quarta-feira, 21 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Eleições 2018 / Maioria dos eleitores considera debates importantes, aponta Datafolha

Maioria dos eleitores considera debates importantes, aponta Datafolha

Matéria publicada em 19 de outubro de 2018, 12:22 horas

 


Bolsonaro continua firme na dianteira das pesquisas

Brasília – Pesquisa do Instituto Datafolha aponta que 67% dos eleitores brasileiros consideram que o debate entre os dois candidatos à Presidência da República, Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL), é muito importante.

Para 73% dos entrevistados, Bolsonaro deveria comparecer aos debates. Dos 9.137 eleitores ouvidos em 341 cidades, 23% disseram que o capitão reformado não deve participar de debates e 4% não souberam responder à pergunta.

Enquanto sete em cada dez entrevistados consideram o confronto de ideias e propostas frente a frente muito importante, 19% dizem que o debate com os dois candidatos não é nada importante. Além disso, 13% disseram que o encontro seria pouco importante e 2% não souberam responder.

Questionados se o debate poderia levá-los a escolher outro candidato e mudar a intenção de voto, 76% dos entrevistados responderam que não; 8% que a chance disso acontecer é pequena; 8% que é média e 6% que haveria grande chance de isso ocorrer.

Entre os que manifestam intenção de votar em Bolsonaro, 84% afirmam que o debate não os levaria a alterar seu voto. Já entre os que pretendem votar em Haddad, 76% afirmaram que não mudariam de opinião. Registrada na Justiça Eleitoral, a pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais.

Poucas horas após a divulgação da pesquisa Datafolha, o candidato do PSL afirmou, durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais, que não tem participado de debates e tem limitado os atos públicos de campanha por temer por sua segurança pessoal após ter sido esfaqueado durante um evento em Juiz de Fora (MG), no dia 6 de setembro.

Submetido a duas cirurgias, Bolsonaro foi desaconselhado pela equipe médica a participar de debates durante todo o primeiro turno. Ontem, no entanto, médicos do Hospital Israelita Albert Einstein que o examinaram afirmaram que o candidato apresenta boa evolução clínica e que pode participar dos próximos debates, desde que sejam rápidos.

“Eu posso ter um problema com a bolsa de colostomia. Posso ter que voltar ao hospital”, declarou Bolsonaro, horas depois, na transmissão pelas redes sociais.

Já o candidato do PT, Fernando Haddad, tem repetido que gostaria de participar de debates com Bolsonaro e, pelas redes sociais, colocou-se à disposição para se reunir com o adversário em qualquer local. “Faço o que ele [Bolsonaro] quiser para ele falar o que pensa e debater o país. Com assistência médica, enfermaria, em qualquer ambiente.”


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

18 comentários

  1. Não voto em corruptos

    Parece que você gosta de uma boa vara mesmo.
    Petistazinho de merda.

  2. QUEM DEBATE COM BANDIDO E POLICIA, BOLSONARO NAO TEM QUE PERDER TEMPO COM ESSE VAGABUNDO PAU MANDADO DO PT, E OS VAGABUNDOS QUE APOIAM O PT SE ELE GANHAR VOCES ESTAO FUDIDOS VAO PASSAR FOME COMO NA VENEZUELA ONDE ESTAO COMENDO CACHORRO

  3. Eleitor do Gal Mourão

    Vai para o debate, o cagão…Parece uma barata escondida. Se está com medo, manda o bravo general Mourão, prêmio master de comunicação, no seu lugar. tá parecendo o gado dos coxinhas que estavam escondidos nos currais apoiando o Temer e aguardando os berrantes da globo ( agora TV Record) e o da Fiesp para voltar às ruas. E, enquanto, o juizinho de merda, amigo do Sérgio é PSDB , Morou ? sai da vara , de quinze em quinze dias, para aumentar seu já gordo salário, o povo do Rio de janeiro vai entrar na vara durante quatro anos. E a vara também é 20, 20 cm de comprimento. Cruzes, tô fora.

