Botafogo vence Tigres e reassume liderança

Por Diário do Vale

Rio

Mesmo apresentando um desempenho irregular, o Botafogo derrotou o Tigres por 3 a 0,em partida disputada na noite desta quarta-feira,no Engenhão, gols marcado por Renan Fonseca, Jobson e Gilberto,todos no segundo tempo. O resultado fez o Alvinegro de General Severiano reassumir a liderança do Campeonato Carioca com 22 pontos ganhos, dois a mais do que o Vasco que tem um jogo a menos. O Tigres segue na 11ª posição com sete pontos ganhos.

O time dirigido por Renê Simões fez um primeiro tempo muito ruim,mas subiu de produção na fase final e  conseguiu marcar os gols  que garantiram a vitória. O Tigres deu muito trabalho na etapa inicial  e poderia ter obtido um resultado melhor,mas desperdiçou um pênalti, através de Paulinho Guará quando o placar estava 1 a 0. A partida começou com um atraso de 15 minutos porque os refletores da ala Oeste se apagaram logo que as equipes entraram em campo.

Na próxima rodada, o Botafogo enfrentará o Resende, no Engenhão. O Tigres vai encarar o Flamengo, no Los Larios.

O jogo

O Botafogo tentou imprimir um ritmo ofensivo no começo da partida e, logo aos dois minutos, após tentativa de Diego Jardel, a bola sobrou para Jobson que chutou sem perigo para o gol de Santiago. O Tigres respondeu no minuto seguinte. Após lançamento para a área, Paulinho Guará se antecipou a Carleto e tocou por cima do travessão, assustando o goleiro Jefferson.

O time visitante se animou e,aos cinco minutos, quase marca com Jean Carioca,mas o atacante falhou quando estava livre na pequena área. O Botafogo mostrava muita lentidão e errava muitos passes, permitindo que o Tigres tivesse mais posse de bola. Aos 15 minutos, Jean Carioca se livrou de dois marcadores e lançou Paulinho Guará que chutou. A bola bateu em Renan Fonseca e facilitou a defesa de Jefferson.

O time dirigido por Renê Simões tentou se acertar dentro de campo e,aos 17 minutos, Diego Jardel arrancou aplausos da torcida ao arriscar,de fora da área, mas a bola saiu. O lance animou a equipe alvinegra que voltou a criar uma boa oportunidade, aos 19 minutos, através de Jobson que fez ótima jogada individual e bateu com perigo. Um minuto depois, Diego Jardel fez ótima jogada pela direita e lançou Jobson que, livre na área, mandou por cima, perdendo uma grande oportunidade.

Aos 26 minutos, Tomas arriscou de fora da área, o goleiro Santiago deu rebote e Jobson empurrou para dentro do gol. A arbitragem, de forma equivocada, anulou o gol, marcando impedimento. Sem Billl, cumprindo suspensão, o Botafogo encontrava dificuldades de prender a bola no ataque porque Sassá não conseguia se encontrar dentro de campo. Só aos 33 minutos é que o atacante apareceu ao cabecear para fora, após cruzamento de Carleto.

Aos 39 minutos, Sassá protagonizou um lance bizarro ao “furar” dentro da pequena área,quando tinha tudo para marcar. Ao final do primeiro tempo, a torcida botafoguense vaiou a sua equipe.

O Botafogo marcou logo aos dois minutos do segundo tempo. Após cruzamento na área, o goleiro Santiago saiu mal e o zagueiro Renan Fonseca recebeu a bola na área, se livrou de dois marcadores e colocou a bola nas redes do Tigres, com grande categoria. Logo depois Jobson tocou para o gol após passe de Sassá, mas a arbitragem invalidou o lance, marcando impedimento do atacante.

Aos dez minutos, Jean passa por Giaretta e é agarrado na área. O árbitro marcou pênalti a favor do Tigres. Na cobrança, Paulinho Guará deslocou Jefferson, mas mandou a bola para fora. Aos 14 minutos, o Botafogo quase ampliou em bomba de Carleto que passou perto do travessão defendido por Santiago.

Advertisement

O Tigres quase empatou em chute cruzado de Fabiano Oliveira que passou muito perto da trave direita do Botafogo. Aos 30 minutos, o Botafogo marcou o segundo gol. Jobson arriscou da intermediária e o goleiro Santiago saltou atrasado,´permitindo que a bola entrasse no canto direito. Foi o quinto gol marcado pelo atacante na competição.

O Tigres parou de resistir e o Botafogo marcou o terceiro gol,aos 35 minutos, em grande jogada de Gilberto que driblou três marcadores e chutou rasteiro para definir o resultado da partida.

BOTAFOGO 3  X 0 TIGRES

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 11 de março de 2015 (quarta-feira)

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Leandro Ferreira Belota (RJ)

Assistentes: Michael Correia (RJ) e Ivan Silva Araújo (RJ)

Cartão Amarelo: Fernandes(Bota); Edson(Tigres)

Gols:

BOTAFOGO:Renan Fonseca,aos dois minutos, Jobson,aos 30 e Gilberto aos 35 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Jéfferson, Gilberto, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Willian Arão, Fernandes(Dierson), Diego Jardel(Gegê) e Tomas; Jobson e Sassá (Tássio)

Técnico: René Simões

TIGRES DO BRASIL: Santiago, Tiago, Zé Carlos, Matheus e Edson; Renan, Wellington Leão(Fabiano Oliveira), Sassá e Jean Carioca; Paulinho Guará(Bruno Carvalho)e Ricardinho

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996