sexta-feira, 17 de setembro de 2021 - 14:08 h

TEMPO REAL

 

Capa / Educação / Atuação do MEP é destacada por pesquisador em dissertação de mestrado da UERJ

Atuação do MEP é destacada por pesquisador em dissertação de mestrado da UERJ

Matéria publicada em 5 de julho de 2021, 12:44 horas

 


MEP é citado na dissertação, especificamente em relação ao programa de educação popular – Foto: Divulgação MEP.

Volta Redonda- A direção do MEP(Movimento ética na Política), recebeu na semana passada de Jailson Fernandes da Silva, agora Mestre em Serviço Social do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Serviço Social da Universidade do Estado do Rio Janeiro (UERJ), a dissertação de mestrado recém aprovada.

Com o título “Homens não são de aço”: Homicídio e políticas públicas sociais para o enfrentamento desse agravo em saúde na cidade de Volta Redonda/RJ”, Jailson, com ótimas fundamentações teóricas e foco nas múltiplas realidades sociopolíticas de Volta Redondas discorre com brilhantismo o tema.

De acordo com o coordenador geral do MEP, José Maria da Silva, Zezinho, o MEP é citado na dissertação, especificamente em relação ao programa de educação popular, o Pré-Vestibular Cidadão.

No capítulo 3, Jailson, que é membro da Comunidade Eclesial Jesus de Nazaré no bairro Belo Horizonte, enumera vários programas governamentais e não governamentais existentes no município de Volta Redonda, e o MEP dentro do capítulo ganha referência especial.

– Na área de educação e de relevância reconhecida pela sociedade civil é o trabalho desenvolvido pelo Pré-Vestibular Cidadão, ligado ao Movimento Ética na Política – uma iniciativa que disponibiliza vagas sem custos financeiros, para o curso de pré-vestibular aos estudantes oriundos das escolas públicas, com o intuito de promover a inclusão social pela educação para adolescentes, jovens e adultos, estudantes egressos ou cursando o último ano do Ensino Médio – ressaltou Zezinho.

O pesquisador Jailson em sua dissertação, explica que as aulas são ministradas em salas cedidas pela Igreja Católica Apostólica Romana nas Comunidades Eclesiais de Santo Antônio, no bairro Niterói e São Sebastião, no bairro Retiro.

Zezinho informa que em seu trabalho, o pesquisador vem pontuando vários aspectos do caráter educacional do projeto, contextualizado com dados das aprovações dos estudantes – Turma 2019, bem como o processo de ensino aprendizado. Inclusive relata a destacada aprovação do filho, João Pedro de Oliveira Fernandes, aprovado para Medicina na UERJ em 2020 (um dos 10 da área médica a ser aprovado ao longo de 20 anos do programa).

Generosidade

Jailson, na sua generosidade ao oferecer a dissertação ao MEP, colocou-se à disposição para colaborar com o Movimento. “Toda minha gratidão ao MEP, da minha família pelo esforço em voluntariamente oferecerem ao meu filho e à tantos jovens a possibilidade de ingressarem no ensino superior neste país tão desigual. Podem contar comigo, tão logo passe a pandemia quero trabalhar com vocês.” Disse agradecido o mestre na área de assistência social.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Eu acho muito estranho esse tipo de matéria. O que querem com isso? Esse MEP, na verdade, o quê é? O quê pretende?

Untitled Document