terça-feira, 16 de julho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Darci Cavalo será enterrado em Volta Redonda

Darci Cavalo será enterrado em Volta Redonda

Matéria publicada em 4 de janeiro de 2018, 18:07 horas

 


Atleta foi um dos maiores atacantes da história do Voltaço e o primeiro a se transferir para o exterior

Volta Redonda – Darci Miguel Monteiro, conhecido como Darci Cavalo, morreu nesta quarta-feira (03), no Rio de Janeiro, vítima de um infarto fulminante, em sua própria casa. Aos 49 anos, Darci morreu na cidade que escolheu para viver, após uma longa carreira no futebol mundial.

O enterro do corpo do ex-jogador de futebol será nesta sexta-feira (5), às 10 horas, no Cemitério Portal da Saudade. Nascido em Volta Redonda, no dia 26 de setembro de 1968, Darci formou ao lado de Humberto e Valtinho uma as melhores linhas de ataque do Voltaço, entre o fim da década de 80 e início da década de 90.

Seu último clube foi o Arágua, da Venezuela, mas antes disso ele rodou por Portugal, Grécia, mundo árabe e outros times brasileiros. Defendeu Olaria, América, Botafogo, Paysandu, entre outros. Ao todo, atuou por mais de 20 camisas diferentes ao longo da carreira.

A diretoria do Voltaço emitiu nota sobre o falecimento do atleta. “É com imenso pesar que o Volta Redonda F.C. comunica a morte do seu ex-jogador Darci Cavalo, de 49 anos. O falecimento aconteceu nesta quarta-feira, dia 3, em decorrência de um infarto na sua própria casa, no Rio de Janeiro-RJ.

O corpo do Darci será velado na capela municipal de Volta Redonda, no bairro aterrado. O enterro será nesta sexta-feira, dia 05, às 10h, no cemitério Portal da Saudade”, diz a nota, que segue:.

“Darci foi um dos destaques da equipe do Voltaço na década de 90. Além disso, entrou para a história do clube como o primeiro jogador do Esquadrão de Aço a ser vendido para fora do Brasil, transferindo-se para o Belenense, de Portugal. O ex-jogador chegou a ser treinado pelo atual auxiliar-técnico do Tricolor Wilson Leite. A diretoria do Volta Redonda presta todos os sentimentos aos familiares e amigos de Darci”.

Darci foi revelado pelo Voltaço e acabou vendido para o Belenenses de Portugal por 400 mil dólares. O valor era considerado uma fortuna na época, quando era presidente do Volta Redonda Antônio Francisco Neto. O dinheiro serviu para cobrir toda a folha salarial durante mais de seis meses, pois foi aplicado e com os juros o clube passou a ter uma receita própria.

O deputado federal Deley de Oliveira, que também é ex-atleta, conhecia Darci e lembrou do amigo. “Começamos o ano com essa triste notícia da perda do Darci Cavalo. Jogamos juntos, estava junto na transferência dele para Portugal e vivemos bons momentos dentro e fora do campo. A cidade perde um talento e nós perdemos um grande parceiro. Que Deus conforte a família. Hoje tem pelada boa no céu”, disse nas redes sociais.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    Muito triste! O garoto da 249 que virou um ídolo e fez bonito no futebol! Que Deus possa dar o conforto a toda família.

  2. Avatar

    Darci,
    Receba esta homenagem da galera do São Carlos ( antigo Morro do Atrevido) que tanto te admira, que Deus conforte o coração da família e dos amigos.Ficam na lembrança as peladas na pracinha da 249.

Untitled Document