>
segunda-feira, 23 de maio de 2022 - 06:07 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Botafogo bate Furacão e conquista primeira vitória

Botafogo bate Furacão e conquista primeira vitória

Matéria publicada em 25 de maio de 2016, 22:55 horas

 


Juiz de Fora – O Botafogo conseguiu a primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Em partida disputada na noite desta quarta-feira, no estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora, o Alvinegro de General Severiano derrotou o Atlético PR por 2 a 1, gols marcados por Ribamar e Neilton. Vinicius anotou para a equipe visitante que foi dirigida pelo auxiliar Bruno Pivetti, uma vez que Paulo Autuori estava cumprindo suspensão.

O resultado fez a equipe carioca chegar aos quatro pontos ganhos e subir para a nona posição. O Furacão segue sem vitórias e ocupa a última colocação com apenas um ponto ganho.

O Botafogo não foi brilhante, mas mostrou objetividade e sobre aproveitar as poucas oportunidades que construiu durante o jogo. O Atlético teve m ais posse de bola, criou algumas boas chances, mas esbarrou no goleiro Helton Leite.

Na próxima rodada, o Botafogo enfrentará o Fluminense, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda; O Atlético vai receber o Figueirense na Arena da Baixada

O jogo

Empurrado por uma pequena e animada torcida, o Botafogo tentou pressionar desde os primeiros minutos. Aos três minutos, Gegê arriscou de fora da área, mas Weverton defendeu sem dificuldades. O Atlético priorizava o sistema defensivo e mantinha apenas André Lima na frente. E foi o atacante que apareceu com perigo aos sete minutos. Ele dominou na área, se livrou da marcação e bateu sem qualquer direção.

O Furacão foi se soltando para o ataque e, aos 11 minutos, criou outra jogada de perigo quando Sidcley levantou pela esquerda e Pablo se antecipou aos zagueiros para cabecear. A bola passou perto da trave.
No time carioca, Juan Salgueiro era o responsável por organizar as jogadas de ataque, mas a defesa atleticana não encontrava muita dificuldade para deter as investidas da equipe carioca.

Aos 17 minutos, mesmo sem ser superior ao adversário, o Botafogo marcou o primeiro gol. Victor Luis fez ótimo lançamento para Ribamar que arrancou em velocidade, evitou o goleiro Weverton e tocou para as redes.

Sem outra alternativa, o Atlético Paranaense partiu para buscar o gol do empate, mas encontrava dificuldades para superar a defesa carioca. Aos 27 minutos, Nikão lançou para André Lima, mas o atacante não conseguiu dominar a bola e desperdiçou uma boa oportunidade para concluir.

O Furacão continuava com mais posse de bola e, aos 35 minutos, Fernandes falhou ao dominar a bola na entrada da área e Nikão enfiou para André Lima na pequena área, mas a zaga alvinegra aliviou o perigo.
Logo depois, o volante Rodrigo Lindoso caiu em campo com um problema muscular e foi substituído por Marquinho.

Aos 38 minutos, o Atlético voltou a desperdiçar outra boa oportunidade. Depois de tentativa de Pablo, a bola sobrou para Ewandro, inteiramente livre, mas o atacante mandou para fora. O time dirigido por Ricardo Gomes não conseguia sair da defesa e se limitava a tentar bloquear as investidas da equipe paranaense. Aos 42 minutos, Ewandro mandou a bomba, à meia altura, e a bola se chocou com a trave esquerda de Helton Leite.
Só aos 45 minutos é que o time de General Severiano apareceu na área paranaense. Salgueiro tentou lançar Ribamar na área, mas a bola não foi alcançada pelo atacante.
O Atlético voltou modificado para o segundo tempo e seguiu procurando o gol do empate. Aos cinco minutos, após cruzamento na área carioca, a bola acabou sobrando para Vinicius que bateu para fora, levando muito perigo para Helton Leite. Quatro minutos depois, o time visitante chegou novamente com perigo. Ewandro recebeu na esquerda e bateu cruzado obrigando Helton Leite a espalmar para escanteio.

De tanto pressionar, o time paranaense chegou ao empate aos 13 minutos. Após lançamento na área, Tiago Heleno dividiu com a zaga e a bola sobrou para Vinicius que chutou forte no canto direito de Helton Leite.

O Furacão seguiu pressionando e quase desempatou aos 16 minutos quando foi lançado por Sidcley, mas Helton Leite dividiu com o atacante e evitou a conclusão. O Botafogo melhorou de produção e o jogo ficou mais equilibrado. E aos 27 minutos, o Botafogo marcou o segundo gol. Após troca de passes na área, a bola ficou com Salgueiro que lançou Neilton que encheu o pé e colocou nas redes de Weverton.

O Atlético Paranaense partiu para o ataque, mas apenas Walter dava sinais de lucidez, proporcionando boas jogadas para seus companheiros que não mostravam grande inspiração. mesmo assim, o time visitante quase chegou ao empate aos 46 minutos quando Walter, dentro da grande área, bateu rasteiro para grande defesa de Helton Leite. E o Botafogo soube se defender e garantir o importante resultado.
BOTAFOGO-RJ 2 X 1 ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Municipal Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Assistentes: Márcio Gleidson Correia Dias (PA) e Helcio Araujo Neves (PA)
Público: 4384 pagantes
Cartão Amarelo: Salgueiro, Ribamar(Bota); Eduardo, Hernani(AP)
Gols: BOTAFOGO: Ribamar, aos 17 minutos do primeiro tempo; Neilton aos 27 minutos do segundo tempo; ATLÉTICO PR: Vinicius, aos 13 minutos do segundo tempo
BOTAFOGO: Helton Leite, Luis Ricardo, Emerson Silva, Emerson Santos e Victor Luis; Rodrigo Lindoso(Marquinho), Bruno Silva, Fernandes e Gegê(Neilton); Salgueiro(Gervazio Nuñez) e Ribamar
Técnico: Ricardo Gomes
ATLÉTICO-PR: Weverton, Eduardo, Cleberson, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani, Ewandro, Pablo(Vinicius) e Nikão(Anderson Lopes); André Lima(Walter)
Técnico: Bruno Pivetti


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document