quarta-feira, 28 de julho de 2021 - 18:02 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Embalado na Série B, Botafogo pega o Figueirense pela Copa do Brasil

Embalado na Série B, Botafogo pega o Figueirense pela Copa do Brasil

Matéria publicada em 19 de maio de 2015, 17:54 horas

 


Glorioso tenta esquecer campanha na segunda divisão para se concentrar em outro torneio nacional

Florianópolis – O Botafogo visita o Figueirense nesta quarta-feira, às 19h30(de Brasília), no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC), pelo confronto de ida da terceira fase da Copa do Brasil. O Glorioso eliminou o Capivariano-SP na etapa anterior com grande facilidade, fazendo 2 a 0 no interior paulista e 3 a 0 no Rio de Janeiro.
Os cariocas, inclusive, atuaram com seus reservas, tamanha a facilidade do encontro. Já os catarinenses sofreram mais para eliminarem o principal rival, o Avaí, ganhando por 2 a 0 em casa após derrota por 1 a 0 na ida.
O Botafogo chega para este jogo atravessando um momento melhor. O time vem de duas vitórias seguidas na Série B do Campeonato Brasileiro, sendo a mais recente por 4 a 1 sobre o CRB-AL, e aparece com cem por cento de aproveitamento. Apesar de a prioridade ser mesmo o retorno à elite do futebol nacional, o técnico René Simões garante que não vai abrir mão do mata-mata.
– Não vamos deixar a Copa do Brasil de lado, pois o Botafogo quer fazer uma bela campanha nesta competição e quem sabe brigar pelo título. Nosso grupo pensa em cada adversário de uma vez e por isso mesmo estamos focados no Figueirense. A Série B é sim a nossa prioridade e desde o início do ano estamos falando isso. Mas vamos lutar para avançarmos na Copa do Brasil – disse René.
Na visão dos jogadores o Botafogo vai enfrentar uma forte pressão do adversário.
– O Figueirense vai fazer o possível para conseguir decidir o jogo logo nos primeiros minutos e ter tranquilidade ao longo da partida. Nós fazemos isso quando jogamos em nosso estádio e sabemos que vamos passar por isso quando visitarmos equipes de qualidade. Portanto, o Botafogo vai precisar jogar com muita inteligência, sem aceitar a pressão do adversário – analisou o volante Willian Arão.
O Figueirense realmente precisa pressionar. Isso porque a torcida quer uma resposta para a má campanha no Brasileirão, onde o time, que vem de empate sem gols com o Vasco, já figura na zona de rebaixamento. O técnico Argel Fucks, inclusive, demonstra preocupação com a maratona de jogos.
– Estamos enfrentando uma série de partidas decisivas e isso não é nada bom, ainda mais em uma temporada que sequer chegou à sua metade. Mas estamos trabalhando sempre no sentido de ir avançando e por isso mais uma vez o esforço contra o Botafogo será grande – disse Argel.
Em termos de escalação, Argel vai manter a base que eliminou o Avaí. A Copa do Brasil é tratada como prioridade, tanto que ele preservou alguns titulares na estreia no Campeonato Brasileiro, quando o time foi goleado pelo Sport por 4 a 1.
Já no Botafogo, René Simões vai manter a base que derrotou o CRB no sábado passado. Porém, fará três modificações. O volante Marcelo Mattos, com dores na coxa direita, será preservado, dando espaço a Fernandes. Já o meia Daniel Carvalho, sofrendo por conta de uma virose, foi vetado e sua vaga será ocupada por Élvis. O atacante reserva Sassá, com uma lesão na planta do pé esquerdo, também não viaja com a delegação e seu posto será entregue a Diego Jardel. Nas demais posições dificilmente o treinador vai preservar alguém. Independentemente do que acontecer, o jogo de volta será realizado no Rio de Janeiro, embora não tenha data ainda.

FIGUEIRENSE-SC X BOTAFOGO-RJ

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Horário: 19h30(de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Vitor Carmona Metestaine (SP) e Ricardo Pavanelli Lanutto (SP)
FIGUEIRENSE: Alex Muralha, Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno e Roberto Cereceda; Paulo Roberto, Fabinho, Marquinhos Pedroso e Yago; Clayton e Everaldo
Técnico: Argel Fucks
BOTAFOGO: Jéfferson, Gilberto, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Willian Arão, Fernandes, Diego Jardel e Elvis; Rodrigo Pimpão e Bill
Técnico: René Simões


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document