sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Flamengo espera acordo com familiares das vítimas

Flamengo espera acordo com familiares das vítimas

Matéria publicada em 11 de fevereiro de 2019, 19:50 horas

 


Rio – A tragédia envolvendo o incêndio no Ninho do Urubu que matou dez pessoas ainda está muito recente. Mas a diretoria do Flamengo vem trabalhando no sentido de dar assistência aos familiares das vítimas. O clube vem tentando costurar um acordo de assistência para a família no sentido de chegarem a um acordo sobre as indenizações que serão arcadas pelo clube, que já aceitou ter que pagar pelas vidas que se foram, independentemente do que venha a ser apurado nas investigações.

Uma equipe foi montada no sentido de dar assistência aos familiares e analisar todos os documentos que estão sendo exigidos pelas autoridades ou que sejam oriundos de investigações. A ideia é que esse time de profissionais faça as negociações com os familiares.

O Flamengo trabalha no sentido de fechar acordos que possam impedir a abertura de processos judiciais por parte de familiares. O clube aposta no sentimento que tem passado de querer arcar com os custos da tragédia e no fato desses processos serem longos por conta da lentidão da Justiça e pela possibilidade de diversos recursos serem impetrados pelas partes. Exemplos neste sentido não faltam, como o envolvendo o atacante Denner, que morreu em um acidente de carro em 1994 no Rio de Janeiro, quando defendia o Vasco. Outro exemplo envolve as famílias das vítimas do acidente aéreo que matou a delegação da Chapecoense a caminho da Colômbia para a decisão da Copa Sul-Americana de 2016.

Dentro de campo o elenco voltou aos treinos nesta segunda-feira, tentando aos poucos retomar a normalidade. O Flamengo volta a campo na próxima quinta-feira, às 20h30(de Brasília), quando vai medir forças com o Fluminense no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pelas semifinais da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca.

Em termos de escalação, o Flamengo deverá ter a presença de Gabriel, o Gabigol, no comando do ataque. Apesar do mistério de Abel Braga, o ex-santista parece ter ganho a disputa interna com o colombiano Fernando Uribe pelo posto.

Dessa maneira, o esboço de time para quinta-feira deve ter: Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Rodrigo Caio e Renê; Gustavo Cuellar, Willian Arão, Everton Ribeiro, Diego e Bruno Henrique; Gabriel. Nesta terça-feira o elenco treina na parte da manhã.

Visita aos feridos

Após o treino desta manhã no Ninho do Urubu, alguns dos atletas do elenco profisional do Flamengo foram ao hospital onde estão internados dois dos feridos na tragédia da última sexta-feira. Cauan Emanuel e Francisco Dyogo receberam o apoio de jogadores como Willian Arão, Diego, Juan, Vitinho, Everton Ribeiro, Rhodolfo e os goleiros Diego Alves e César.

Cauan, de 14 anos, recebeu alta médica nesta segunda-feira, e retornará para casa. Já Francisco Dyogo, de 15 anos, continua no CTI. Segundo o boletim médico divulgado, ele segue em curva de melhora, mas continua com demandas ventilatórias de oxigênio e ainda precisa de suporte com cateter nasal.

O terceiro sobrevivente, Jonatha, 15 anos, é o que se encontra em estado mais grave. Com 35% do corpo queimado, ele está no Hospital Pedro II, em Santa Cruz, também na Zona Oeste do Rio de Janeiro.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Quem não deve não teme.
    E quem deve teme.
    As mães das vítimas , digo peguem um advogado de renome e o levem para a negociação, pois senão vão levar desvantagens…
    Pois se bobear vão querer pagar a indenização em cima do valor simbólico que ganhavam do clube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document