>
segunda-feira, 4 de julho de 2022 - 03:46 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Flamengo bate o Santa Cruz no Arruda

Flamengo bate o Santa Cruz no Arruda

Matéria publicada em 22 de junho de 2016, 23:29 horas

 


Rubro-negro se prepara para o primeiro clássico no Campeonato Brasileiro diante do Fluminense

Recife – O Flamengo conquistou uma importante vitória no Campeonato Brasileiro na noite desta quarta-feira, contra o Santa Cruz, no Arruda. Em boa fase, o volante Willian Arão marcou o gol da vitória rubro-negra por 1 a 0 com um chute do meio da rua ainda no primeiro tempo.

O resultado leva o time da Gávea aos 17 pontos. Já o Santa Cruz chega à quarta derrota nos últimos cinco jogos, se mantém com 11 pontos e se aproxima cada vez mais da parte de baixo da tabela.

Agora, o Flamengo se prepara para o primeiro clássico no Campeonato Brasileiro diante do Fluminense, domingo, às 16h (de Brasília), na Arena das Dunas, em Natal (RN). Já o Santa vai a São Paulo enfrentar o Corinthians, no sábado, às 21h, na Arena alvinegra.

O jogo

Santa Cruz e Flamengo protagonizaram uma boa partida nos 45 minutos iniciais, com grande movimentação apesar das poucas chances efetivas de gol. O time da casa foi o primeiro a chegar com perigo logo aos dois minutos, em um chute de Keno do meio da rua que desviou na defesa flamenguista e obrigou Alex Muralha a se esticar e evitar que a bola o encobrisse.

O Flamengo respondeu aos cinco minutos. Marcelo Cirino recebeu bom lançamento de Everton, livre de marcação, e bateu da entrada da área, mas pegou muito mal na bola e jogou para fora.

Quem também perdeu uma grande chance de abrir o placar, mas do lado do Santa Cruz, foi Grafite. Aos nove minutos, Rodinei acabou atrasando uma bola errada e deu de presente para o atacante coral, que tentou emendar de primeira mas acabou chutando em cima de Alex Muralha.

A chance desperdiçada fez a diferença para o time da casa, que acabou sendo golpeado aos 14 minutos. Willian Arão chutou do meio da rua, venceu o goleiro Tiago Cardoso e balançou as redes, abrindo o placar para o Flamengo.

O Santa tentou a resposta aos 20 minutos, mas Grafite acabou travado por Rafael Vaz no momento em que ia bater para o gol dentro da área. O atacante era a principal esperança dos pernambucanos em chegar ao gol adversário e foi acionado em diversas ocasiões, mas não conseguia ficar em condições de marcar.

A partida ficou mais truncada, com as duas equipes imprimindo forte marcação. Com isso, restou a Alan Patrick tentar chute de fora da área para aumentar a vantagem flamenguista. Aos 35 minutos, o meia recebeu de Jorge e arriscou de longe, mandando por sobre o gol de Tiago Cardoso.

Em um dos raros momentos de desatenção da zaga rubro-negra no primeiro tempo, aos 37 minutos, Grafite recebeu na entrada da área e soltou uma bomba rasteira para grande defesa de Alex Muralha. O goleiro ainda teve de se esticar para evitar que Arthur chegasse no rebote e concluísse a gol.

As equipes voltaram para o segundo empo sem mudanças, e o Flamengo foi o primeiro a finalizar. Aos dois minutos, Alan Patrick recebeu bela bola de Everton, mas tentou mais um chute de longe e acabou pegando mal na bola. O meia tinha certa liberdade para avançar, mas preferiu a finalização.

Foi uma das únicas chegadas do Flamengo no ataque na etapa final. O Santa Cruz tentava chegar ao empate, mas se mostrava pouco organizado em campo e não conseguia criar jogadas.
O técnico Milton Mendes promoveu a entrada de Wallyson no ataque da equipe aos 28 minutos. O atacante tentou inflamar a partida e, em um de seus primeiros lances em campo, roubou a bola de Cuéllar e tocou para Grafite, que acabou chutando em cima de Alex Muralha.

Nos minutos finais, o ritmo do jogo caiu de vez. O Flamengo buscava manter a posse de bola e pouco produzia. Do lado do Santa Cruz, faltava qualidade para buscar o empate, e a situação ficava cada vez mais complicada. A equipe coral até tentou chegar ao gol adversário na base do abafa, mas era muito pouco para furar a defesa rubro-negra, que conseguiu garantir três pontos à equipe carioca.
SANTA CRUZ 0 X 1 FLAMENGO

Local: Estádio do Arruda, em Recife (PE)
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Fábio Rodrigo Rubinho (MT)
Cartões Amarelos: Lelê (Santa Cruz)
GOL: Willian Arão, aos 14 minutos do primeiro tempo
SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Vítor, Allan, Danny Morais e Tiago Costa (Roberto); João Paulo, Leandrinho (Wallyson) e Daniel Costa (Lelê); Arthur, Grafite e Keno
Técnico: Milton Mendes
FLAMENGO: Alex Muralha; Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick (Mancuello) e Everton (Fernandinho); Marcelo Cirino e Felipe Vizeu (Cuélllar)
Técnico: Zé Ricardo


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document