Flamengo: Berrío deve ficar fora por oito meses - Diário do Vale
quarta-feira, 22 de setembro de 2021 - 11:40 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Flamengo: Berrío deve ficar fora por oito meses

Flamengo: Berrío deve ficar fora por oito meses

Matéria publicada em 23 de outubro de 2017, 21:48 horas

 


De fora: Berrío será operado nesta terça-feira e só poderá voltar aos gramados no ano que vem (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo.com.br)

De fora: Berrío será operado nesta terça-feira e só poderá voltar aos gramados no ano que vem (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo.com.br)

Rio – As preocupações com a lesão sofrida pelo atacante colombiano Orlando Berrío na partida contra o São Paulo, no último domingo (22), se mostraram acertadas. Nesta segunda-feira, o Flamengo confirmou que a contusão é grave.
O camisa 28 deixou o campo aos prantos após sentir problema no joelho, em lance no qual finalizou para o gol e acabou se chocando com um rival. Ele teve uma ruptura no tendão patelar esquerdo.

De acordo com o médico Márcio Tennure, Berrío não tem prazo determinado para voltar a campo, mas sabe-se que não será um período curto. Ele não retorna em 2017 e deve ficar, ao menos, oito meses fora.

– Berrío será operado amanhã (terça-feira, 24 de outubro). É uma lesão complexa, o prazo de recuperação vai depender muito da reação dele, cada um reage de forma diferente – explicou o médico.
Se realmente parar por cerca de oito meses, o colombiano só terá condições de voltar aos gramados no meio de 2018, justamente na época em que o futebol brasileiro estará em período de pausa para a Copa do Mundo.

Contratado no início do ano, Berrío ainda não correspondeu todas as expectativas e tentava, com Reinaldo Rueda, finalmente embalar com a camisa rubro-negra. Mesmo sem ele, o treinador tem várias opções para os lados do campo, como Geuvânio, Everton, Everton Ribeiro, Gabriel e Vinicius Júnior.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Vulgo caminhão sem freio! Corre… Corre desgovernado e termina em desastre!

Untitled Document