sábado, 31 de julho de 2021 - 03:38 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Flamengo confirma prioridade para Liga e Copa do Brasil

Flamengo confirma prioridade para Liga e Copa do Brasil

Matéria publicada em 23 de dezembro de 2015, 19:03 horas

 


Presidente do rubro-negro garante que Campeonato Carioca será como campo de observação

Carioca: Presidente do Flamengo dará menor peso ao estadual

Carioca: Presidente do Flamengo dará menor peso ao estadual

Rio – Reeleito no início do mês para cumprir mais três anos de mandato à frente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello quer trabalhar, a partir de agora, na consolidação de um trabalho a longo prazo, que poderá ser aplicado graças ao novo cenário do clube. Apostando no retorno de Muricy Ramalho aos gramados, o presidente acredita que a primeira competição do ano servirá como um teste.

– As prioridades serão a Primeira Liga e a Copa do Brasil. Jogaremos o Carioca como já havíamos prometido no início de 2015, quando ocorreram acontecimentos lamentáveis: com time alternativo, mas competitivo. Vai servir de campo de observação para o Muricy. O objetivo de todos nós é a conquista de títulos – admitiu.

Apesar de já estar de olho no mercado, e até com o nome envolvido em negociações pelo zagueiro Henrique, ex-Palmeiras, e pelo meia argentino Mancuello, o Flamengo deve fazer experiências durante o Carioca de 2016 diante do calendário apertado em razão da disputa da Copa do Brasil, da novata Primeira Liga e do Brasileirão.

Após a posse oficial na última terça, na sede da Gávea, Bandeira de Mello discursou de forma otimista ao projetar os objetivos do Rubro-Negro para 2016.

“Temos a certeza de que o trabalho de recuperação foi feito para arrumarmos a casa e podermos colher os frutos. E já estamos próximos disso. Estamos trabalhando por contratações de impacto. Não posso falar nada agora, mas estamos trabalhando”, falou.

Depois de atuar em uma política de recuperação durante o primeiro mandato, dedicando-se a equilibrar as finanças do clube, o presidente Eduardo Bandeira de Mello confia que a reforma política pode conduzir o Flamengo a bons rumos tanto dentro quanto fora de campo.

“Conseguimos adaptar o estatuto e, a partir de agora, todas aquelas delinquências gerenciais passaram a ser infrações estatutárias, sujeitas a impeachment e perda de mandato. Com a recuperação financeira e da credibilidade, nos credenciamos a atuar mais fortemente no mercado. Agora, temos mais três anos para consolidar essa recuperação e colher os frutos”, declarou.

Eto’o foi alvo em 2014

Samuel Eto’o participou do clássico entre Botafog-SP e Comercial na última terça e, além de atuar pelas duas equipes e marcar gols, declarou que teve proposta do Flamengo para jogar no futebol brasileiro. Além disso, o camaronês falou da comparação da torcida rubro-negra entre ele e o também atacante Obina, e revelou sua vontade de jogar por aqui.

Em entrevista à ESPN, o artilheiro comunicou que havia recebido uma oferta, contudo, não quis contar de qual time. Quem o fez foi Raí, que iniciou sua carreira no Botafogo, e exaltou que a proposta havia sido feita pelo time da Gávea, sendo depois confirmada pelo africano.

“Há um ano, houve uma bonita oportunidade para jogar no futebol daqui, mas que não aconteceu”, disse o camisa 9.

Na época em que Obina atuava pelo Flamengo, a torcida entoava cantos ratificando que o brasileiro era melhor que o camaronês. Eto’o já sabia da brincadeira e ainda deu continuidade.

“Obina é melhor. Fico feliz com a brincadeira, dois brasileiros já haviam me falado dela: o Ronaldinho e depois o David Luiz, que me mostrou o vídeo de 50 mil pessoas cantando isso. Disseram que o Obina é um cara incrível, que vem de família humilde e é um trabalhador. Então, Obina, quando quiser, está convidado para jantar e conversar”, brincou.

Apesar da primeira proposta de um time brasileiro não ter dado certo, o ex-jogador do Barcelona não descarta uma possível vinda ao Brasil.

“Nunca se sabe o que vai acontecer amanhã. Eu sigo curtindo jogar futebol. Quem iria dizer que eu ia jogar na Turquia, na Rússia. Eu fui, foram oportunidades. Adoraria jogar aqui, principalmente pela torcida, que é o mais importante”, finalizou.

Eto’o atuou pelos dois times no clássico de Ribeirão Preto. Marcou três gols, dois pelo Fogão e um pelo Leão. A partida terminou empatada em 3 a 3.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Levando em consideração que aqui no estado do Rio possui um clube de futebol chamado Botafogo, o jornalista que publicou esta matéria deveria ter tido o cuidado de especificar que o Botafogo citado acima é o Botafogo/SP

Untitled Document