quinta-feira, 2 de abril de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Botafogo espera por pressão no Paraguai e Montillo não viaja

Botafogo espera por pressão no Paraguai e Montillo não viaja

Matéria publicada em 20 de fevereiro de 2017, 18:51 horas

 


Glorioso espera paraguaios em cima durante todo o tempo no jogo de volta (Vitor Silva/SSPress)

Glorioso espera paraguaios em cima durante todo o tempo no jogo de volta (Vitor Silva/SSPress)

Rio – O Botafogo segue se preparando para o duelo contra o Olimpia nesta quarta-feira, às 21h45(de Brasília, no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai, pela rodada de volta da terceira fase da Copa Libertadores. Com a vantagem do empate para avançar, os botafoguenses esperam muita pressão por parte dos paraguaios, que deverão se lançar ao ataque tentando igualar a situação.

– Acredito que os primeiros minutos realmente sejam importantes porque o Olimpia vai querer colocar pressão, jogando em casa, como é comum neste tipo de jogo na Libertadores. O Botafogo vai precisar saber lidar com esse tipo de situação e o ideal seja que a gente consiga segurar esse ímpeto sem sofrer maiores sustos. Se conseguirmos passar por isso vamos dar um passo importante para a classificação – disse o goleiro Helton Leite.

O volante Aírton concorda:

– O Botafogo sabe que vai ser pressionado pelo fato de que o Olimpia vai jogar em casa e precisa dar uma resposta ao seu torcedor, que vai empurrar o time deles para frente. Vamos precisar saber lidar bem com essa situação – disse o volante.

Já o lateral-esquerdo Víctor Luís lembrou da importância de o Botafogo não ficar acuado no campo de defesa.

– A pressão por parte do Olimpia é esperada desde que o primeiro jogo acabou com vantagem do Botafogo, já que eles vão precisar do resultado positivo e não podemos permitir que controlem o jogo. O fundamental é que a nossa equipe consiga logo dar uma boa resposta a essa pressão, mostrando que não viajamos pensando em ficar acuados apenas no nosso campo de defesa – afirmou o lateral.

O elenco participou de um trabalho regenerativo nesta segunda-feira e em seguida a delegação viajou para Assunção. O time, com várias dúvidas, só será divulgado minutos antes do confronto, no vestiário. Desfalque certo é o do argentino Montillo. Após o Alvinegro fazer grande esforço para contar com o meia na semana passada após tratamento intensivo na coxa direita, desta vez o técnico Jair Ventura teve de excluir o argentino por conta de uma nova lesão, agora na panturrilha direita.

O meia irá tratar do novo problema físico no Rio de Janeiro e não viajou com o restante dos relacionados. Quem acompanha Montillo na capital fluminense é o lateral-direito Jonas, que recebeu o terceiro cartão amarelo na última quarta-feira e terá de cumprir suspensão.

Mas não são só problemas que Jair Ventura terá de solucionar para o confronto que decidirá a classificação ou não do Botafogo à fase de grupos da Libertadores. O comandante alvinegro conta com a volta de Gatito Fernández, recuperado de lesão no músculo adutor da coxa direita, e Bruno Silva, que não voltou a campo após o intervalo de jogo alegando dores musculares. Após a realização de exames, o volante não teve lesão detectada.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document