;
domingo, 29 de novembro de 2020 - 19:04 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Diego Souza comanda vitória do Fluminense sobre o Cruzeiro

Diego Souza comanda vitória do Fluminense sobre o Cruzeiro

Matéria publicada em 17 de fevereiro de 2016, 21:47 horas

 


Tricolor das Laranjeiras fez jogo com sete gols e muita emoção contra o Cruzeiro no Mineirão

Iluminado: Sem Fred, Fluminense contou com Diego Souza (Foto: Divulgação)

Iluminado: Sem Fred, Fluminense contou com Diego Souza (Foto: Divulgação)

Belo Horizonte – Se não fosse Diego Souza, o Fluminense poderia estar amargando uma eliminação precoce na Primeira Liga. Nesta quarta-feira, em duelo pelo grupo A da competição, o camisa 10 fez toda a diferença em um verdadeiro “jogaço” contra o Cruzeiro, no Mineirão. Com um hat-trick – três gols marcados – e uma assistência, o meia tricolor foi o nome da partida e garantiu a vitória por 4 a 3 ao time carioca, que segue vivo no torneio.

Apesar de ter feito a sua melhor partida na temporada, o Cruzeiro, assim como seu adversário, mostrou muitas falhas defensivas, o que custou a primeira derrota de Deivid no comando do clube celeste. Com o resultado, a equipe cruzeirense soma apenas um ponto na competição e precisa de um milagre para se classificar. Já o Fluminense, soma três pontos e vê com mais esperança uma vaga para as semifinais da Primeira Liga.

Passado o duelo desta quarta, as equipes mudam o foco para os estaduais. O Cruzeiro entra em campo, pelo Mineiro, no próximo sábado, às 19h30 (de Brasília), para enfrentar o Tricordiano, na Arena do Jacaré. No dia seguinte, o Fluminense faz clássico carioca contra o Flamengo, às 19h30, no Mané Garrincha, em Brasília.

O Jogo

O Cruzeiro não demorou para abrir o placar no Mineirão. Logos aos quatro minutos, De Arrascaeta, de volta ao time titular, fez valer o voto de confiança de Deivid e fez uma belíssima enfiada para Rafael Silva, que driblou Cavalieri antes de marcar.

Com a vantagem no placar, o Cruzeiro se retraiu, aguardando o contra-ataque, enquanto que o Fluminense trabalhava a bola com paciência. Dessa forma, o Flu começou a incomodar e levou perigo com Cícero, que perdeu boa na chance na grande área. A estratégia cruzeirense, no entanto, também funcionava devido à velocidade e mobilidade do ataque celeste, que quase fez o segundo Alisson, em chute colocado de fora da área.

Bastante equilibrada, a partida acabou ficando empatado aos 28 minutos. Após o árbitro marcar pênalti polêmico, Diego Souza mostrou categoria na cobrança e mandou a bola para o fundo das redes. Três minutos depois, a bola sobrou para Dedé que finalizou em cima de Diego Cavalieri e, no rebote, Manoel perdeu grande chance com o gol aberto.

Pouco após perder grande chance, o Cruzeiro levou o castigo. Wellington Silva ganhou a jogada de Fabiano, foi à linha de fundo e cruzou para Diego Souza fazer o seu segundo na partida, aos 34 minutos. No lance seguinte, o camisa 10 do Flu apareceu novamente bem, mas como garçom, e fez belo passe para Gustavo Scarpa soltar uma bomba, marcando um belo gol.

O primeiro tempo seguia movimentadíssimo com ambas as equipes jogando bem. Tanto que, aos 43 minutos, o Cruzeiro fez o segundo com Rafael Silva, que aproveitou cruzamento preciso de Fabiano para diminuir.

Logo no começo da etapa complementar, Diego Souza só não marcou seu terceiro gol, porque Manoel, com uma boa recuperação, impediu o quarto do Flu. Pouco depois, Cícero tocou de cabeça e obrigou Fábio a grande defesa.

Apesar das duas primeiras chances do Tricolor, o Cruzeiro logo equilibrou o jogo, chegando com perigo com Alisson e Elber. A pressão cruzeirense continuou, e o empate veio aos 20 minutos com o uruguaio De Arrasceta, que aproveitou cruzamento de Elber para marcar.

O empate não abalou o Fluminense, que marcou mais um aos 25 minutos. Após finalização de Douglas, Fábio rebateu a bola e acabou cometendo pênalti em Felipe Amorim, que já aproveitava a sobra. Na cobrança, Diego Souza bateu firme, no meio gol, e chegou ao hat-trick na partida.

Apesar de muito pressionar durante o restante da partida, o Cruzeiro não conseguiu superar o bloqueio defensivo tricolor, que acabou garantindo uma vitória importantíssima ao Fluminense.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document