sábado, 20 de outubro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Volta Redonda tem saldo positivo de 204 empregos formais em agosto

Volta Redonda tem saldo positivo de 204 empregos formais em agosto

Matéria publicada em 21 de setembro de 2018, 21:54 horas

 


Cidade supera a marca dos 1.200 postos de trabalho criados desde o início do ano; indústria puxa contratações

Volta Redonda mantém bom desempenho na geração de empregos

Volta Redonda – Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho mostram que Volta Redonda ampliou em 204 empregos o seu mercado de trabalho durante o mês de agosto. Com isso, chega a 1.225 o número de postos de trabalho com carteira assinada gerados desde o início de 2018.

Os números acumulados do ano estão sendo puxados pela Indústria, que responde por 617 desses novos empregos. Em seguida, vem o setor de Serviços, com 414, e a Construção Civil, com 294. Para os próximos meses, a expectativa é que as contratações de mão de obra para o novo shopping e as lojas que serão abertas, além da contratação normal de trabalhadores para o Natal, venham ampliar esse desempenho.

A cidade também teve boas notícias provenientes do setor de alimentação, no que diz respeito a empregos. O Grupo Trigo, que tem, entre outras, a marca Spoleto, vai ampliar a linha de produção para incluir um novo produto. As vagas que serão criadas vão contar com a intermediação da prefeitura, através do Sine.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva,  disse que o bom resultado o deixa feliz, mas ressaltou que é necessário que todas as cidades gerem empregos:

— Quando vemos que Volta Redonda se torna destaque também em geração de emprego, ficamos satisfeitos, mas queremos que essa melhora se estende aos demais municípios. Não vivemos em uma ilha — declarou.

Feira

Samuca, que participou na quinta-feira (20) da abertura da segunda edição da Feira de Educação e Carreira do Sul do Estado, fez a ligação entre os dois fatos: “O bom desempenho no Caged deve servir como incentivo para nossos jovens que participam da  Segunda Feira de Emprego e Carreira. Nosso governo continuará se esforçando  para que as oportunidades existam e nossa juventude esteja preparada”.

A feira começou nesta quinta-feira, dia 20, e vai até domingo, dia 23, na Ilha São João. O objetivo da feira é estimular a empregabilidade, o desenvolvimento de carreira, a produção de conhecimento, o pensamento crítico, criativo, inovador e o espírito empreendedor.

Os visitantes encontrarão num mesmo evento stands das maiores instituições de ensino da região com cursos de graduação e especialização, empresas divulgando oportunidades profissionais, programas de estágio e trainee, além de cursos profissionalizantes, agência de intercâmbio, escolas de idiomas, entre outros expositores. O público alvo é formado por alunos de ensino médio e técnico, universitários, professores e profissionais de áreas afins.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. 204 empregos num município de mais de 200 mil habitantes; e certamente empregos baixa renda. Agora vai…

  2. Volta Redonda que eu quero

    Este Caged deveria trazer junto a média salarial criada…para sabermos qual a renda que está sendo criada….na região…a fim de obter o poder aquisitivo da população…um bom índice para futuros investimentos…

  3. Novo shopping. Mais empregos, fruto do empreendedorismo. Uma ilha de prosperidade num mar de atraso que se tornou o estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document