quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / CBF divulga clubes que disputarão Brasileiro Feminino

CBF divulga clubes que disputarão Brasileiro Feminino

Matéria publicada em 26 de janeiro de 2020, 10:34 horas

 


Os quatro semifinalistas serão promovidos para disputar o Brasileirão Feminino A-1 em 2021- Foto: CBF

Rio de Janeiro- O Campeonato Brasileiro Feminino A-2 2020 está chegando. A Diretoria de Competições da CBF divulgou o Regulamento Específico da Competição (REC). O campeonato seguirá o modelo já implementado em 2019, com 36 clubes participantes e a disputa dividida em cinco fases.

O Brasileiro Feminino A-2 terá início no dia 15 de março e contará com as quatro equipes rebaixadas da série A-1 em 2019, os 27 campeões estaduais (no caso de estados onde o campeão já está classificado para o Feminino A-1, a substituição foi de acordo com a classificação no campeonato), e os seis clubes melhores colocados no Ranking Nacional de Clubes Masculino de 2020 (as equipes que já disputam o Feminino A-1 foram substituídas seguindo a classificação).

Confira abaixo a lista dos 36 clubes participantes:

Remanescentes do Brasileiro Feminino A-1 2019: Foz Cataratas-PR, São Francisco-BA, Sport-PE e Vitória-PE.

Campeonatos Estaduais: Atlético Acreano-AC, UDA-AL, 3B Sport-AM, Oratório-AP, Bahia-BA, Ceará-CE, Real Brasília-DF, Vila Nova-ES, Goiás-GO, Juventude Timonense-MA, América-MG, SERC-MS, Operário-MT, ESMAC-PA, Auto Esporte-PB, Náutico-PE, Tiradentes-PI, Toledo-PR, Fluminense-RJ, Cruzeiro-RN, Real Ariquemes-RO, Brasil-RS, Napoli-SC, Juventus-SP e São Valério-TO.

*O representante do estado de Sergipe ainda será definido.
Ranking Nacional de Clubes 2020: Athletico-PR, Atlético-MG, Chapecoense, Botafogo, Vasco e Fortaleza.

Forma de disputa:

Seguindo o regulamento de 2019, os 36 times do Brasileiro Feminino A-2 2020 serão divididos em seis grupos com seis equipes em cada. Os jogos da primeira fase serão disputados em turno único e, ao final, os dois melhores colocados e os quatro melhores terceiros seguirão para a fase seguinte.

Os confrontos das oitavas de final serão definidos por sorteio a ser realizado na sede da CBF. As fases eliminatórias serão disputadas em formato de ida e volta, sem o critério do gol qualificado. Portanto, em caso de empate, o classificado será conhecido nos pênaltis. As quatro equipes que chegarem na fase semifinal estarão promovidas para o Brasileirão Feminino A-1 2021.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Completamente sem graça, sem disputa, sem grandes jogos. E não sou machista, já pensou homem fazendo nado sincronizado o que seria? Cada um no seu quadrado e a presença de torcida – nem mulher vai- e o total desinteresse da mídia mostra que mulher e futebol não combinam. Não adianta forçar. E vai aparecer um monte de defensores aqui, mas não passam 2 minutos assistindo.

Untitled Document