domingo, 8 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Agências tentam se adequar a mudança de local da Libertadores

Agências tentam se adequar a mudança de local da Libertadores

Matéria publicada em 10 de novembro de 2019, 07:23 horas

 


Operadoras e companhias aéreas fazem alterações para acomodar clientes em Lima, no Peru

 

Conmebol decidiu na última terça feira, 05, transferir a partida para Lima, capital do Peru-Foto: Arquivo

Volta Redonda- A final da Copa Libertadores entre Flamengo e River Plate no dia 23 de novembro não será mais realizada no Estádio Nacional em Santiago, no Chile. Devido aos protestos que abalam o Chile há semanas, a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) decidiu na última terça-feira, 05, transferir a partida para Lima, capital do Peru. A mudança do local da partida deixou torcedores da região que já tinham comprado pacotes para Santiago preocupados.

Segundo informações de algumas agências de viagens de Volta Redonda e da região, as operadoras e companhias aéreas estão buscando solucionar o problema o mais rápido possível. A dona de uma agência de viagem localizada no Cecisa I, Vila Santa Cecília, Patrícia Leal, afirma que os torcedores que compraram pacotes pela sua agência podem ficar tranquilos. Ela explicou que irá reacomodar todos os clientes que já compraram para pacotes para Santiago.

-Iremos reacomodar todos eles, já bloqueamos os hotéis em Santiago e estamos liberando os hotéis em Lima na mesma categoria da capital Chilena. Por enquanto não acreditamos que terá custo adicional para os clientes que compraram em nossas cinco agências da região. Em relação aos voos, estamos terminando de marcar a partir desta sexta feira. Acredito que quem comprou via agência está sendo resguardado – disse.

Quem também está tranquila é a agente de viagens Ana Paula.

-Nós trabalhamos diferente de outras agências, no nosso caso nós que montamos os nossos pacotes. No caso de Santiago, tivemos um pacote em grupo para 13 casais que iriam passear e assistir ao jogo no Chile. Para esses torcedores e clientes nós conseguimos que a empresa aérea reembolsasse as passagens integralmente, mas no caso do hotel, eles irão ficar com crédito para ser utilizado no futuro. Por enquanto não tivemos nenhum problema com esta mudança – tranquilizou.

Segundo Ana Paula, por outro lado, desses 13 casais, apenas quatro deles vão querer ir para Lima no Peru. “E vão comprar comigo a hospedagem, passagem aérea e translado”, disse.

A proprietária de uma agência de viagem e casa de câmbio na Rua 25, Vila Santa Cecília, Lúcia de Fátima, disse que não chegou a vender pacotes para Santiago devido à situação política no país, mas confirmou que depois que foi anunciado pela Conmebol a mudança de local da partida final pela Libertadores, a sua agência está tendo bastante procura por pacotes com ingresso.

-Por enquanto não temos nada definido pelas operadoras em relação a novos bloqueios ou pacotes completo com valor reduzido. No momento só temos disponível passagens aéreas ao preço de R$ 5 mil para ida e volta. E os clientes por enquanto estão aguardando um novo bloqueio ou pacotes das operadoras, acredito que isso deve ocorrer a partir da semana que vem – diz.

De acordo com Ana Paula, aqueles torcedores que estavam na fila de espera e chegaram a comprar passagens aéreas para Santiago, já estão regularizando a situação com as companhias aéreas.
A agente de viagem de uma agência do Sider Shopping, Mônica Prece, afirma que depois do segundo jogo do Flamengo contra o Grêmio, ela chegou a vender quatro pacotes para Santiago ao preço de R$ 3.500, e está recebendo ligações de clientes querendo saber o que vai acontecer.

– Com esta mudança estou aguardando as companhias aéreas um retorno em relação a cobrar multa ou não. Em relação ao hotel, vai ser possível fazer a troca sem multa. E por enquanto nenhuma operadora está oferecendo pacotes novos, elas só estão tentando fazer a mudança de Santiago para a capital peruana de Lima. Ainda não temos pacotes prontos para Lima, apenas passagens regulares ao preço de R$ 5.600 com duas conexões, mas só a passagem. Já o hotel está na faixa de R$ 222 a diária e sem café da manhã, mas por enquanto são poucos os torcedores que estão comprando passagens regulares e estão optando por aguardar a oferta de novos pacotes pelas operadoras – declarou.

Por Júlio Amaral


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Pro Peru? O queee??? Flamenguista paga dobrado pra entrar no peru. Adóóóraaammmm

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document