quarta-feira, 19 de junho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Copa Voltaço confirmada para sete de setembro

Copa Voltaço confirmada para sete de setembro

Matéria publicada em 24 de agosto de 2018, 19:10 horas

 


Volta Redonda arrecadou alimentos em jogo da Série C


Volta Redonda – 
O vice de futebol do Volta Redonda, Flávio Horta Júnior, confirmou a realização da II Copa Voltaço sub-13 e sub 14 para o dia Sete de Setembro, reunindo clubes da primeira, segunda e terceira divisão do Brasil.

Os jogos serão eliminatórios e disputados em Volta Redonda, Barra Mansa, Barra do Piraí e Pinheiral. Além do Volta Redonda – anfitrião – foram convidadas equipes da região e clubes da primeira divisão: Flamengo, Vasco, Fluminense, Botafogo, Corinthians (SP), Cruzeiro e Atlético-M), Paraná e Atlético-PR.

O troféu de campeão na categoria sub-14 terá o nome de Manoel Alves, em agradecimento a cobertura diária do Volta Redonda no jornal DIÁRIO DO VALE. Na próxima semana, o clube irá divulgar os nomes de todos os demais clubes que vão participar do evento.

A diretoria já deu inicio ao planejamento para a temporada de 2019 que prevê a montagem do time para a disputa do Campeonato Estadual e da série C do Campeonato Brasileiro. “Vamos fazer um planejamento dentro da realidade do clube mas com muito critério para não repetir a péssima temporada de 2018”, disse Flávio Horta Júnior

Voltaço faz doação

O Volta Redonda FC doou cerca de 350kg de alimentos não perecíveis para a Apae-VR (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) nesta sexta-feira, dia 24. Os alimentos foram arrecadados na partida contra o Joinville-SC, disputada no dia 11 de agosto, quando parte dos torcedores optaram por trocar o ingresso por 1kg de alimento.

Esta não foi a primeira vez que o Esquadrão de Aço fez uma doação para a Apae. Somente este ano, o clube já doou mais de uma tonelada de alimentos para a instituição.

– Apesar das nossas dificuldades, sempre estamos buscando ajudar a Apae. Além dos alimentos, já fizemos rifas, doamos kits com produtos oficiais e estamos sempre em contato com a instituição para contribuir no que for preciso para mantê-la viva – destacou o presidente tricolor Flávio Horta.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar
    Diga não aos refugos

    Time pequeno tem esse péssimo hábito de contratar jogador problemático que zoaram a carreira toda com farra e até msm falta de teino,tem que investir na base para depois vender para aliviar as finanças, diferente dos refugos que vem para acabar com as finanças do clube.

  2. Avatar

    Gostaria QUE A DIREÇÃO DO VOLTAÇO, ou a própria mídia (apurasse0, divulgasse como estão sendo feitas estas transferências de garotos DA BASE DO vOLTAÇO PARA OS GRANDES CLUBES BRASILEIROS. Semana passada tivemos o FABINHO , 16 anos, transferido para o CRUZEIRO e já assinando contrato como profissional.
    O que o VOLTAÇO ganha com isto? O passe do jogador continua preso ao Voltaço?
    Os conselheiros do VOLTAÇO têm conhecimento?
    Parte do passe dos atletas pertencem ao Voltaço?

  3. Avatar

    Excelente iniciativa. Uma competição para dar moral para a garotada. Só não pode continuar acontecendo o que vem ocorrendo. Liberando muitos garotos para Cruzeiro , ATLÉTICO, FLAMENGO, SÃO SAULO E OUTROS A TROCO DE QUE?
    Outro detalhe importante. . Dispensar esse monte de refugos contratados para o time de profissionais e começar um planejamento sério para o Carioca e série c. 2018 é um ano para ser esquecido. Só lambança….

Untitled Document