segunda-feira, 29 de novembro de 2021 - 11:51 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Cuca revela que questão pessoal pode impedir renovação com o Palmeiras

Cuca revela que questão pessoal pode impedir renovação com o Palmeiras

Matéria publicada em 28 de novembro de 2016, 15:47 horas

 


Em entrevista ao site da revista Veja, treinador garantiu que a sua eventual saída do time não se dará por conta de propostas de outros clubes

Antigo pé frio: Cuca conquistou o título de campeão brasileiro com o Palmeiras depois da vitória sobre a Chapecoense (Foto: Ricardo Stuckert/CBF)

Antigo pé frio: Cuca conquistou o título de campeão brasileiro com o Palmeiras depois da vitória sobre a Chapecoense (Foto: Ricardo Stuckert/CBF)

São Paulo – O técnico Cuca admitiu nesta segunda-feira que problemas particulares poderão impedir a renovação do contrato com o Palmeiras. Ao site da revista Veja, o treinador garantiu que a sua eventual saída do time não se dará por conta de propostas de outros clubes.

– Não tenho nada em termos de proposta. Isso não é verdade, eu não tenho nada de ninguém. Se sair do Palmeiras é por uma questão pessoal, uma necessidade particular que eu prefiro não entrar no mérito. Isso vou discutir com o presidente que me trouxe – afirmou Cuca.

Cuca disse que suas dúvidas estão ligadas a uma questão que envolve a família.

– Pode aparecer [uma proposta da China]. Mas eu não tenho nada. Eu tinha programado para esse ano algumas situações que tenho necessidade, familiares. Vim para o Palmeiras porque era o Palmeiras. E deu tudo tão certo que fizemos até gol com o Fabiano no último jogo – disse, bem-humorado.

O comandante afirmou que planeja dar uma resposta aos torcedores até esta terça-feira. Ele se reunirá com o presidente eleito Maurício Galiotte para chegar a um denominador comum. O novo mandatário substituirá Paulo Nobre a partir do dia 15 de dezembro.

– Não quis gastar nenhuma energia comigo nesse momento. Eu pensava que a conquista era muito mais importante, estava focado e concentrado nisso. Acabou. Ainda temos compromisso com o campeonato no último jogo. Eu vou conversar com o Maurício durante a semana. Acho que até amanhã falo com vocês sobre isso – declarou.

Ele ainda aproveitou para brincar com a situação.

– Dormi tão pouco com esse campeonato que agora quero dormir um montão – divertiu-se.
Cuca mantém um tom evasivo ao ser questionado sobre a permanência no Palmeiras, o que indicaria dificuldades para renovar o contrato que termina no final deste ano. Nesta segunda-feira, à Fox Sports, o treinador disse que o time estará “muito bem servido, independentemente do Cuca ou não”.

Os rumores de que Cuca deixaria o Palmeiras se intensificaram em setembro, após o treinador dizer à Rádio Globo que tinha o interesse de voltar para o futebol chinês. Dias depois, ele voltou atrás nas declarações e classificou as especulações como “fofocas”.

Na última semana, Cuca concedeu entrevista ao jornal italiano Gazzetta dello Sport e manifestou o desejo de ir ao país europeu para fazer estágios com os comandantes de Milan, Inter de Milão e Napoli. Ele confirmou os planos na última sexta-feira, mas garantiu que os cursos seriam realizados no período de férias.

Dudu pede permanência do treinador

O Palmeiras bateu a Chapecoense por 1 a 0, no último domingo, no Palestra Itália, e conquistou o eneacampeonato brasileiro com uma rodada de antecedência. O time encerra a participação no campeonato no próximo domingo, contra o Vitória, em Salvador. Cuca afirmou que comandará a equipe nesta partida, mas não quis revelar se escalará titulares ou reservas.

O atacante Dudu usou a crise vivida pelo Corinthians para ressaltar a importância de manter o técnico Cuca à frente do Palmeiras. O treinador admitiu nesta segunda-feira que questões particulares poderão distanciá-lo de um acerto com a diretoria do Verdão. O contrato de Cuca termina no final deste ano.

– É meio difícil [dar sequência ao trabalho do Cuca com um substituto]. Você pode ver pelo nosso rival, que já mudou o treinador – hoje técnico da seleção brasileira – e foi meio difícil por lá. Mas, se o Cuca não ficar, tenho certeza que o Palmeiras tem competência para buscar o melhor técnico disponível no mercado para nos ajudar – disse o atacante, que usou a tarja de capitão e levantou o troféu de campeão após a vitória por 1 a 0 contra a Chapecoense.

As declarações de Dudu foram dadas ao canal SporTV. Conforme lembrado pelo camisa 7, o Corinthians passa por momentos de instabilidade desde que Tite trocou o time pela Seleção Brasileira, em agosto. O clube teve Cristóvão Borges e o interino Fábio Carille até Oswaldo de Oliveira assumir a equipe, em outubro.

Oswaldo não tem acumulado os resultados que a diretoria esperava e corre riscos de terminar o ano com a equipe fora da zona de classificação para a Libertadores. A equipe precisa vencer o Cruzeiro na última rodada e torcer por resultados adversos dos rivais diretos na briga pelo G6.

Não foi só Dudu que manifestou o desejo de contar com Cuca em 2017. Outros jogadores também pediram a permanência do treinador nesta segunda-feira. “A permanência dele iria nos ajudar, já que ele conhece o elenco. Ele pediria um ou outro reforço para uma temporada desgastante. O Palmeiras ganharia muito, sairia na frente dos adversários”, afirmou Edu Dracena, também ao SporTV.

O lateral Jean disse que Cuca “tem os motivos pessoais e profissionais dele. Nós temos que respeitar”. Já Moisés desejou sorte ao treinador em suas futuras empreitadas.

– Torcemos para que ele permaneça, porque foi o cara que montou esse grupo, conhece todos os jogadores e sabe onde devemos melhorar. Mas nós também temos que desejar toda a sorte caso ele venha a sair. Para mim foi um prazer trabalhar com ele, um cara sensacional – declarou.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document