quinta-feira, 14 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Flamengo massacra o Grêmio e pega River na final

Flamengo massacra o Grêmio e pega River na final

Matéria publicada em 24 de outubro de 2019, 00:27 horas

 



Rio –
38 anos depois, o Flamengo volta a disputar uma final da Taça Libertadores, em grande estilo. Em partida realizada na noite desta quarta-feira, no Maracanã, a equipe rubro-negra goleou o Grêmio por 5 a 0 e se classificou para decidir a competição sul-americana. O Rubro-negro carioca vai enfrentar o River Plate,da Argentina, no  dia 23 de novembro, em jogo único, em Santiago do Chile. O River já havia garantido a vaga ao eliminar o Boca Juniors, na outra semifinal.
O gols do Flamengo foram marcados por Gabigol, dols, Bruno Henrique, Pablo Mari e Rodrigo Caio.

O time dirigido por Jorge Jesus justificou a grande fase que atravessa e não tomou conhecimento do Grêmio. Com um futebol rápido e envolvente, a equipe rubro-negra dominou completamente a partida e fez a festa da grande torcida que lotou o Maracanã para ver mais uma grande atuação da sua equipe. O Grêmio até que conseguiu equilibrar as ações no primeiro tempo quando chegou a criar uma chance real de gol, mas a partir do segundo gol, sofrido no início da segunda etapa, se entregou completamente e apenas assistiu o Flamengo trocar passes diante de uma torcida entusiasmada que gritava olé a cada toque na bola.

O jogo – Precisando de gols para tirar a vantagem do Flamengo, o Grêmio começou a partida com maior ímpeto ofensivo, mas não conseguiu chegar à área de Diego Alves. Aos cinco minutos, depois de duas advertências, o zagueiro Kannemann acabou sendo advertido com o cartão amarelo após cometer falta sobre Bruno Henrique. O Flamengo, pouco a pouco, foi impondo seu toque de bola e tentava chegar à área tricolor com lançamentos para Bruno Henrique.
Aos dez minutos, Arrascaeta desarmou Cortez e lançou para Everton Ribeiro que foi travado por Geromel na hora de concluir.
Aos 13 minutos, foi a vez de Rodrigo Caio receber cartão amarelo por falta dura em Kannemann.
O ritmo do jogo era lento com muitas faltas e muitos passes errados. A forte marcação das duas equipes impediam que os atacantes encontrassem espaços para as conclusões. Aos 15 minutos, Pablo Mari tentou um lançamento para Bruno Henrique, mas o atacante não alcançou e a bola ficou nas mãos de Paulo Victor.
Aos 18 minutos, o primeiro momento de emoção. Everton arrancou pela esquerda e cruzou, Diego Alves cortou parcialmente e a bola sobrou para Maicon que chutou em cima do goleiro rubro-negro, desperdiçando uma grande oportunidade para o Grêmio.
Aos 21 minutos, Willian Arão derrubou Matheus Henrique nas próximidades da área. Alisson fez a cobrança e Paulo Miranda cabeceou por cima do travessão. A equipe do Flamengo cometia muitas faltas na intermediária para impedir que o adversário conseguisse chegar perto do gol defendido por Diego Alves.
A primeira grande oportunidade da equipe carioca aconteceu aos 26 minutos quando Rafinha levantou da direita e Bruno Henrique, de peixinho, quase colocou a bola nas redes defendidas por Paulo Victor. Logo depois, o goleiro do Grêmio apareceu com segurança para bloquear o cruzamento de Everton Ribeiro.
O time dirigido por Jorge Jesus começou a empurrar o Grêmio para trás, embora não conseguisse criar situações claras para marcar.
Aos 35 minutos, Paulo Victor quase foi encoberto por um cruzamento de Arrascaeta, mas conseguiu rebater a bola que caiu para Gabigol. O artilheiro tentou uma bicicleta, mas não obteve êxito porque Michel fez o bloqueio.
A equipe comandada por Renato Gaúcho não conseguia mais sair da defesa e apenas se preocupava em tentar bloquear as seguidas investidas do Flamengo. Aos 39 minutos, Gerson bateu de longe, a bola desviou na zaga e sobrou para Gabigol que concluiu para defesa segura de Paulo Victor.
Dois minutos depois, o predomínio da equipe rubro-negra foi transformado em gol. A jogada começou com uma investida de Bruno Henrique que fez um lançamengo para Gabigol. O artilheiro chutou, Paulo Victor deu rebote e Bruno Henrique, oportunista, colocou a bola nas redes.
E até o final do primeiro tempo, o clima foi de grande festa no Maracanã.

