domingo, 16 de junho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Flamengo bate Portuguesa e segue na ponta

Flamengo bate Portuguesa e segue na ponta

Matéria publicada em 1 de março de 2019, 08:15 horas

 


Volta Redonda – O Flamengo não encontrou a menor dificuldade para alcançar a segunda vitória consecutiva na Taça Rio. Em partida disputada na noite desta quinta-feira, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, o Rubro-negro da Gávea derrotou a Portuguesa por 3 a 1 e assumiu a primeira colocação no Grupo C com seis pontos ganhos. A Lusa, da Ilha do Governador, segue na última colocação do Grupo B, ainda sem pontuar. Os gols da equipe dirigida por Abel Braga foram marcados por Gabigol, dois, e Bruno Henrique. Patryck anotou para a Portuguesa.

No seu último teste antes da estreia na fase de grupos da Libertadores, o Flamengo não precisou correr muito para conseguir o resultado positivo. O time fez um bom primeiro tempo, caiu de produção na etapa final, mas nunca chegou a ser ameaçado pela Portuguesa que mostrou, mais uma vez, a limitação da sua equipe que faz uma péssima campanha no campeonato estadual. O gol da Lusa nasceu de uma falha de Arrascaeta que chegou a ser vaiado por parte da torcida, depois do lance.

Na próxima rodada, a Portuguesa vai receber o Boavista na Ilha do Governador, enquanto o Flamengo vai encarar o Vasco no Maracanã.

O jogo

Como era de esperar, o Flamengo partiu para o ataque assim que a partida começou. Aos três minutos, Bruno Henrique recebeu de Arrascaeta e bateu forte para boa defesa de Ruan que espalmou para escanteio. No minuto seguinte, após a cobrança do escanteio, o o Rubro-negro marcou o primeiro gol, quando Bruno Henrique aproveitou o lançamento na área.

A Portuguesa nem tinha se arrumado no gramado quando sofreu o segundo gol aos seis minutos. Bruno Henrique fez bom passe para Gabigol que entrou na área e bateu forte para ampliar a vantagem. O atacante rubro-negro estava em posição de impedimento, mas o árbitro validou o gol.

A pressão continuou e, aos sete minutos, o aniversariante Diego cruzou para Willian Arão completar de cabeça, mas mandou para fora. Perdendo por dois gols de diferença, a Portuguesa não teve alternativa e foi obrigado a partir para o ataque. A equipe da Ilha do Governador adiantou a marcação para tentar pressionar a saída de bola do adversário.
Durante a parada técnica, um dos assistentes pediu auxílio médico por estar sentindo dores na perna, mas se recuperou e voltou ao seu setor.

Aos 22 minutos, Arrascaeta tentou a conclusão, mas a bola desviou na zaga. Dois minutos depois, a Portuguesa chegou com Romarinho que desarmou Willian Arão, mas a zaga rubro-negra conseguiu evitar a conclusão do atacante. A torcida do Flamengo passou a mostrar irritação com Arão que estava cometendo muitos erros e recebendo vaias.

Aos 29 minutos, Diguinho recebeu na entrada da área e bateu, mas a bola passou longe do gol defendido por Diego Alves. Três minutos depois, o Flamengo teve a chance de ampliar a vantagem quando Arrascaeta fez cruzamento perfeito para Gabigol que cabeceou para fora, quando estava livre na área  Aos 36 minutos, Bruno Henrique tabelou com Renê e bateu forte, mas Ruan fez grande defesa e evitou o terceiro gol. A Lusa ainda tentou ameaçar aos 46 em cobrança de falta, mas o chute de Diguinho foi facilmente defendido por Diego Alves.

A Portuguesa começou o segundo tempo dando trabalho para Diego Alves que precisou sair de soco para afastar da área um cruzamento de Romarinho. Aos cinco minutos, Diego recebeu na entrada da área e soltou a bomba. A bola desviou em Gabigol e encobriu o travessão defendido por Ruan. O técnico Ailton Ferraz tentou dar um pouco mais de agressividade ao seu time e trocou o volante Muniz pelo atacante Douglas Eskilo.

Apesar de imprimir um ritmo mais lento ao jogo, o Flamengo continuava controlando as ações. Aos 11 minutos, o lateral Pará fez bom lançamento para Bruno Henrique, mas o atacante bateu por cima e desperdiçou a oportunidade.Dois minutos depois, Willian Arão recebeu ótimo passe de Diego, mas concluiu mal, recebendo vaias da torcida. Mesmo sem repetir a atuação do primeiro tempo, o Flamengo conseguiu marcar o terceiro gol aos 23 minutos, novamente com Gabigol. O artilheiro recebeu cruzamento de Renê e concluiu com categoria, sem chances para Ruan.

Com a partida decidida, Abel Braga decidiu poupar alguns jogadores, já pensando no compromisso da próxima semana, quando o Flamengo fará sua estreia na Libertadores. Diego e Bruno Henrique saíram para a entrada de Berrio e Vitinho. Aos 30 minutos, Gabigol recebeu lançamento de Pará e chutou forte, mas a bola bateu na trave.

A Portuguesa marcou seu gol aos 36 minutos. Arrascaeta perdeu a bola na intermediária e Eskilo lançou Patryck que tocou na saída de Diego Alves e colocou nas redes. O meia uruguaio chegou a ser vaiado por parte da torcida rubro-negra que lembrou o erro do jogador nas semifinais da Taça Guanabara, no lance que causou a vitória do Fluminense. Animada, a Portuguesa tentou a marcação do segundo gol e Diego Alves fez boa defesa, aos 41 minutos, em cobrança de falta executada por Emerson, na última jogada importante da partida.

PORTUGUESA 1 X 3 FLAMENGO

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 28 de fevereiro de 2019 (Quinta-feira)
Horário: 21h(de Brasília)
Público: 5.496 pagantes
Árbitro: Philip Georg Bennett (RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa (RJ) e Andréa Maffra Marcelino de Sá (RJ)
Cartão Amarelo: Emerson, Marcão, Romarinho(Port); Willian Arão, Berrio(Fla)
Gols:
FLAMENGO: Bruno Henrique aos quatro minutos, Gabigol aos seis minutos do primeiro tempo e 23 minutos do segundo tempo
PORTUGUESA: Patryck, aos 34 minutos do segundo tempo
PORTUGUESA: Ruan, Filippe Formiga,Marcão, André(Patryck) e Zeca; Emerson , Muniz(Douglas Eskilo), Chacal e Diguinho; Romarinho e Tiago Amaral(Fabinho)
Técnico: Aílton Ferraz

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Cuéllar, Willian Arão, Diego(Berrio) e De Arrascaeta; Bruno Henrique(Vitinho) e Gabigol(Uribe)
Técnico: Abel Braga


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Flamenguista adora ficar na ponta. Só passar na porta do auê pra se certificar disso, é muita felicidade estampada.

Untitled Document