sexta-feira, 30 de julho de 2021 - 17:41 h

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Flamengo oficializa a contratação de Guerrero

Flamengo oficializa a contratação de Guerrero

Matéria publicada em 29 de maio de 2015, 17:28 horas

 


Atacante peruano tinha contrato com o Timão até julho, mas pediu para ser liberado

Chegando: Guerrero sai do Corinthians em direção à Gávea (Foto:Reprodução)

Chegando: Guerrero sai do Corinthians em direção à Gávea (Foto:Reprodução)

Rio – O mistério sobre o futuro de Paolo Guerrero foi confirmado nesta sexta-feira pelo Flamengo. O peruano será mesmo o novo centroavante do Rubro-Negro após a disputa da Copa América. O anúncio foi feito pelo site oficial do clube, que enfim volta a se reforçar com um nome de grande peso.

– É uma grande conquista para o Flamengo. Por onde passou, ele mostrou que é um goleador nato. Tenho certeza de que no Flamengo não vai ser diferente – apostou o presidente Eduardo Bandeira de Mello, explicando ainda que a contratação foi viabilizada “com o apoio dos patrocinadores”.

Ídolo corintiano por ter decidido o Mundial de Clubes de 2012, Guerrero tinha contrato com o Timão até julho, mas pediu para ser liberado semanas antes. Ele anotou dez gols nos 18 jogos que disputou nesta temporada.

Aos 31 anos, o centroavante chega para assumir a titularidade e com missão de fazer a equipe render melhor do que nas primeiras semanas de Campeonato Brasileiro. O plano da diretoria flamenguista é que ele forme dupla de ataque com Marcelo Cirino. No entanto ele só deve estrear quando encerrar sua participação na Copa América com a seleção peruana: entre 21 de junho e 4 de julho.

Paolo Guerrero, inclusive, já está concentrado com o restante da delegação peruana para iniciar a preparação para a disputa da Copa América. Liberado pelo Corinthians, o atacante desembarcou em Lima e se apresentou ao técnico Ricardo Gareca na Villa Deportiva Nacional, sede da Federação Peruana de Futebol (FPF), na manhã desta sexta-feira. Na estreia, Guerrero vai enfrentar o ex-companheiro de Timão, Elias, já que o Brasil abre a competição diante do Peru, no dia 14, em Temuco.

Idolatria

Fernando Alvarez Gamboa acompanha o futebol brasileiro muito antes de se tornar cônsul geral adjunto do Peru em São Paulo. Em 1982, quando o seu compatriota Paolo Guerrero tinha apenas 2 anos de idade, ele esteve no Brasil e encantou-se com Zico e o Flamengo – a ponto de ainda guardar uma fotografia de infância em que aparece vestido com um uniforme completo rubro-negro.

Como um bom diplomata, no entanto, Alvarez Gamboa conversou com a GAZETA PRESS e evitou demonstrar empolgação com a ida de Guerrero para o Flamengo. Afinal, o jogador conquistou o público brasileiro com os gols marcados pelo Corinthians, cujos torcedores frustrou com a não renovação do seu contrato válido até 15 de julho.

– De jeito nenhum. Os torcedores corintianos sempre se lembrarão do gol da final do Mundial de Clubes, contra o Chelsea, e de outros decisivos que ele fez para a equipe. O Guerrero será lembrado no Corinthians da mesma maneira que o Carlos Tevez: como um jogador que deu muito para o clube – avisou Alvarez Gamboa, sobre a possibilidade de o vínculo entre Corinthians e Peru ter sido abalado com a saída de Guerrero.

Em 2012, na época da chegada de Guerrero ao Corinthians, o Consulado do Peru em São Paulo já imaginava que a relação entre jogador e torcida seria calorosa. Alvarez Gamboa previa que as bandeiras de seu país passariam a ser frequentes nas arquibancadas do Pacaembu – e posteriormente de Itaquera –, o que, de fato, ocorreu. Como eram as argentinas nos tempos de Tevez.

– Isso foi um motivo de orgulho para os peruanos no Peru e especialmente para aqueles que moram no Brasil. Em São Paulo, temos aproximadamente vinte mil peruanos. Muitos deles viraram corintianos por causa do Guerrero. Ele foi muito amável no ano passado ao nos presentear com uma camisa assinada, entregue aos ganhadores da Copa Peru de futsal. É um torneio organizado anualmente pelo consulado, em comemoração ao nosso dia nacional – contou Alvarez Gamboa, ressaltando que o centroavante fez o seu papel para cativar essa nova torcida do Corinthians.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document