Se o Grêmio voltou pensando na reação, teve seus planos frustrados logo no início do segundo tempo. Logo no primeiro minuto, após cobrança de escanteio, André resvalou de cabeça e a bola sobrou para Gabigol encher o pé e ampliar a vantagem da equipe da Gávea.
O time dirigido por Renato Gaúcho se mostrou inteiramente desorientado com o gol relâmpago e quase sofreu o terceiro aos três minutos em chute de Bruno Henrique que encobriu o travessão de Paulo Victor.
Aos sete minutos, a situação se complicou definitivamente para o Tricolor gaúcho quando Geromel derrubou Bruno Henrique dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Gabigol bateu aos nove minutos, deslocando o goleiro gremista, e anotou o terceiro gol para delírio da torcida.
Para ainda tentar mudar a produção ofensiva da sua equipe, Renato Gaúcha trocou o inoperante André por Pepê. O Grêmio parecia inteiramente batido e apenas assistia o adversário ditar o ritmo do jogo.
Aos 16 minutos, a torcida festejou o quarto gol quando Bruno Henrique colocou nas redes, mas a arbitragem assinalou impedimento do atacante.
Aos 19, o Grêmio criou sua primeira chance quando Diego Tardelli lançou Pepê e o atacante encobriu o gol.
Aos 21 minutos, a goleada se concretizou. Arrascaeta bateu escanteio e o zagueiro Pablo Mari cabeceou sem chances para Paulo Victor.
Inteiramente batido em campo, o Flamengo marcou o quinto gol através de Rodrigo Caio, aos 26 minutos. Everton Ribeiro bateu falta e Rodrigo Caio, sem marcação, usou a cabeça para colocar a bola nas redes.
Com a vitória assegurada, o time carioca passou a tocar a bola, enquanto e a torcida gritava olé diante de um adversário quase sem forças para reagir. Aos 39 minutos, Everton ainda tentou com um chute forte, mas Diego Alves espalmou para escanteio.
Nos minutos finais, Jorge Jesus ainda aproveitou para colocar Diego pela primeira vez em campo, depois que o meia se recuperou da lesão que o afastou do time por três meses.
E Diego quase marcou o sexto aos 44 minutos. Após chute de Vitinho, a bola sobrou para o armador que mandou a bomba e deu trabalho a Paulo Victor, na última jogada importante da partida.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO-BRA 5 X 0 GRÊMIO-BRA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 23 de outubro de 2019 (Quarta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Patricio Lostau (Argentina)
Assistentes: Diego Bonfa (Argentina) e Gabriel Chade (Argentina)
Cartão Amarelo: Rodrigo Caio(Fla); Kanemann, Everton(Gre)
Cartão Vermelho:
Gols:
FLAMENGO: Bruno Henrique, aos 41 minutos do primeiro tempo; Gabigol no primeiro minuto e aos nove minutos do segundo tempo; Pablo Mari aos 21 e  Rodrigo Caio, aos 26 minutos do segundo tempo
GRÊMIO:
FLAMENGO: Diego Alves, Rafinha , Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson(Diego), Everton Ribeiro e Arrascaeta(Piris da Motta); Bruno Henrique(Vitinho) e Gabigol
Técnico: Jorge Jesus
GRÊMIO: Paulo Victor, Paulo Miranda, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon(Diego Tardelli), Matheus Henrique, Michel e Alisson(Thaciano):  Everton e André(Pepê)
Técnico: Renato Gaúcho


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

26 comentários

  1. Avatar

    Que babação!! Com toda essa grana em meio à pobreza, até meu Voltaço faria isso!

  2. Avatar

    Eu estava no jogo e vibrei muito, adorei ser encoxado pela Nação!