  4. Seria importante o debate, contudo Bolsonaro já está debilitado pela tentativa de assassinato de um militante do PSOL!
    Se ele for ao debate, o militante petista tem mais capacidade de produzir estragos piores e mais profundos do que o do PSOL, lembremos os prefeitos petistas de Campinas e Santo André!
    O que dizer da ignorância daqueles que querem Bolsonaro passando próximo da alcateia petista?!
    Como diria o nordestino Mão Santa: “A ignorância é audaciosa!”…

  5. Mostrar para o país seus planos sim, é essencial, agora debater com pilantras eu também talvez não fosse, quem deve julgar e aprovar ou não um plano é a população não o adversário, opinião pessoal, acho muito mais importante o debate com interlocutores capazes que esse bate boca e acusações um tentando derrubar o outro e nada produtivo, quem adora debate, ou embate é a televisão, prefiro um diálogo em uma mesa um a um, separadamente, deveriam pensar em acabar com isso. O PT com os últimos acontecimentos, vem reclamando das fake news, um dos criadores agora se tornou vítima, está tentando conforme já fez antes nivelar por baixo, estão dizendo que o concorrente formou uma quadrilha de empresários e estão praticando caixa 2 na campanha blá, blá, blá e blá blá blá, se for verdade, fizeram escola, já disse e repito, faça com que seu voto seja respeitado, vamos escolher conforme nossas convicções e mais importante, vamos aceitar o resultado seja o vencedor A ou B, eu nunca voto me baseando em resultado de pesquisa, se eu tivesse escolhido um candidato para governador porque o que eu gostaria não tinha chances, hoje estaria envergonhado comigo, estou feliz em ter colaborado para eliminar o PMDB, PSDB para presidente.

  6. Esta família Bolsonaro tem sérios problemas com debates, o filho sofreu apagão e desmaiou no da prefeitura do Rio e o pai fugindo feito diabo da cruz.

  7. Que debate? Só discussão e acusação, e as mesmas perguntas, ta chato já esse debate, e é simples hadadd foi o pior prefeito de sp, é do partido do lula presidiário e do pt que estuprou o brasil, viva Bolsonaro 17 amigos

  8. Se confirmada, a prática pode configurar abuso de poder econômico, levando à inelegibilidade nessa própria eleição. A jurisprudência diz que, mesmo que não tenha sido ele ou a campanha, a candidatura pode responder pelo ilícito”, disse Daniel Falcão, coordenador do curso de pós-graduação em Direito Eleitoral do Instituto Brasiliense de Direito Público.

    “A responsabilização é objetiva. Não está sendo avaliada a conduta pessoal de Bolsonaro. A responsabilidade do abuso de poder é objetiva, não importa se a campanha agiu com culpa (sem intenção) ou dolo (propositalmente). Vai ser avaliado se conduta teve ou não influência na campanha”, diz Guilherme Salles Gonçalves, especialista em Direito Eleitoral e membro fundador da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político.

  9. ESTES DEBATES SÃO DE TÃO BAIXO NÍVEL QUÊ NEM VALE A PENA ASSISTIR PARECE MAIS FOFOCA DE LAVADEIRA.O 17 BOLSONARO JÁ GANHOU COM OU SEM DEBATES.É MELHOR O PT ACEITAR A DERROTA QUE DÓI MENOS.

    • PT não desiste mesmo fora do governo. Alckimin, Álvaro Dias, Amoedo, etc estão aceitando que perderam, mas o PSOL, PDT e PT estão nos apresentando o inferno.

      Se prepare para depois da eleição. Serão 4 anos de guerra.

      Eles deviam ir para Venezuela e nos deixar em paz.

    • De mais baixo nível é quem foge do debate. Justamente por não ter o que oferecer, prefere caminhar pelas sombras

    • Arthur,

      para sua segurança o candidato está com medo de passar na frente de um petista.

  10. Tudo que vem da FOLHA é duvidoso. Prefiro me informar pelo DV.

  11. O que tem de cupim votando em Tamanduá …………..

  12. Lógico que é importante

  13. kkkkkkkkkkkkkkkk data folha? a não força! prefiro acreditar que os iluminates estão fabricando nota de 3 reais para enganar cego do que nessas pesquisas! tudo comprado

Untitled Document