segunda-feira, 25 de outubro de 2021 - 08:21 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Botafogo trabalha para reduzir elenco

Botafogo trabalha para reduzir elenco

Matéria publicada em 27 de maio de 2015, 20:54 horas

 


Presidente Carlos Eduardo Pereira expõe a determinação de reduzir a folha de pagamento

Rio – O Botafogo tem 48 jogadores em seu elenco profissional e o número é considerado muito alto pelo departamento de futebol, que já recebeu do presidente Carlos Eduardo Pereira a determinação de reduzir a folha, até mesmo para que alguns reforços possam ser contratados.
A ideia do coordenador de futebol Antônio Lopes, compartilhada pelo técnico René Simões, é de contar com cerca de 35 atletas o que, na visão de ambos, daria conta da Série B do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil.
– O Botafogo tem duas competições em que ele disputa com o pensamento de conquistar e por isso mesmo precisamos de um elenco que nos dê opções, seja em número de jogadores, seja em versatilidade. Hoje queremos trabalhar com um pouco mais do que trinta nomes – disse Lopes.
Atualmente treinam em separado do elenco o goleiro Luis Guilherme, os laterais Guilherme, Renan Lemos e John Lennon, os volantes Dedé, Sidney, Fabiano, Lucas Zen e Dill, além dos apoiadores Andrade e Jeferson Paulista.
Embora o clube não confirme, René também liberou para treinar em separado do grupo os atacantes Murilo, André e Tássio. O primeiro veio por empréstimo do Internacional sendo tratado como joia, mas nunca conseguiu se firmar. André, revelado nas categorias de base, atuou apenas um tempo no empate por 2 a 2 com o Botafogo-PB pela Copa do Brasil e também não agradou. Tássio atuou seis vezes, marcou um gol, enfrentou alguns problemas de lesão, mas também não se firmou. O caso dele, porém, está sendo analisado e se nenhum outro nome for contratado para o setor, ele poderá ser reintegrado.
Até mesmo jogadores que estão treinando com o elenco serão liberados. O volante Aírton, por exemplo, com vínculo somente até o fim do mês é carta fora do baralho. A diretoria, inclusive, conta com o valor que ele recebe para contratar o atacante uruguaio Emiliano Alfaro, que tem os direitos federativos ligados à Lazio, da Itália. O atleta vem tentando s sua liberação junto ao clube europeu.
O atacante Henrique é outro jogador que só não foi negociado porque ainda não apareceu uma proposta. Isso porque o clube não pretende mais arcar com seu salário, considerado alto para os atuais padrões. O artilheiro, porém, vem sendo utilizado por René em algumas situações, mas segue sem agradar. O Alvinegro, inclusive, tenta incluí-lo em uma negociação com um clube chinês que tem interesse no atacante Sassá.
Além de precisar reduzir a folha salarial para se reforçar no ataque, o Glorioso também irá ao mercado se perder algum atleta na janela de transferência. Além de Sassá, outro que teria proposta seria o lateral-direito Luis Ricardo, que está emprestado pelo São Paulo até o fim do ano e interessa ao Grêmio.
Dentro de campo René segue preparando o time para a partida contra o Vitória, neste sábado, às 16h30(de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Em relação ao time que empatou sem gols com o Atlético-GO, retornam o lateral-esquerdo Carleto, que foi preservado, o volante Marcelo Mattos, recuperado de dores na perna direita, e o atacante Rodrigo Pimpão, que cumpriu suspensão. Eles, assim, reaparecem nas vagas de Pedro Rosa, Camacho e Lulinha, respectivamente.
Além dessas mudanças, René chegou a fazer outros testes no treino desta quarta-feira, mas a base que deverá jogar sábado teria: Jéfferson, Gilberto, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Marcelo Mattos, Willian Arão, Daniel Carvalho e Elvis; Rodrigo Pimpão e Bill. Nesta quinta-feira o elenco vai trabalhar na parte da tarde e na sexta-feira, pela manhã, um recreativo fecha a preparação.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document