VR: Contadores garantem apoio à campanha ‘Leão Amigo da Criança, do Adolescente e do Idoso’

Profissionais vão incentivar empresas e pessoas físicas a doarem parte do Imposto de Renda para projetos voltados para esses públicos

by Agatha Amorim

Profissionais vão incentivar empresas e pessoas físicas a doarem parte do Imposto de Renda para projetos voltados para esses públicos. (Foto: Divulgação)

Volta Redonda – Contadores ligados à Associação dos Escritórios Contábeis de Volta Redonda (Aescon), ao Sindicato dos Escritórios Contábeis do Sul Fluminense (Sescon) e ao Conselho Regional de Contabilidade estiveram nesta semana no gabinete do prefeito de Volta Redonda, Antonio Francisco Neto, e garantiram apoio à campanha “Leão Amigo da Criança, do Adolescente e do Idoso”. No encontro, também estavam representantes dos conselhos municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDDPI), e de entidades beneficentes do município.

A campanha “Leão Amigo da Criança, do Adolescente e do Idoso” busca mobilizar as empresas e as pessoas físicas a destinarem parte do Imposto de Renda (IR) devido para o Fundo para Infância e Adolescência (Finad) e para o Fundo Municipal dos Direitos do Idoso (FMDI), instrumentos de captação, repasse e aplicação de recursos destinados a dar suporte financeiro para implantação e manutenção de projetos voltados para esses públicos.

O presidente do Sindicato dos Escritórios Contábeis do Sul Fluminense, Antônio José Costa, abriu a reunião, afirmando que o objetivo é mobilizar todos os profissionais contadores de Volta Redonda para conscientizar e levar ao conhecimento da sociedade sobre a possibilidade de doar parte do IR para projetos voltados para crianças, adolescentes e idosos.

“Desde 2022 estamos juntos com a prefeitura nesta campanha e conseguimos bons resultados. Com o empenho dos contadores, ampliamos as doações que ficavam em torno de R$ 30 mil para cerca de R$ 200 mil. E queremos que esse valor seja ainda maior”, falou.

O prefeito Neto agradeceu a parceria dos profissionais e destacou a importância da doação. “Todas as entidades beneficentes de Volta Redonda fazem um trabalho de excelência e muito importante. Eles vão aonde o Poder Público, às vezes, não consegue alcançar, e são fundamentais na área de assistência social”.

O deputado estadual Munir Neto, que atuou como secretário municipal de Assistência Social por 15 anos em Volta Redonda, reforçou a importância das entidades beneficentes e lembrou que promoveu diversas parcerias entre elas e o Poder Público.

“O ‘Arraiá da Cidadania – Festa de R$ 1,99’ é um exemplo disso. A direção das entidades espera ansiosa para arrecadar recursos para seus projetos. A doação do Imposto de Renda aumenta a verba e amplia o alcance dessas entidades, trazendo mais benefícios à população”, disse Munir.

Entre outras pessoas, estavam no gabinete do prefeito os presidentes dos conselhos municipais: dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Paloma de Lavor Lopes, e dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDDPI), Geraldo Antônio Vida; o vereador e contador Luciano Mineirinho; o presidente da Associação dos Escritórios Contábeis de Volta Redonda, Marcos Cunha; e a subsecretária do Gabinete de Estratégia Governamental (Gegov), Luzia Sueth.

 

Como doar

A doação pode ser feita até o dia 31 de maio junto ao Imposto de Renda, e não há custos. As pessoas físicas podem doar até 6% do Imposto de Renda no ato da declaração do exercício de 2023, diretamente pelo Programa da Receita Federal, na Declaração de Ajuste Anual do IR, mas é preciso que utilize o modelo completo e entregue a declaração dentro do limite estipulado. Neste caso, o próprio sistema já calcula o valor que poderá ser destinado.

Já a pessoa jurídica, que faz apuração do Imposto de Renda com base no lucro real, pode destinar até 1% de seu imposto devido até o último dia útil do ano (calendário fiscal).

Escolha o modelo completo da declaração e confirme a opção “doações diretamente na declaração”. No formulário clique no botão “novo” e escolha o fundo que deseja destinar a doação, informe o valor a ser doado (até 3% pessoa física no momento da declaração ou 6% na declaração de ajuste anual a ser deduzido no ano seguinte, e 1% pessoa jurídica com base no lucro real). Será gerado o Darf a ser pago até 30 de junho, sem parcelamento.

A doação ainda pode ser feita por depósito nas contas do Finad e do FMDI. É só realizar um depósito nas contas bancárias determinadas até o último dia útil do mês de dezembro de 2024 e encaminhar ao fundo escolhido a cópia do depósito juntamente com o número do CPF, através do e-mail [email protected].

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996