domingo, 20 de setembro de 2020 - 11:50 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Fellipe Bastos marca duas vezes, Vasco vence o Sport e larga bem no Brasileirão

Fellipe Bastos marca duas vezes, Vasco vence o Sport e larga bem no Brasileirão

Matéria publicada em 13 de agosto de 2020, 22:16 horas

 


Rio de Janeiro – Sob a batuta de Fellipe Bastos , o Vasco estreou com vitória no Campeonato Brasileiro 2020. O Cruzmaltino derrotou o Sport por 2 a 0, em São Januário, com dois gols do camisa 8 e largou com pé direito na principal competição nacional.

O próximo compromisso do Gigante da Colina na competição será diante do São Paulo, neste domingo (16/8), às 16h, em São Januário.

O JOGO

A primeira chegada com perigo do Vasco foi aos 4 minutos. Andrey recuperou a bola no meio-campo e lançou em Germán Cano. O artilheiro dominou na entrada da área e arriscou o chute, obrigando o goleiro a mandar para escanteio. O Vasco era melhor e o gol chegou aos 8. Talles recebeu de Andrey e abriu bem em Benítez na esquerda. O argentino entrotou o marcador e cruzou na área, o goleiro afastou e a bola sobrou para Fellipe Bastos, que só teve o trabalho de conferir: VASCO 1 a 0.

Aos 15, Benítez cobrou escanteio fechado e o goleiro conseguiu um leve desvio, tirando da cabeça de Talles. Com a vantagem, o Vasco passou a esperar mais o Sport e tentou sair nos contra-ataques, mas não criou boas oportunidades. Aos 29, o time voltou a assustar. A camisa 8 de Juninho Pernambucano parece ter inspirado Fellipe Bastos, que soltou um balaço em cobrança de falta e a bola explodiu na junção da trave. Dois minutos depois ele teve nova chance na bola parada e não desperdiçou. Dessa vez, ele cobrou colocado e ampliou o placar: VASCO 2 a 0.

O Cruzmaltino voltou pressionando na segunda etapa. Logo aos 2 minutos, Benítez arriscou de fora da área e obrigou o goleiro a fazer difícil defesa. Na sequência, Bastos tentou o cruzamento para a área, mas pegou mal na bola, mesmo assim, levou perigo ao gol adversário. Aos 9, Cano brigou com o marcador dentro da área e de costas conseguiu mandar para o gol, mas o goleiro fez boa defesa. Aos 14, Benítez recebeu na direita, deu uma linda caneta no marcador e tentou levantamento para Cano na área, mas a zaga afastou.

Com o passar do tempo, o Vasco foi administrando a vantagem e tentando as jogadas de contra-ataque. Aos 30, o técnico Ramon Menezes promoveu três alterações: Marcos Júnior, Guilherme Parede e Lucas Santos entraram nos lugares de Talles, Gabriel Pec e Benítez, dando mais fôlego ao time. Aos 38, Parede lançou Cayo Tenório e arrancou com ele pela direita, mas a dupla acabou pecando na definição da jogada. Já no fim do jogo, Cano driblou o goleiro e tentou o chute, sem ângulo, mas tinha um defensor para atrapalhar.

Fellipe Bastos comemora o primeiro gol do Vasco no Brasileirão (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document