>
quinta-feira, 23 de junho de 2022 - 16:19 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Estádio da Cidadania é selecionado para documentário que conta a história do futebol no país

Estádio da Cidadania é selecionado para documentário que conta a história do futebol no país

Matéria publicada em 23 de junho de 2022, 16:17 horas

 


Equipe de produção da TV Brasil visitou instalações do Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, nesta quinta-feira, dia 23

A equipe de produção do documentário realizou uma visita técnica nas dependências do estádio  Raulino de Oliveira nesta quinta-feira – Foto: Pedro Borges(PMVR).

Volta Redonda- O Estádio da Cidadania, em Volta Redonda, foi selecionado para fazer parte da série “Estádios Históricos”, da TV Brasil. A equipe de produção do documentário realizou uma visita técnica ao Raulino de Oliveira nesta quinta-feira, dia 23, conhecendo as instalações do estádio e também todos os serviços nele oferecidos à população de Volta Redonda.

A diretora e roteirista da série, Maíra de Assis, explicou que o programa irá visitar importantes estádios no Rio de Janeiro e São Paulo, contando suas histórias através de entrevistas, imagens de arquivo e atuais. Ela ainda ressaltou que em cada episódio serão contados detalhes das construções, características gerais, curiosidades culturais e personagens que fazem parte da história de cada local.

No Rio de Janeiro, além do Raulino de Oliveira, foram selecionados os estádios das Laranjeiras, Moça Bonita, Luso Brasileiro, São Januário, São Cristóvão e Gávea. A previsão é que as gravações comecem nos próximos meses e que a série seja reproduzida no final do ano, durante a Copa do Mundo de Futebol, em novembro no Catar.

“O estádio é muito legal. Tem uma proposta interessante de integração com a população, para não ficar apenas destinado ao calendário do futebol, que muitas vezes é restrito e dificulta a utilização do Poder Público. Então, oferecer serviços que beneficiam diretamente a população é muito interessante. Além de prestigiar o time da cidade, o Volta Redonda. Estamos aqui para contar esta história e tomara que a série faça jus a toda história da cidade, do estádio e do Voltaço também”, disse.

Além de Maíra, também estiveram presentes na visita técnica o diretor de fotografia, Denis Vianna, e o gerente de produção de conteúdo audiovisual da TV Brasil, Enio Puello.

“Tem uma estrutura muito boa. Realmente é impressionante. Não estamos fazendo os grandes estádios neste momento. Então, estamos contando a história de estádios menores, como o do Fluminense, do Bangu e do Vasco da Gama, e, se formos comparar, realmente, a estrutura aqui do Raulino é uma das melhores que já visitamos”, afirmou Puello.

O administrador do Estádio da Cidadania, Milton Faria, recebeu a equipe da TV Brasil e falou que é um orgulho para Volta Redonda mostrá-lo “belíssimo para todo o país”.

“O Raulino foi escolhido com razão, porque é um estádio perfeito para sediar jogos importantes. Além disso, ainda tem a parte da cidadania. Temos aqui clínica com especialista, centro de imagem, fisioterapia, centro oftalmológico, academia de musculação para a Melhor Idade, Academia da Vida, com aula de informática, de dança, tudo para a terceira idade, além de receber também um Campus de Universidade Federal a distância. Então, o Raulino é um estádio exemplar para todo o Brasil”, garantiu Milton.

A história do Raulino de Oliveira

O estádio General Sylvio Raulino de Oliveira, popularmente conhecido como Raulino de Oliveira, foi construído em 1950, sendo inaugurado em 15 de abril de 1951. Reinaugurado em 17 de abril de 2004, no segundo mandato do prefeito Antônio Francisco Neto, o Raulino passou de um acanhado estádio com arquibancadas de tábuas de madeira, para ser um dos mais modernos do país e um exemplo de ocupação social.

Na área esportiva, o estádio é casa do Voltaço, além de ser referência para competições nacionais e internacionais. Já no campo social, o Raulino abriga pólos de Educação, Saúde e de Serviço Social, que estão localizados embaixo das arquibancadas.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document