quarta-feira, 28 de julho de 2021 - 17:09 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Flamengo foca em duelo contra o Náutico, pela Copa do Brasil

Flamengo foca em duelo contra o Náutico, pela Copa do Brasil

Matéria publicada em 25 de maio de 2015, 19:40 horas

 


Pela Copa do Brasil, rubro-negro tenta reverter o mau momento que passa desde o Campeonato Estadual

Balançando:  Luxem burgo está cada vez mais questionado por dirigentes e torcedores do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza)

Balançando: Luxem burgo está cada vez mais questionado por dirigentes e torcedores do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza)

Rio – A situação do Flamengo no Campeonato Brasileiro está piorando. O time foi derrotado pelo Avaí por 2 a 1 no domingo e entrou na zona de rebaixamento, o que era um temor para a diretoria e para a comissão técnica.
A pressão nas costas do técnico Vanderlei Luxemburgo e dos jogadores apenas aumentou e há quem defenda até mesmo a troca do comando técnico para que a situação melhore, algo que os dirigentes preferem deixar no terreno das especulações. Porém, na visão dos atletas o Brasileirão, mesmo com a realidade atual, precisa ser deixado de lado para o bem do clube.
Isso porque na quarta-feira o Rubro-Negro recebe o Náutico por outra competição, a Copa do Brasil. A partida é válida pela rodada de ida da terceira fase e será disputado às 22h(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).
– O Flamengo precisa agora pensar na partida contra o Náutico, pois estamos falando agora de uma outra competição, disputada no sistema de mata-mata e que um dia ruim pode custar todo o planejamento. Sabemos como a Copa do Brasil é importante para um clube como o nosso, que briga sempre para disputar a Copa Libertadores. Portanto, espero sinceramente que a gente consiga se concentrar na partida contra o Náutico, que não vai ser nada tranquila – disse o volante Márcio Araújo.
O meia Gabriel pensa de maneira parecida. O jogador foi um dos poucos elogiados pelos analistas no duelo contra o Avaí, sendo premiado com o único gol anotado pelos flamenguistas no confronto em Santa Catarina.
– Para o bem do Flamengo precisamos nos concentrar em outra coisa neste momento e pensar em alguma maneira de vencermos o Náutico no Maracanã. Não podemos vacilar na Copa do Brasil e esse jogo é muito importante dentro do nosso planejamento para este ano. O Campeonato Brasileiro só pode voltar a fazer parte do pensamento do nosso elenco depois deste jogo contra o Náutico – alertou o jogador.
O elenco do Flamengo, que ganhou folga nesta segunda-feira por conta da viagem para Santa Catarina, se reapresenta na tarde desta terça-feira e Vanderlei Luxemburgo vai definir a formação que pretende usar diante dos pernambucanos, que lideram a Série B do Campeonato Brasileiro com nove pontos e cem por cento de aproveitamento. O treinador deverá promover mudanças em relação ao time que foi derrotado pelo Avaí, já que o desempenho dos cariocas foi sofrível.
Na Copa do Brasil o Flamengo eliminou na primeira fase o Brasil de Pelotas, ganhando por 2 a 1 no Rio Grande do Sul e por 2 a 0 no Maracanã. Depois, passou pelo Salgueiro com um triunfo por 2 a 0 em Pernambuco, o que eliminou a necessidade da realização da partida de volta.

ARMERO

O lateral-esquerdo Pablo Armero estreou com a camisa do Flamengo diante do Avaí e sua atuação foi muito ruim, com o jogador sendo pouco operante no ataque e facilmente envolvido pelo ataque catarinense. Após a partida o técnico do Flamengo teve que comentar o desempenho do reforço e saiu em defesa do atleta, que foi contratado a seu pedido. Vanderlei Luxemburgo, que trabalhou com Armero no Palmeiras, esperava que o jogador encontrasse dificuldades.
– O Armero passou muito tempo longe do Brasil e ficou quatro semanas conosco trabalhando. Sabia que ele teria uma dificuldade no começo, mas vai melhorar com o tempo. A derrota para o Avaí nada tem a ver com ele – disse Vanderlei.
Armero ganhou a posição de Anderson Pico, que vinha atuando até então e teve que se contentar com o banco de reservas. O elenco contra ainda com Thallyson, contratado junto ao ASA-AL, mas que não agradou nas oportunidades que teve.
Luxemburgo não quer ver o clube adotando a justificativa da falta de reforços para o rendimento ruim em campo.
– Estamos falando disso desde janeiro, é complicado. Mas com contratações ou não, é esse o time que temos e que vai jogar agora. O time está jogando mal, independentemente de estarem contratando ou não. Não podemos ficar dando essa desculpa de que não contratamos, precisamos melhorar o rendimento. Essa é a nossa realidade -, declarou o treinador.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document