quarta-feira, 12 de maio de 2021 - 21:26 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Botafogo fica entre céu e o ‘inferno’ na Série B

Botafogo fica entre céu e o ‘inferno’ na Série B

Matéria publicada em 27 de agosto de 2015, 18:56 horas

 


Glorioso visita o CRB e pode assumir a liderança ou amargar saída do G-4 dependendo da rodada

Maceió – O Botafogo visita o CRB nesta sexta-feira, às 21h(de Brasília), no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), em confronto válido pela 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Glorioso, que vem de derrota de 3 a 2 para o Paysandu, é o segundo colocado com 36 pontos e vai assumir a liderança em caso de triunfo.

Isso porque o Vitória, que lidera com 38 pontos, já jogou na rodada e não conseguiu mais do que um empate por 1 a 1 com o Oeste. Porém, o Alvinegro não mira apenas o céu. Também tem que se preocupar com o inferno, já que em caso de uma derrota pode deixar o G-4, a zona de acesso para a elite do futebol nacional.

Inferno, por sinal, é um lugar que o CRB pretende se distanciar de vez. Isso porque a derrota de 2 a 1 para o Bragantino deixou o representante alagoano estacionado com 25 pontos, apenas dois a mais que a zona de rebaixamento. As variadas possibilidades deste jogo mexem com a cabeça dos atletas do Botafogo, que reconhecem a pressão pelo resultado positivo.

– Nós precisamos voltar a nos comportar como o clube grande desta Série B e nos impor diante de todos os adversários. Deixamos a desejar em algumas ocasiões e contra o CRB vamos precisar buscar a vitória. Com todo o respeito que o adversário merece, precisamos tomar a iniciativa – disse o goleiro Jéfferson.

O técnico Ricardo Gomes alertou seus jogadores sobre a importância deles manterem a concentração ao longo dos noventa minutos. Na visão do zagueiro Diego Giaretta o Alvinegro vai dar um grande passo para a vitória se seu setor defensivo não for vazado, fazendo jus ao rótulo de melhor defesa da competição. Daí a necessidade de estarem todos concentrados.

– Todos os times jogam com intensidade os noventa minutos e qualquer erro acaba sendo castigado. Precisamos voltar a ser o Botafogo dos jogos anteriores, um time que dificilmente leva gols. Contra o Paysandu, gastamos a nossa cota de erros e por isso mesmo tenho convicção que com o trabalho que está sendo realizado vamos conseguir modificar as coisas e voltar a vencer – afirmou o zagueiro, lembrando do apagão que fez o time sofrer dois gols no primeiro tempo do jogo passado.

Para este compromisso o Botafogo terá duas modificações em relação ao time que caiu diante do Papão. O atacante uruguaio Alvaro Navarro, recuperado de um estiramento muscular na panturrilha direita, reaparece na vaga do jovem Luis Henrique, que fica como opção no banco de reservas. Mas a grande preocupação é o goleiro Jéfferson, com dores no ombro esquerdo após o treino desta quinta, o jogador não viajou com o grupo para Maceió nesta quinta, e deve ceder seu posto a Helton Leite.

Pelo lado do CRB, o técnico Mazola Júnior procurou orientar seus jogadores no sentido de tentarem tirar proveito da necessidade de vitória do Botafogo.

– A responsabilidade maior sempre vai ser do Botafogo, pois ele precisa voltar para a Série B que é o seu lugar. Por isso mesmo o CRB tem que ter inteligência para conseguir ganhar a partida – avisou o experiente volante Somália, que inclusive defendeu o Botafogo em 2010, conquistando o título carioca.

Em termos de escalação o CRB tem problemas. O volante Josa e o atacante Ricardinho, suspensos, ficam de fora. Assim, Wellington Saci e Leandro Brasília entram no meio-de-campo, com Zé Carlos ficando isolado na frente.

CRB-AL X BOTAFOGO-RJ

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Horário: 21h(de Brasília)
Árbitro: Rodrigo D Alonso Ferreira (SC)
Assistentes: Neuza Ines Back (Fifa-SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
CRB: Juliano, William Cordeiro, Audálio, Gabriel e Pery; Somália, Wellington Saci, Leandro Brasília, Clebinho e Cañete; Zé Carlos
Técnico: Mazola Júnior
BOTAFOGO: Helton Leite, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Serginho, Willian Arão, Daniel Carvalho e Elvis; Neilton e Alvaro Navarro
Técnico: Ricardo Gomes


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document