quinta-feira, 27 de janeiro de 2022 - 11:33 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Eliminatórias: Tite rejeita classificação garantida

Eliminatórias: Tite rejeita classificação garantida

Matéria publicada em 16 de novembro de 2016, 17:31 horas

 


Seleção Brasileira desembarcou em São Paulo e treinador pregou ‘pés no chão’ na busca pela qualificação para a Copa do Mundo

Nova era: Com seis vitórias no comando da Seleção Brasileira, Tite já conquistou jogadores, torcedores e a imprensa (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Nova era: Com seis vitórias no comando da Seleção Brasileira, Tite já conquistou jogadores, torcedores e a imprensa (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Guarulhos – Após a vitória por 2 a 0 sobre o Peru, a Seleção Brasileira chegou a 27 pontos nas Eliminatórias da Copa do Mundo e abriu vantagem na liderança da competição. Praticamente classificado para o torneio que acontece em 2018, na Rússia, o técnico Tite preferiu não garantir a classificação.

“Não, só depois de matematicamente (classificado)”, disse Tite, no desembarque da seleção no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.
O treinador se mostrou muito apressado no desembarque da Seleção, nesta quarta-feira. Tite parou para atender a imprensa e, em poucas palavras, se mostrou feliz com o desempenho sob o comando da Seleção – são seis vitórias em seis jogos disputados. Quando questionado se descansaria na pausa que o Brasil irá ter até o próximo jogo, Tite foi sucinto.
“Quero ir para Porto Alegre visitar minha filha”, afirmou o comandante da amarelinha.
O técnico volta a treinar a seleção apenas em março. Para garantir vaga matemática na próxima Copa do Mundo, os comandados de Tite entram em campo nos dias 23 e 20 de março, contra Uruguai e Paraguai, respectivamente.

Dani Alves comemora

A vitória sobre o Peru ficará marcada na lembrança de Daniel Alves. O lateral-direito, que atualmente defende as cores da Juventus, completou 100 jogos com a camisa de Seleção Brasileira. Mais do que a marca centenária, o jogador celebrou a recuperação do Brasil nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018.
– É uma satisfação muito grande, ainda não caiu a ficha do quão privilegiado eu sou. Estou bastante feliz, não só por completar 100 jogos, mas também pelo trabalho que vem sendo feito, pela forma como a gente vem vencendo os jogos, pelo amadurecimento da nossa equipe e, juntando tudo isso, você se aproxima do seu objetivo, que é o mais importante – declarou Daniel Alves no desembarque da seleção, nesta quarta, no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.
Com o resultado sobre o Peru, o Brasil se isolou na liderança das Eliminatórias, beneficiado pela derrota do Uruguai para o Chile. Além disso, a equipe nacional chegou à sexta vitória em seis partidas sob o comando de Tite, igualando a marca da seleção de 1969, treinada por João Saldanha. Daniel Alves rasgou elogios ao técnico e destacou a confiança do grupo no trabalho do treinador.
– O Tite é muito experiente, é uma pessoa que se reinventa a cada dia e que sempre busca entregar para a gente todo um estudo que há sobre os adversários, todo um estudo sobre o futebol e da forma como a gente tem que jogar. Volto a insistir, o diferencial do Tite em relação aos outros treinadores é a forma de gerir o grupo, sempre próximo, cuidando de todos os detalhes. Estamos bastante felizes com a sua proposta e com a sua forma de trabalhar em grupo – completou o lateral-direito.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document