  3. Avatar

    Parece que temos uma boa galera que torce para timecos forasteiros na cidade. Quando vão, isso quando vão, no VOLTAÇO ainda usam camisas dos forasteiros, além de chorar para pagar 10 reais.

    Eu já dei sugestão para a diretoria do VOLTAÇO cobrar 100 reais quando estiverem vestidos com camisas dos forasteiros. Não há nenhum desagrado para eles pq são raras as vezes que apoiam o time da cidade.

    No último jogo do VOLTAÇO 0x0 Remo-PA vi alguns deles. Um casal com dois filhinhos vestidos com a camisa de forasteiro, na MAIOR CARA DE PAU E SEM NOÇÃO no meio da maioria com a camisa amarela e preta.

  4. Avatar

    Há pouco tempo atrás só se falava no time do corrupto, no time do lavador de dinheiro, no time do maior criminoso do Brasil, contudo o tempo passou e o dinheiro roubado não foi mais para aquele time!
    Quando o dinheiro ACABOU…. só ficaram os times bons e entre eles o MAIOR TIME do Brasil: Flamengo!
    Parabéns ao Flamengo e a todos os flamenguistas!
    O que dizer do Corinthians que só vencia quando recebia os milhões roubados do povo brasileiro?!
    Como diria o jornalista Boris Casoy: “Isso é uma vergonha!”…

    • Avatar

      O ex-vice presidente do flamengo sócio do Eike foi em cana, esqueceram de lhe avisar, e nem vou falar nas crianças q morreram e as famílias estão a ver navios até hoje.

    • Avatar

      maior do brasil? nao tem o maior numero de titulos nacionais..nao tem titulos internacionais..e é o maior?

  5. Avatar

    Não foi o flamengo q venceu , foi o Grêmio que não jogou e só tomou gol bobo por isso acredito no River. Fácil

  6. Avatar

    Com aquele goleirinho do Grêmio até saci faz gol.

  7. Avatar

    Claro, que vc tinha que parar de assistir, achou que o Grêmio ia ganhar. Quer assistir até o final, torça para um grande time.

  8. Avatar

    Pensei que era VT de braZil x Alemanha.

  9. Avatar

    Assisti o flamengo sendo campeão do mundo em 81 e verei novamente, que alegria!!!
    Só senti que ontem deveriam homenagear o maior jogador de todos os tempos Pelé, pois ontem esse grande atleta completou 79 anos e esquecido pela mídia.

    • Avatar

      Péssimo carater não merece nada.
      Filha morreu , não foi no sepultamento .
      Tem que ficar no ostracismo.
      Idolo fajuto do Brasil.

    • Avatar

      Alguma coisa ele fez para até os amigões que sempre se aproveitaram da situação deixarem ele de lado.

  10. Avatar

    Vais tomar um ferro do River Plate! quem viver, verá,esse time do menguim é time doméstico. Time
    que só joga no Rio e demais cidades do território nacional. É igual POBRE, a 1ª vêz que come caviar,
    nunca esquece.

  11. Avatar

    Cadê os antis?? Cadê o cheirinho?? Chuuuuupa, flamengo tem dinheiro, time e técnico. Claro, tem a maior torcida! Kkkkkk

    • Avatar

      Esqueceu do River? River tem mais time e mais técnico e uma torcida de verdade Não é modinha como a do flamengo

    • Avatar

      Celso, me recuso escrever esse nome feio seu, no Brasil o maior é o Flamengo e em breve no continente. O seu com certeza é um timeco endividado e com torcida inexpressiva. 5×0 saudações rubro Negra.

  12. Avatar

    Jogo chato parei de ver no 2×0

    • Avatar

      Zelso bom dia , concordo com VC , isso prá mim foi joguinho ! Gente: sou torcedor do meu e adoro jesus. Quando meu bolso está vazio fico muito triste . Futebol para mim é fanatismo . Se flamengo ganhar ou perder e um cachorro urinar no poste não tem diferença .

    • Avatar

      Wanuil, o que adianta seguir Jesus e não entender a palavra (interpretar)? Fanatismo por fanatismo prefiro o futebol, mesmo porque “Jesus” está no comando (do Flamengo).

    • Avatar

      Passa primeiro no cartório e acerta seu nome que é feio demais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document