquer espécie junto à prefeitura, identificados no momento da solicitação de isenção ou posteriormente.

O contribuinte que omitir informações impeditivas da concessão do benefício estará sujeito à multa prevista no artigo 195 do CTM (Código Tributária Municipal) no valor de R$ 988,30, valor atualizado anualmente.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document